Pelo menos 95 pessoas mortas durante massacre no centro do Mali

Um grupo de desconhecidos matou pelo menos 95 pessoas numa aldeia étnica Dogon na madrugada de domingo para segunda-feira, em mais um massacre para desestabilizar o centro de Mali, informou o governo.

Segundo noticiou a Time na segunda-feira, o ataque ainda não foi reivindicado, embora as tensões estejam altas desde que uma milícia étnica Dogon foi acusada de realizar um massacre numa aldeia étnica Peuhl, em março.

Youssouf Toloba, que lidera a milícia Dogon conhecida como Dan Na Ambassagou, negou que os seus combatentes tenham realizado o derramamento de sangue de março, que causou 157 mortos. Alguns líderes da Peuhl, no entanto, prometeram represálias.

Amadou Sangho, porta-voz do Ministério da Segurança Interna, indicou que outras 19 pessoas estavam desaparecidas depois que a aldeia Sobane foi atacada, por volta das 03:00 da manhã de segunda-feira. A mesma situa-se na comuna da Sangha – o coração da milícia Dogon.

De acordo com um comunicado do governo, os responsáveis por este último massacre últimos são suspeitos de terrorismo. Durante o ataque, casas foram queimadas e animais mortos, tendo sido implementados reforços de segurança para encontrar os criminosos.

A violência entre as comunidades tem aumentado constantemente no centro de Mali nos últimos anos, exacerbada pela presença de extremistas islâmicos.

Os Peuhl são acusados ​​de trabalhar ao lado de jihadistas do Estado Islâmico do Grande Saara para atacar as aldeias Dogon e impedir que os moradores cultivem as suas terras. Os Peuhl, por sua vez, alegaram que os Dogons estão a colaborar com o exército de Mali, embora não haja nenhum sinal conclusivo de apoio do Estado.

A Human Rights Watch declarou que a milícia Dan Na Ambassagou foi implicada em dezenas de ataques mortais no ano passado. O presidente do Mali prometeu eliminá-la.

Para o secretário-geral da ONU, António Guterres, o governo deve abordar o armamento de grupos étnicos e a proliferação de armas no centro de Mali ou “haverá um alto risco de nova escalada, que poderá levar à prática de atrocidades”. O último relatório sobre o país, divulgado no final de maio, mostrou que a agitação já desalojou cerca de 60 mil pessoas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Esgotaram as vacinas contra a gripe. Governo acusado de "esquecer" idosos

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) admitiu esta sexta-feira que houve uma rutura de stock da primeira tranche de vacinas contra a gripe. Em resposta a questões da Lusa na …

Vénus paleolítica com mais de 20.000 anos descoberta no norte de França

Uma Vénus do Paleolítico esculpida há 23 mil anos foi encontrada no campo arqueológico de Renancourt, perto de Amiens, no norte de França. A descoberta remonta a julho passado e foi agora anunciada em comunicado pelo …

Chumbados projetos de lei para proteger vítimas de violência doméstica

Reconhecimento das crianças em contexto de violência doméstica, declarações para memória futura das vítimas e criação de subsídio para quem é obrigado a abandonar o lar foram os temas em discussão. Os projetos de lei do …

Ferro repreende Ventura no Parlamento. Deputado pede audiência urgente a Marcelo

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez esta quinta-feira uma advertência ao deputado do Chega por utilizar com “demasiada facilidade” as palavras “vergonha” e “vergonhoso” nas suas intervenções no parlamento. André Ventura intervinha no …

Consumo moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro

Um novo estudo sugere que até mesmo o consumo leve ou moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro. No entanto, as conclusões não são consensuais na comunidade científica. Nem só o …

Fim da guerra comercial à vista. Estados Unidos e China chegam a acordo

Falta apenas a assinatura do presidente dos Estados Unidos para que o entendimento possa pôr um ponto final na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. De acordo com a Bloomberg, os negociadores …

Recuperados seis dos oito corpos das vítimas de erupção de vulcão na Nova Zelândia

Uma equipa militar neozelandesa recuperou esta sexta-feira seis dos oito corpos dos turistas que permaneciam desaparecidos após a erupção, na segunda-feira, do vulcão Whakaari, numa ilha desabitada da Nova Zelândia. A operação, que envolveu oito membros …

Plantas também "gritam" quando estão sob stress

À semelhança do que acontece com o Homem, algumas plantas também podem "gritar" quando enfrentam situações de stress, como a falta de água ou o corte do seu caule, concluíram cientistas da Universidade de Tel …

ESA declara guerra ao lixo espacial com um robô de quatro braços

https://vimeo.com/379011028 A Agência Espacial Europeia (ESA) acaba de assinar um contrato com a startup suíça ClearSpace para levar a cabo tarefas de limpeza de lixo orbital. Em comunicado, a agência espacial aponta que a empresa vai …

O "Asteróide do Apocalipse" está a cuspir rochas para o Espaço

A sonda OSIRIS-REx da NASA chegou ao Bennu, o "Asteróide do Apocalipse", em dezembro de 2018 e, apenas uma semana depois, descobriu algo incomum: o asteróide estava a lançar partículas para o Espaço. A câmara de …