Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Miguel A. Lopes / Lusa

A diretora-geral de Saúde, Graça Freitas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por covid-19, mais oito do que na quarta-feira (um aumento de 0,6%). Este é o registo diário de óbitos mais baixo desde 15 de maio, em que foram contabilizadas seis mortes.

Há agora 33.592 pessoas infetadas, mais 331 do que no dia anterior (+1%), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado maior número de surtos, há mais 309 casos de infeção (+2,6%).

Os números dão conta de 445 pessoas internadas (mais 17 do que na quarta-feira), das quais 58 estão nos cuidados intensivos (mais duas do que no dia anterior). A DGS revela ainda que foram dadas como recuperadas mais 244 pessoas, subindo assim para 20.323 o número total.

Na habitual conferência de imprensa, António Lacerda Sales adiantou que a taxa de letalidade do vírus em Portugal está calculada nos 4,3% e que a taxa de letalidade acima dos 70 anos é de 17,3%. “Dos casos ativos, temos 96,2% a recuperar no domicílio, 3,8% dos casos ativos estão internados, sendo que 0,5% em UCI e 3,3% em enfermaria.”

O secretário de Estado da Saúde informou ainda que já foram detetadas 600 mutações diferentes do coronavírus. O Instituto Ricardo Jorge está a levar a cabo um trabalho em 116 concelhos e “o INSA está também a colaborar ativamente com as autoridades de saúde locais para perceber o cenário regional das cadeias de transmissão”.

Segundo Fernando Almeida, presidente do INSA, trata-se de “mutações em relação ao vírus inicial de Wuhan. Cada vírus tem uma mutação por semana, alguns até têm mais. Este número permite-nos perceber até que ponto há alguma variabilidade”.

O responsável adiantou que, em relação à imunidade da população, os primeiros resultados aos testes serológicos devem estar prontos “lá para 15 de julho, na primeira ou segunda semana de julho”. O estudo vai ser repetido cinco meses depois e o seguimento vai ser feito de três em três meses para determinar a prevalência da imunidade.

Em relação à abertura da fronteira com Espanha, Lacerda Sales reiterou que a decisão ainda “não está definida”. “Sei que esse tipo de decisões depende de uma articulação com o ministro do Interior espanhol e não haverá nenhuma decisão sem o acordo das partes.”

A diretora-geral da Saúde informou, na mesma conferência de imprensa, que os doentes que recuperam da covid-19 estão a ser acompanhados durante bastante tempo depois da recuperação para avaliar se ficaram com sequelas, que por vezes demoram “algum tempo” a surgir.

Um dia depois do regresso do campeonato, Graça Freitas falou também sobre os aglomerados junto aos estádios de futebol, apelando à responsabilidade individual.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …