Mais de 7 milhões de venezuelanos votaram no referendo contra Maduro

jeso.carneiro / Flickr

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

Mais de 7,1 milhões de eleitores votaram na consulta simbólica contra o projeto de Assembleia Constituinte, promovido pelo Presidente da Venezuela, anunciou a oposição.

“Com 95% dos votos escrutinados, participaram 7.186.170 venezuelanos” na consulta popular organizada pelos opositores do Presidente, Nicolás Maduro, para se pronunciarem sobre a alteração constitucional promovida pelo Executivo, informou, em conferência de imprensa, a reitora da Universidade Central da Venezuela (UCV) e membro da comissão de garantias do plesbicito, Cecilia García Arocha.

“Esta ação, realizada pela população venezuelana, é uma mensagem clara e contundente, a nível nacional e internacional”, de que a população “quer uma mudança” de Governo “através da democracia”, sublinhou.

Os venezuelanos foram convocados, no domingo, pela oposição venezuelana, para participarem num plebiscito simbólico contra o projeto de Assembleia Constituinte do Presidente Nicolás Maduro.

O plebiscito ocorreu após mais de três meses de intensos protestos, durante os quais pelo menos 94 pessoas morreram.

Naquele que a oposição designou como o maior ato de “desobediência civil”, os venezuelanos deviam responder se apoiam, ou não, a Assembleia Constituinte, promovida por Maduro e convocada para 30 de julho.

Nesta votação, os eleitores pretendem exigir que as Forças Armadas defendam a atual Constituição e apoiem o Parlamento, onde a oposição detém a maioria, afastando-se do Governo.

A consulta incluía uma terceira pergunta sobre se aprovavam uma renovação dos poderes públicos, a realização de eleições livres e a formação de um governo de unidade.

O número de participantes na consulta simbólica, referido pela oposição venezuelana, é inferior aos 7,7 milhões que votaram nos candidatos da oposição nas eleições legislativas de 2015, garantindo ao campo dos adversários de Maduro o controle do Parlamento.

Também no domingo, os apoiantes de Maduro foram às assembleias de voto num ensaio para a votação de 30 de julho para eleger os membros da assembleia que vão redefinir a constituição da Venezuela de 1999.

O dia fica marcado por violência, que resultou na morte de uma mulher de 61 anos e em quatro pessoas feridas a tiro, quando um grupo de homens armados disparou contra um dos postos de voto no referendo promovido pela oposição, relataram várias fontes.

Na Venezuela, os protestos contra o Governo intensificaram-se desde 1 de abril.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Maduro bem pode cair de podre, mas chamar referendo a uma acção de propaganda da oposição sem listas eleitorais nem qualquer controlo que impeça essa malta de “votar” quantas vezes quiser é ridículo.

  2. o maduro está podre mas não é único. então 36% da população votante ensaia uma golpada e os jornais e televisões dão apoio total e incondicional. os mesmos que ainda hoje acham que a maioria parlamentar que governa Portugal é ilegal. tá tudo podre.

    • ò cumuna de……m…devias ter vergonha ate de escrever uma palavra sobre a tal golpada…kkkkk…o referendo foi uma forma de protexto contra a ditadura desse bandido.
      quanto a portugal o que se passa’e que a constituicao diz que o primeiro ministro e escolido pelo partido mais votado.( se bem te lembras quando o santana foi para o governo voces quiseram eleicoes. por falta de legitimidade .. e na camara de lisboa conseguiram novas eleicoes pela mesma razao……por isso mete a viola no saco….. mas como quem nao tem vergonha todo o mundo e seu……continua so te fica mal…….

RESPONDER

Sporting vs Boavista | Leão ruge pela margem mínima

Sporting não vacilou na luta pelos primeiros lugares da Liga NOS e venceu o Boavista em casa por 1-0. Num jogo nem sempre bem disputado, mas de praticamente sentido único, faltou algum poder de fogo aos …

Tribunal reacende polémica da selfie do macaco Naruto

Um Tribunal de Apelação, nos Estados Unidos, acaba de reacender a polémica do processo da selfie do macaco Naruto. O órgão garante que ainda irá julgar uma decisão final sobre o assunto, mesmo que já tenha havido …

A pessoa mais velha do mundo morreu aos 117 anos

A mulher mais velha do mundo morreu este sábado à noite, no Sul do Japão, com 117 anos de idade. De acordo com a Associated Press (AP), Nabi Tajima, aquela que era considerada a pessoa mais …

Correntes oceânicas intensas podem ser criadas por insetos ridiculamente pequenos

Uma investigação recente concluiu que pequenos organismos marinhos podem desempenhar um papel significativo nas correntes oceânicas. Cientistas demonstraram agora que algumas das menores criaturas do oceano podem ter um impacto descomunal nas ondas do oceano, com …

Antibiótico para a artrite manchou os olhos de um norte-americano de azul

Um norte-americanos, de 70 anos, viu os seus olhos ficarem completamente manchados de azul, graças a um antibiótico para a artrite inflamatória. Olhos azuis são muito comuns, mas a parte branca dos nossos olhos - a …

Atrizes de "Smallville" envolvidas em seita de tráfico sexual. "Chloe" detida

Allison Mack, conhecida pelo seu papel na série televisiva "Smallville", foi detida e acusada de tráfico sexual pela sua alegada ligação à seita Nxivm. Allison Mack, de 35 anos, atriz da série "Smallville", deverá comparecer em …

Naturopata tratou criança de 4 anos com saliva de cão raivoso

Uma naturopata canadiana tratou um criança hiperativa de 4 anos com saliva de um cão raivoso. O anúncio surpreendeu a comunidade médica internacional, que reagiu de forma negativa. Uma naturopata canadiana assumiu no seu blogue pessoal …

Ilha troca de país a cada seis meses

No meio do rio Bidasoa, entre França e Espanha, há uma ilha que vai alternando de nacionalidade de seis em seis meses. A ilha mede apenas 38 metros de largura e 215 de comprimento, medidas que lhe …

Cientistas criam implante vaginal que promete proteger as mulheres do VIH

O novo dispositivo desenvolvido por cientistas na Universidade de Waterloo, no Canadá, faz com que o número de células do VIH que se fixam no trato genital feminino diminua. Já há um implante que protege as …

Mais de 20 mortos em protestos na Nicarágua

Mais de duas de dezenas de pessoas, entre as quais um jornalista, morreram durante os protestos na Nicarágua contra a reforma da segurança social do Governo de Daniel Ortega. A Associated Press (AP) relata que num …