60% dos desempregados ficaram sem subsídio de desemprego em Agosto

José Sena Goulão / Lusa

-

O Estado português atribuiu cerca de 215 mil prestações de desemprego em agosto, deixando sem estes apoios perto de 352 mil desempregados, de acordo com as contas feitas pela agência Lusa com base nos últimos dados oficiais disponíveis.

De acordo com os dados disponibilizados na página da Segurança Social, em agosto existiam 215.330 beneficiários de prestações de desemprego, menos 2.860 pessoas do que em julho e o equivalente a 38% do último número total de desempregados contabilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (estimativas provisórias de julho).

Os últimos dados divulgados pelo INE, relativos a julho, contabilizavam um total de 567,3 mil desempregados (mais 0,3% face ao valor definitivo de junho), com a taxa de desemprego a situar-se nos 11,1% (igual a junho).

Das prestações contabilizadas pela Segurança Social, 111.014 referem-se a mulheres e as restantes 104.316 dizem respeito a homens.

Os números da Segurança Social incluem o subsídio de desemprego, subsídio social de desemprego inicial, subsídio social de desemprego subsequente e prolongamento do subsídio social de desemprego, prestações que atingiram em agosto o valor médio de 457,31 euros, face aos 454,20 euros registados um ano antes.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Que tristeza de país com tantos desempregados. Onde estão os empresários deste Portugal que tão bem sabem explorar os trabalhadores?

  2. Pelo seu ponto de vista os empresários são todos exploradores. Pois assim: vá para o c******* e quando finalmente empregar alguém depois diga-me porque é que não lhe aumenta o salário. Falar sempre foi mais fácil. Já não há paciência para gente BURRA

  3. Ana, por favor, use a cabeça ao invés de usar o disco riscado da esquerda.
    Os empresarios são os que fazem a economia funcionar e aquecer.
    Sem eles, e os tais ricos, o país não vai a lado nenhum.
    Lembre-se que geralmente as empresas estatais não dão nada à economia, e estão dependentes dos privados.
    Como tal, esses empresários e colaboradores, andam a pagar o salário de todos os funcionários publicos e regalias inerentes.
    Tentei por um vocabulário simples, para não a confundir.
    Por favor, estude antes de comentar.

    • Ah?
      Mas qual empresários?!
      Quem faz a economia funcionar são, obviamente, os consumidores/clientes!!
      Por favor, estude antes de escrever imbecilidades!

      • Se os consumidores/clientes adquirirem produtos/serviços a empresas estrangeiras, a nossa economia vai funcionar? Nem estamos a conseguir atrair investimento estrangeiro…

  4. ELE-O Verdadeiro
    és verdadeiramente um estupido se nao houver empresarios nao hà salarios e se nao houver salarios nao hà consumidores.porque é que esses srs e sras da funçao publica tem salarios exorbitantes sem fazer nada?sabes porquê porque pegam por lorpas os trabalhadores do privado e em geral a populaçao em fazendo greve sem motivo.toda essa gente que tralha na funçao publica devia imigrar para os paises do norte da europa para saber o que é trabalhar.estao comendo o dinheiro que vem de bruxelas e esse nao chegou que ainda foram buscar as icomias dos imigrantes de 40 anos de trabalho.

RESPONDER

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …