/

55 universidades dos EUA sob investigação por gestão de denúncias de abusos sexuais

andrew d miller / Flickr

Cerimónia de licenciatura na Universidade de Emory

Os Estado Unidos publicaram esta quinta-feira uma lista de 55 universidades que estão sob investigação pela gestão das denúncias sobre abusos sexuais nos seus campus, entre elas Harvard, Princeton e Dartmouth College.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A lista divulgada pelo Departamento da Educação é parte do esforço do governo de Obama para promover um papel mais activo dos centros de prevenção e resposta a casos de estupro ou assédio, que afectam um em cada cinco estudantes norte-americanos durante a sua passagem pela universidade.

“É necessário que haja transparência”, disse o secretário da Educação, Arne Duncan, numa conferência de imprensa na Casa Branca.

“Provavelmente, ninguém vai gostar de ver o seu nome nessa lista. Mas vamos investigar, vamo-nos concentrar nos factos. E se fizeram tudo bem, seremos muito claros e diremos que fizeram tudo correctamente”, acrescentou, salientando que não há “presunção de culpa”.

As universidades estão sob investigação por possível violação do Título IX, uma regulamentação que proíbe a discriminação do género nos centros educativos que recebem fundos federais, e a que muitas das vítimas têm recorrido a denunciar a falta de acção das suas instituições de ensino.

Entre as instituições sob escrutínio estão escolas privadas, como a Universidade de Emory, a Universidade do Sul da Califórnia ou Amherst e Swarthmore; estão também escolas públicas, como Berkeley, Universidade da Califórnia, do Estado do Arizona e do Estado de Ohio.

Cerca de metade dos estados norte-americanos têm universidades sob investigação. Seis universidades estão em investigação no estado de Massachusetts, cinco na Pensilvânia, e quatro em Nova York, Califórnia e Colorado.

/Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.