50 anos depois, Kathrine correu (livremente) a Maratona de Boston

Kathrine foi a primeira mulher a acabar a Maratona de Boston, em 1967, apesar de um responsável da prova ter tentado impedi-la desse feito. Esta segunda-feira, 50 anos depois, a atleta voltou à pista para celebrar (e correr livremente).

Em 1967, Kathrine Switzer precisou superar muito mais do que os míticos 42 quilómetros para se tornar a primeira mulher a completar oficialmente a Maratona de Boston, nos Estados Unidos.

Para poder participar, a atleta inscreveu-se com o nome K. V. Switzer, uma alcunha neutra, que confundiu os responsáveis da prova (as mulheres só viriam a poder participar nesta maratona cinco anos depois, em 1972).

Durante a corrida, Kathrine foi não só insultada por outros atletas, que não gostaram do facto de estar a usar maquilhagem durante a corrida, como foi ainda agredida por Jock Semple, um responsável da prova que tentou retirá-la à força da pista.

Na altura, o momento, que ficou registado graças aos vários fotógrafos que se encontravam no evento, foi um escândalo que fez correr muita tinta na imprensa. Semple acabou por ser agarrado pelo namorado de Kathrine e a atleta conseguiu acabar a prova.

Além de construir uma forte carreira como maratonista (já completou 40 maratonas, tendo vencido uma vez a de Nova Iorque), a atleta é um grande ícone da luta pela igualdade de géneros no desporto.

Esta segunda-feira, 50 anos depois, a maratonista, agora com 70 anos de idade, voltou à Maratona de Boston para celebrar este feito. Com o mesmo número com o qual correu em 1967, Kathrine acabou a prova em quatro horas, 44 minutos e 31 segundos (e teve direito a usar “eyeliner, rímel e batom”, afirma, citada pela BBC).

Nesta edição de 2017, a atleta não foi a única mulher em prova: mais de 12 mil mulheres participaram, incluindo membros da “261 Fearless Boston Marathon Team”, uma associação que criou para incentivar as mulheres a desafiar as regras do desporto, depois do incidente que teve naquele ano.

Acabei a maratona, tal como fiz há 50 anos. Estamos aqui para mudar a vida das mulheres. Imaginem o que vai acontecer daqui a 50 anos!”, escreveu no Facebook depois de terminar a prova.

ZAP // Hypeness

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da IPSS "O Sonho" constituído arguido

O presidente da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) ‘O Sonho’, em Setúbal, foi constituído arguido e ouvido esta sexta-feira na Polícia Judiciária de Setúbal, disse à agência Lusa o diretor daquela polícia, Vítor Paiva. Segundo …

Cirurgiões retiram o "maior tumor cerebral de sempre"

No passado dia 14 de fevereiro, cirurgiões indianos conseguiram remover o maior tumor cerebral de sempre. Santlal Pal, de 31 anos, vivia desde 2015 com um tumor de 1,8 quilos. Santlal Pal viu nos últimos anos …

Tripulantes da Ryanair marcam greve para 29 de março, 1 e 4 de abril

Os tripulantes de cabine da Ryanair exigem o cumprimento da legislação laboral e afirmam que a situação laboral na empresa é "insustentável". Os tripulantes de cabine da Ryanair anunciaram hoje que vão estar em greve nos …

Governador do Missouri detido por chantagear uma mulher

O governador do Estado do Missouri foi detido esta quinta-feira sob acusação de ter chantageado uma mulher com quem manteve um relacionamento extraconjugal em 2015. Eric Greitens foi libertado sem fiança, esta sexta-feira. Eric Greitens foi …

PJ de Setúbal faz buscas na IPSS "O Sonho"

A Polícia Judiciária está a realizar buscas à instituição particular de solidariedade social (IPSS) "O Sonho", em Setúbal, por suspeitas dos crimes de fraude na obtenção de subsídio, participação económica em negócio e peculato. "As buscas, …

À luz das regras europeias, despedimento coletivo pode abranger grávidas

Segundo o Tribunal de Justiça, as grávidas podem ser despedidas em caso de despedimento coletivo. Em Portugal, a entidade patronal deve comprovar que a demissão não está relacionada com a gravidez. O Tribunal de Justiça da …

Sindicatos falam em adesão de 68% à greve dos CTT

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de duas mil pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local. Os trabalhadores …

Adalberto Campos Fernandes

Concurso de médicos recém-especialistas publicado na próxima semana

O despacho com a abertura do concurso para a colocação dos médicos recém-especialistas nos hospitais, reclamado há meses por estes profissionais, será publicado na próxima semana, anunciou hoje o ministro da Saúde. Adalberto Campos Fernandes fez …

Benfica e Jorge Jesus chegam a acordo

O atual treinador do Sporting confirmou ter chegado a acordo com o Benfica, no processo em que os encarnados pediam 14 milhões de euros de indemnização na sequência da saída do técnico da Luz. "Quem chegou …

"Uma vergonha" diz a Ordem sobre decreto que permite aos engenheiros assinar projetos

O projeto de lei que permite aos engenheiros assinar projetos de arquitetura, aprovado esta quinta-feira no parlamento, é "um retrocesso e uma vergonha" para o vice-presidente da Ordem dos Arquitetos, Daniel Fortuna do Couto. Daniel Fortuna …