400 milionários americanos suplicam: não nos baixem os impostos

Mais de 400 milionários e bilionários americanos escreveram uma carta ao Congresso norte-americano a pedir aos legisladores republicanos para não lhes cortarem os impostos.

Os signatários alertam que a reforma fiscal do governo norte-americano vai aumentar a desigualdade e a dívida do país. Na mensagem, pedem mesmo o aumento das taxas para os mais ricos.

Em causa, está a reforma fiscal anunciada pelo presidente Donald Trump. Segundo os que subscrevem o apelo, o Partido Republicano está a cometer um erro ao reduzir os impostos sobre as famílias mais ricas num momento em que o endividamento do país é alto.

Além disso, afirmam que esta reforma irá aumentar também as desigualdades no país e que esta não é a altura ideal, já que a desigualdade tinha atingido o seu nível mais baixo desde a década de 1920.

A carta foi promovida por um grupo chamado Responsible Wealth e entre os seus signatários estão nomes como Ben Cohen e Jerry Greenfield, da cadeia Ben & Jerry’s, George Soros e Steven Rockefeller, diz o Washington Post.

“Estamos seriamente preocupados que a perda de receita possa levar a cortes profundos na educação e na saúde”, lê-se na carta. Cortar impostos de empresas e indivíduos é parte central do plano económico do presidente Donald Trump para aumentar o crescimento económico e a criação de empregos nos Estados Unidos.

A Casa Branca e os Republicanos defendem que a lei visa dinamizar a economia norte-americana e argumentam que a mudança vai permitir mais crescimento na economia, uma vez que o dinheiro que não seria pago em impostos seria revertido em novos investimentos.

O grupo critica principalmente a tentativa de eliminar o imposto sucessório, que só é pago sobre bens de valor superior a 5,9 milhões de dólares.

“Só o corte neste imposto vai fazer com que o Estado perca 269 mil milhões em dez anos – mais do que gastamos na Administração de Alimentação e Medicamentos, o Centro para do Controlo de Doenças, e a Agência de Proteção Ambiental”, argumenta a carta.

“Esta é uma das poucas vezes em que deputados são pressionados por pessoas que não querem que os seus impostos sejam cortados“, diz Mie Latham, um dos coordenadores do Responsible Wealth.

Os ricos não precisam disso“, conclui Latham.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “a desigualdade tinha atingido o seu nível mais baixo desde a década de 1920”!!!! Cambada de facínoras sem vergonha: o rendimento das pessoas está em clara divergência com o aumento da produtividade desde os anos 70!!!! Só os ricos é que papam tudo.

  2. Este tipo de ideais têm claramente uma segunda intenção.
    E dado o tema em questão, só pode ser algo extremamente terrível.
    Será que alguém acredita mesmo que os ricos estão preocupados por lhes reduzirem os impostos e terem de deixar de sair dinheiro do bolso para dar à nação… DUVIDO!!!

RESPONDER

Líder do assalto às armas de Tancos libertado

João Paulino estava preso preventivamente desde 28 de setembro de 2018. Esta segunda-feira foi libertado por excesso de prisão preventiva. O ex-fuzileiro João Paulino foi hoje libertado por excesso de prisão preventiva. A notícia foi confirmada …

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …