400 milionários americanos suplicam: não nos baixem os impostos

Mais de 400 milionários e bilionários americanos escreveram uma carta ao Congresso norte-americano a pedir aos legisladores republicanos para não lhes cortarem os impostos.

Os signatários alertam que a reforma fiscal do governo norte-americano vai aumentar a desigualdade e a dívida do país. Na mensagem, pedem mesmo o aumento das taxas para os mais ricos.

Em causa, está a reforma fiscal anunciada pelo presidente Donald Trump. Segundo os que subscrevem o apelo, o Partido Republicano está a cometer um erro ao reduzir os impostos sobre as famílias mais ricas num momento em que o endividamento do país é alto.

Além disso, afirmam que esta reforma irá aumentar também as desigualdades no país e que esta não é a altura ideal, já que a desigualdade tinha atingido o seu nível mais baixo desde a década de 1920.

A carta foi promovida por um grupo chamado Responsible Wealth e entre os seus signatários estão nomes como Ben Cohen e Jerry Greenfield, da cadeia Ben & Jerry’s, George Soros e Steven Rockefeller, diz o Washington Post.

“Estamos seriamente preocupados que a perda de receita possa levar a cortes profundos na educação e na saúde”, lê-se na carta. Cortar impostos de empresas e indivíduos é parte central do plano económico do presidente Donald Trump para aumentar o crescimento económico e a criação de empregos nos Estados Unidos.

A Casa Branca e os Republicanos defendem que a lei visa dinamizar a economia norte-americana e argumentam que a mudança vai permitir mais crescimento na economia, uma vez que o dinheiro que não seria pago em impostos seria revertido em novos investimentos.

O grupo critica principalmente a tentativa de eliminar o imposto sucessório, que só é pago sobre bens de valor superior a 5,9 milhões de dólares.

“Só o corte neste imposto vai fazer com que o Estado perca 269 mil milhões em dez anos – mais do que gastamos na Administração de Alimentação e Medicamentos, o Centro para do Controlo de Doenças, e a Agência de Proteção Ambiental”, argumenta a carta.

“Esta é uma das poucas vezes em que deputados são pressionados por pessoas que não querem que os seus impostos sejam cortados“, diz Mie Latham, um dos coordenadores do Responsible Wealth.

Os ricos não precisam disso“, conclui Latham.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “a desigualdade tinha atingido o seu nível mais baixo desde a década de 1920”!!!! Cambada de facínoras sem vergonha: o rendimento das pessoas está em clara divergência com o aumento da produtividade desde os anos 70!!!! Só os ricos é que papam tudo.

  2. Este tipo de ideais têm claramente uma segunda intenção.
    E dado o tema em questão, só pode ser algo extremamente terrível.
    Será que alguém acredita mesmo que os ricos estão preocupados por lhes reduzirem os impostos e terem de deixar de sair dinheiro do bolso para dar à nação… DUVIDO!!!

RESPONDER

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …