36 municípios têm poder de compra acima da média

foto: Alexandra Studios / wikimedia

foto: Alexandra Studios / wikimedia

Um total de 36 municípios portugueses apresentam um poder de compra ‘per capita’ acima da média nacional, situando-se os valores mais elevados nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com dados hoje revelados pelo INE, relativos a 2011, Lisboa apresenta o valor mais elevado de todos os 308 municípios nacionais (216,8), mais do dobro do índice nacional (100).

No ‘top’ três dos municípios com mais poder de compra ‘per capita’ seguem-se Oeiras (193,7) e o Porto (161,7).

Segundo o INE, 13 dos 18 municípios que constituem a Área Metropolitana de Lisboa estão acima da média nacional, enquanto na Área Metropolitana do Porto apenas quatro dos 17 que a compõem suplantam a média.

O estudo do INE aponta uma relação entre o grau de urbanização dos municípios e o poder de compra aí manifestado no quotidiano, destacando, além de concelhos das áreas metropolitanas como Cascais (132,0), São João da Madeira (129,9) Matosinhos (124,4), Alcochete (123,5) e Maia (112,3) as capitais de distrito de Faro (133,1), Coimbra (131,7), Aveiro (126,7) e Évora (112,5).

Fora destas áreas destaque para Sines, no Alentejo Litoral – com um índice ‘per capita’ de 137,0, que lhe dá o quarto lugar a nível nacional – Azambuja (114,8) e o Funchal (Madeira), com 113,4.

No campo oposto, o INE assinala que no conjunto dos 308 municípios nacionais, mais de metade (172) apresentam índices de poder de compra ‘per capita’ inferiores a 75 pontos.

De acordo com o documento, os dez municípios com menor poder de compra ‘per capita’ situam-se no interior norte do país e na Região Autónoma da Madeira.

Celorico de Basto (49,83) é o município nacional com menor poder de compra ‘per capita’, seguido de Cinfães (49,87), Ribeira de Pena (50,8) – todos situados na região do Tâmega – e Tabuaço, no Douro, com 50,9.

Vinhais (51,3), Baião (52,63) e Boticas (52,64) completam a lista dos dez municípios com menor poder de compra ‘per capita’, que inclui ainda, na Madeira, os concelhos de Ponta do Sol (52,8), Porto Moniz (52,9) e Câmara de Lobos (53,0).

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Isto diz-me muito pouco. Vejo muito mais miséria nesses municipios que apresentam poderes de compra per capita mais elevados do que nos que apresentam poderes de compra per capita mais baixo o que engana. Dois municipios (por exemplo, Viseu e Lisboa tem 2 pessoas cada), Em Lisboa o primeiro individuo tem rendimentos de 1000€ e o segundo de 200€. Em Viseu o primeiro ganha 500€ e o segundo outros 500€. Per capita Lisboa fica a frente, estao a ver onde é que quero chegar?

Responder a Paulo Cancelar resposta

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …

Embaixada da China reage com "forte indignação” às declarações de Pompeo em Lisboa

A embaixada da China em Portugal reagiu esta sexta-feira com “forte indignação e firme oposição” às declarações do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, sobre o governo e empresas chineses, durante a visita que fez …