Estado já pagou 30 milhões por helicóptero avariado há mais de três anos

Força Aérea Portuguesa / Facebook

Aeronaves EH-101 Merlin e C-295M da Força Aérea Portuguesa

Segundo o Diário de Notícias, a fatura deverá continuar a subir porque a reparação do helicóptero, acidentado em agosto de 2015, dificilmente ficará concluída este ano.

A empresa pública dona dos helicópteros EH-101 usados pela Força Aérea reteve quase quatro milhões de euros, pagos em setembro pelo Ministério da Defesa, para reparar um aparelho avariado em agosto de 2015 e para o qual o Estado já pagou 30 milhões de euros.

Segundo o Diário de Notícias, continuaram a pagar-se as rendas pela compra do helicóptero em leasing operacional, na casa dos seis milhões de euros anuais. Multiplicados pelos quatro anos de paragem (de 2015 a 2019), dá um total de 24 milhões – a que se somam agora os mais de 6,5 milhões, autorizados e contabilizados no ano passado, para pagar a reparação.

Quando o fabricante – a Leonardo (Itália) – suspendeu os trabalhos por falta de pagamento, mais de metade da reparação já estava feita.

A autorização dada pelas Finanças em 2018, que permitiu pagar à Defloc quase quatro dos 6,5 milhões de euros da reparação, tornaria possível retomar os trabalhos. No entanto, a empresa entendeu pedir o visto prévio do Tribunal de Contas e agora não pode usar as verbas sem uma nova autorização. Algumas fontes garantiram ao DN que seria improvável obtê-la este ano devido às cativações.

Isto faz com que deixe de haver prazo à vista para concluir a reparação do helicóptero. Além disso, a par da demora na análise do processo, um eventual chumbo por parte do TdC fará o caso arrastar-se ainda mais. Contudo, continuará a pagar-se por um helicóptero que não se usa.

Paulo Santana, presidente da Defloc, adiantou ao matutino que o helicóptero em causa ficou inutilizado em agosto de 2015, estando parado há três anos e meio.

O helicóptero EH-101, n.º 19612, operado pela Força Aérea é um dos dez adquiridos em 2001 pela Defloc em regime de leasing operacional, para missões de busca e salvamento. A reparação dos estragos causados pelo acidente em agosto de 2015 foi iniciada “à confiança” pela Leonardo, segundo uma das fontes ouvidas pelo jornal.

Cativação bloqueou pagamento

Uma falha no pagamento por parte do Estado fez com que o fabricante suspendesse a reparação. Esse incumprimento no pagamento foi o resultado da cativação de verbas do orçamento da Defesa por parte das Finanças, em 2017.

A reparação do helicóptero tem de ser paga pelo orçamento da Defesa e não com verbas da Lei de Programação Militar (LPM) por se tratar de uma despesa extraordinária, explicou uma das fontes ao DN.

Ainda segundo diversas fontes, a decisão da Defloc de recorrer ao TdC terá sido uma medida de cautela face às alterações legais que entretanto ocorreram, nomeadamente o facto de a Defloc ter passado a ser uma entidade pública reclassificada (EPR) desde 2014.

Além disso, a lei do Orçamento do Estado para 2019 (artigo 255.º) alterou o valor dos contratos sujeitos a fiscalização prévia do TdC e tem implicações neste caso particular da reparação do helicóptero parado.

Segundo essa lei, os “atos e contratos que estejam ou aparentem estar relacionados entre si” sejam apreciados pelo TdC quando a soma dos valores ultrapassar os 750 mil euros, como é o caso. Isso obriga os juízes a apreciarem o contrato original, de 2001, que nessa altura estava dispensado de passar pelo crivo desse tribunal.

De acordo com as fontes ouvidas pelo DN, o risco resulta de o TdC poder questionar os moldes em que o contrato de 2001 foi feito – como o que decidiu há semanas com o dos motores dos EH-101, considerando-o abrangido pela legislação que rege as parcerias público-privadas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …

Ventura chega-se à "família Bolsonaro" e vai trabalhar com a extrema-direita europeia

O Chega de André Ventura tem mantido contactos internacionais, nomeadamente nos EUA e no Brasil, no sentido de estabelecer ligações que consolidem a sua força política. Terá mantido reuniões com elementos "próximos da família Bolsonaro" …

Surtos em Lisboa levam a que cirurgias e consultas não urgentes voltem a ser suspensas

O governo suspendeu novamente a atividade não urgente nos hospitais de Lisboa, Amadora, Sintra, Loures e Odivelas, devido à concentração de casos de covid-19, disse hoje à agência Lusa fonte do Ministério da Saúde. “As orientações …

Benfica e Aves têm acordos secretos "à margem da lei" para transferência de jogadores

SL Benfica e Desportivo das Aves mantêm acordos "secretos" e "à margem da lei" para a transferência de jogadores, segundo a manchete do jornal Público deste sábado. A Vila das Aves é um destino frequente para …

Sócrates troca subvenção vitalícia de 2 mil euros por salário chorudo como consultor

O ex-primeiro-ministro José Sócrates voltou ao mercado de trabalho em Março deste ano, para trabalhar como consultar numa empresa privada. Perdeu, assim, o direito à subvenção vitalícia de 2372 euros brutos, uma vez que estará …

Suspeito de rapto de Maddie investigado por desaparecimento de criança no Algarve

O novo suspeito no caso do desaparecimento de Madeleine McCann está a ser investigado pelo desaparecimento de uma criança alemã no Algarve, em 1996. Christian B., está detido na Alemanha por abuso sexual de menores, entre …

Trabalhadores em lay-off podem perder dois a três salários em 2020

Feitas as contas com base nas linhas gerais do Programa de Estabilização Económica e Social, os trabalhadores em lay-off podem perder dois a três salários em 2020. O lay-off simplificado veio trazer uma solução rápida para …

Misterioso líquido descoberto dentro de pote em forma de cisne num túmulo chinês

Uma equipa de arqueólogos encontrou um misterioso líquido dentro de um pote de bronze em forma de cisne. O artefacto foi descoberto dentro de um túmulo chinês com mais de 2 mil anos. Um antigo túmulo …