Passes de Lisboa foram “mau negócio” para a Fertagus

A Fertagus considera que os novos passes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) foram “um mau negócio” para a empresa, de acordo com Cristina Dourado, administradora-delegada da Fertagus.

A razão é que aumentou a procura, mas não aumentou a receita, tal como tinha explicado no Direto ao Assunto na rádio Observador.

“Do ponto de vista financeiro foi um mau negócio porque nós estávamos em março a crescer 9% da procura e 9% nos proveitos e agora estamos com os proveitos de 2018 (que eram inferiores) e a ter de responder a um aumento da procura”, explica Cristina Dourado ao jornal Público. A administradora-delegada esclarece que, tirando os bilhetes simples, todos os títulos de transportes da Fertagus, passes e assinaturas, acabaram.

Se as receitas, antes, eram avaliadas pelo número de passes vendidos e a Fertagus não insistia muito com os clientes na validação dos bilhetes. Agora, a empresa tem de assegurar que todos os viajantes validam os títulos de transporte porque é isso que vai determinar se a empresa recebe mais dinheiro ou não.

Com os novos passes, o que a Fertagus e os restantes operadores “recebem desses títulos de transporte é a receita de 2018 acrescentada do aumento de tarifário [mais 2%, em 2019, para a Fertagus]”, disse Cristina Dourado à rádio Observador. “Quer se transporte muito, quer se transporte pouco, será em primeiro lugar essa a receita que recebemos.”

Por isso, a administradora-delegada respondeu que a Fertagus não tinha lucrado nada com a greve da Transtejo — tiveram mais clientes, mas não venderam mais títulos de transporte.

Se houver um acréscimo de proveitos, esses proveitos são repartidos pela AML (que é quem está financiar este programa) e os operadores que tiveram crescimento — 35 e 65%, respetivamente.

A Fertagus existe há 20 anos. Na altura transportavam 27 mil pessoas por dia, hoje 83 mil. A partir de outubro, a empresa espera ter mais 10% de oferta, sem alterar o número de comboios: vão trocar comboios simples por comboios duplos em alguns horários, reformular horários e aumentar o número de ligações a Setúbal.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu tambem antes ouvia rádio na fertagus , e o comboio ia limpo ….e de há 5 anos para cá, ( não e dos novos passes) a fertagus é uma vergonha tanto limpeza que é uma vergonha como no resto , a única coisa que tem melhor que o resto dos transportes é a pontualidade que ultimamente também é rara….por isso esperamos que percam a confecção da ponte para haver concorrência é não estarmos obrigados a pouca vergonha da fertagus .

  2. Os passes tao bons como estão as empresas e uma vergonha, metam mãos comboios a circular, em vez de dizerem passes sao maus negócios so querem e roubar as pessoas

  3. Eles é que são um mau negócio para os utentes, seja a pagar 130€ ou 40€ não há condições. Aos fins de semana é feriados somos obrigados a dormir na rua porque só os de Coina merecem ir para casa após um dia de trabalho!!!

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …