Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas.

O ambientalista australiano Dailan Pugh, que apresentará um estudo sobre a situação dos coalas ao Senado do estado de Nova Gales do Sul (sudoeste do país), disse à agência EFE que os incêndios recentes mataram cerca de 25% dos coalas da região, cuja número se cifrava em 8.400, uma espécie já classificada como “vulnerável”.

Os dados de Pugh, calculados através da distribuição potencial dos animais e da quantidade de terra queimada, dobram o número de outras fundações para a proteção de coalas.

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste estima que, na costa norte de Nova Gales do Sul, cerca de 24% do habitat dos coalas foram perdidos devido aos incêndios e recomendou a imposição de uma moratória à extração de madeira nas florestas.

A gravidade dos incêndios florestais pode causar o desaparecimento dos coalas, cuja população em todo o país é de cerca de 80 mil, de acordo com a Koala Australia Foundation, se este tipo de catástrofe continuar e as florestas de eucalipto não estiverem protegidas na região da costa norte de Nova Gales do Sul.

No final de novembro, Ellenborough Lewis, o coala resgatado por uma mulher australiana no meio das chamas, que ganhou uma enorme atenção mediática, foi um dos coalas que não resistiu. O animal sofreu queimaduras graves em todo o corpo.

Desde o dia 1 de julho, os incêndios já provocaram a morte a seis pessoas, destruíram centenas de casas e 13 mil quilómetros quadrados de terra em todo o país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …

Viseiras de Leiria despertam cobiça. Bélgica e EUA queriam comprar toda a produção

Várias empresas de moldes e plásticos da região de Leiria estão a fabricar viseiras de protecção contra a Covid-19. Uma adaptação em tempos de pandemia que está a levantar atenção no estrangeiro, com EUA e …

Apple vai começar a produzir um milhão de máscaras por semana

O presidente da Apple, Tim Cook, anunciou que a empresa poderá produzir um milhão de máscaras por semana a partir do próximo fim de semana. Tim Cook explicou, na sua conta da rede social Twitter, que …

Robert Weighton é o homem mais velho do mundo. Tem 112 anos

Com 112 anos completados no dia 29 de março, o britânico Robert Weighton tornou-se o homem mais velho do mundo. Robert Weighton nasceu no dia 29 de março de 1908, em Kingston-Upon-Hull, no Yorkshire. Ao longo …

ISEG prevê queda do PIB entre 4% e 8% em 2020

O Grupo de Análise Económica do instituto da Universidade de Lisboa revelou o intervalo indicativo de variação do PIB usando duas evoluções diferenciadas da crise, com duração mínima de dois meses. A economia portuguesa deverá ter …