20 mil sapatos inundaram Paris na véspera da Conferência do Clima

Ian Langsdon / EPA

-

Chinelos de criança, botas repletas de flores, ténis acompanhados de palavras em defesa do planeta são alguns dos milhares de sapatos que cobriram este domingo a praça parisiense de onde sairia uma marcha pelo clima, cancelada devido aos atentados.

O mar de sapatos partilhou a praça la République com uma estátua e uma escultura, transformadas este ano numa espécie de monumentos aos mortos, em memória das vítimas dos atentados de janeiro, que causaram 17 mortos, e de 13 de novembro, que provocaram 130 mortos, e agora rodeados de flores, velas e inscrições de homenagem.

“Mais de 4 toneladas” de sapatos foram recolhidos na última semana, explicou Emma Ruby Sachs, diretora adjunta da Avaaz, movimento mundial de mobilização de cidadãos, que promoveu a ação.

O gigantesco tapete, que cobriu mais de um terço da enorme praça, é “um monumento simbólico da determinação das pessoas em ser escutadas”, referiu Emma Ruby Sachs.

A Avaaz apelou a todos os que iriam participar na marcha pelo clima, marcada para hoje, em Paris, para enviarem um par de sapatos para representá-los.

Todos os sapatos estão orientados na direção da praça de la Nation, onde a manifestação deveria terminar, antes de ter sido cancelada pelas autoridades francesas devido ao reforço da segurança, após os atentados.

“É uma experiência incrível deambular entre milhares de sapatos. Pode sentir-se a dor das vozes reduzidas ao silêncio, mas também a esperança que esta conferência possa salvar o planeta”, disse ainda Emma Ruby Sachs.

@MattMcGrathBBC / Twitter

20 mil sapatos invadiram Paris - incluindo estes, do papa Francisco

20 mil sapatos invadiram Paris – incluindo estes, do papa Francisco

Entre os sapatos anónimos estão alguns de donos mais conhecidos, como aqueles do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, os botins da atriz francesa Marion Cotillard, ou os saltos agulha da estilista britânica Vivienne Westwood e “até o papa Francisco enviou um par“, acrescentou um membro da Avaaz.

Um pouco mais longe, próximo do Bataclan, onde 90 pessoas foram mortas a 13 de novembro, vários representantes de comunidades das ilhas do Pacífico e da América Latina, vestidos com os seus trajes traicionais, organizaram “uma cerimónia de apaziguamento” através de cantos, danças guerreiras e de poesia para associar a memória das vítimas à urgência de resolver o problema do clima.

Milhares de cidades em todo o mundo, incluindo em Portugal, realizaram este fim de semana marchas em defesa do clima e a chamar a atenção para a necessidade de avançar medidas para conseguir enfrentar as alterações climáticas, responsáveis pelo aumento de fenómenos extremos, como secas ou inundações, além da subida do nível do mar.

Mais de 140 chefes de Estado e de governo vão estar esta segunda-feira, em Paris, na sessão de abertura da COP21, a conferência das partes das Nações Unidas sobre Clima, que vai prolongar-se por duas semanas.

Durante a COP21 os países participantes tentarão chegar a um acordo com vista a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e conter a subida da temperatura média do planeta nos 2 graus.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …