/

Em 1961, Kennedy escreveu a uma menina a prometer que o Pai Natal estava a salvo dos russos

“Não te preocupes com o Pai Natal. Conversei com ele ontem e ele está bem”, escreveu John F. Kennedy na carta para a menina, em 1961.

A Biblioteca e Museu Presidencial John F. Kennedy, em Boston, nos Estados Unidos, divulgou a resposta tranquilizadora que o então Presidente norte-americano deu em 1961 a uma menina preocupada com o Pai Natal. A criança temia que a URSS matasse o Pai Natal com um teste nuclear no Círculo Polar Ártico.

“Por favor, não deixe que os russos bombardeiem o Pólo Norte. Eles vão matar o Pai Natal”, escreveu Michelle Rochon, a criança de 8 anos do Michigan que escreveu ao Presidente, segundo o Russia Today.

“Não te preocupes com o Pai Natal”, respondeu John F. Kennedy a 28 de outubro de 1961. “Falei com ele ontem e ele está bem. Fará novamente a sua turné neste Natal”, assegurou, apesar de, tal como Michelle, ter ficado preocupado com os testes da União Soviética.

A sua preocupação centrava-se “não apenas no Pólo Norte, mas em todos os países ao redor do mundo; não apenas no Pai Natal, mas em todas pessoas do mundo”.

Dois dias após a resposta de Kennedy, a União Soviética cumpriu o seu teste, lançando aquilo a que chamavam de “Rei da Bomba”, um artefacto 1.570 vezes mais poderoso do que os lançados em Hiroshima e Nagasaki. Este é considerado até hoje o explosivo artificial mais poderoso alguma vez detonado.

A carta do Presidente dos Estados Unidos está entre os materiais de arquivo com temas festivos exibidos este mês na biblioteca. Fotografias de Kennedy a celebrar as festividades na Casa Branca e cópias dos cartões de Natal da família fazem parte da coleção.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.