Covid-19. 14 mortos e 1600 infetados em Portugal

José Sena Goulão / Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, na Comissão de Saúde

As autoridades de saúde confirmaram, este domingo, que há 14 mortos em Portugal e 1600 casos confirmados de Covid-19.

O novo boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS) dá conta de um aumento de 12 para 14 mortos em Portugal e de 1280 para 1600 casos infetados (+320) entre este sábado e hoje, ou seja, um aumento de 25%.

Entre as 14 mortes: cinco são na zona Norte (mais uma do que ontem), quatro na região Centro (igual a ontem), quatro na região de Lisboa e Vale to Tejo (mais uma do que ontem) e mantém-se uma no Sul.

Em conferência de imprensa, a ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou que, deste números, 169 pacientes estão internados, sendo que 41 se encontram em unidades de cuidados intensivos.

A ministra disse ainda que 80% dos casos confirmados são “ligeiros” e que estão em tratamento domiciliário.

12.562 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, sendo que 1152 aguardam resultado laboratorial. Mantêm-se os cinco casos de doentes que recuperaram.

Dos 1280 infetados, 114 são casos importados (eram 104 ontem), de 16 países diferentes, dos quais se destacam Espanha, França e Itália. Os restantes casos foram infetados já em Portugal.

Neste momento, a situação nas ilhas é: nos Açores, subiram de três para quatro o número de casos infetados, na Madeira passaram de cinco para sete.

“Falsa sensação de segurança”

Na mesma conferência de imprensa, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, voltou a abordar o tema das máscaras. “Não vale a pena a utilização de máscaras, sobretudo se não forem verdadeiras máscaras, mas pedaços de tecido. O importante é o distanciamento social e ter cuidado com o contacto com a boca e com o nariz”.

Sobre as máscaras de pano que algumas empresas estão a produzir, a diretora-geral da Saúde não tem dúvidas: “Aquele pano não é impermeável, vai ficar húmido e os vírus vão passar, só dá uma falsa sensação de segurança“.

Questionada sobre a possibilidade de haver imunidade da doença, a responsável da DGS afirmou que “tudo indica que sim, na maior parte dos casos”, mas recordou que ainda não se sabe “a duração dessa imunidade”. “Nos futuros meses e anos vamos ter de testar muitas pessoas para perceber isso”.

Relativamente ao tratamento usado para curar a doença, Graça Freitas explicou que ainda não existe uma terapêutica conhecida, mas garantiu que autoridades de saúde portuguesas estão atentas ao que se faz lá fora.

“Estão a ser testadas e experimentadas várias terapêuticas e metodologias, o que estamos a fazer é a observar os resultados que se obtêm em diferentes países.”

Já há mais de 300.000 casos de infeção desde o início da pandemia, segundo uma atualização da contagem realizada pela agência AFP, divulgada este domingo, a partir de fontes oficiais. De acordo com a contagem da agência noticiosa, 12.895 pessoas morreram, em 169 países e territórios.

Na China, onde surgiu a pandemia, foram registados 81.054 casos de infetados, dos quais 3.261 morreram. Em Itália, o país que é atualmente o mais atacado pela covid-19, foram verificados 53.578 casos de pessoas infetadas, registando 4.825 mortos.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É incrível, na china continuam a aconselhar a população a não sair à rua sem máscara, a situação está controlada, não vemos uma pessoa na rua ou no trabalho sem máscara.

    Em portugal Espanha e Itália, aconselha-se a População a não usar, porque dá uma falsa sensação de segurança e os casos continuam a aumentar.
    Ao mesmo tempo que afirmam que devem ser usadas apenas médicos , enfermeiros e forças de segurança para sua segurança e evitar a contaminação.

    Se as máscaras,( como afirmam todos os dias) servem apenas para pessoas que possam estar infectadas não infectar o próximo, não é isso que se pretende?? parar o contágio? não devíamos ser obrigados ao uso da máscara sempre que saímos de casa como fazem na China e em Macau??

    As máscaras servem para proteger médicos, enfermeiros e autoridades e na restante população não têm o mesmo efeito?

    Com todo o respeito, isto não é uma critica acredito que há uma explicação que eu ainda não compreendi apenas isso.

    Julgo que os órgãos de comunicação social, (quando a Srª directora Geral da Saudade recomenda que a população não se deve usar máscara ) deveriam questioná-la, porque razão diz que deve ser usada por médicos enfermeiros e autoridades!

  2. A directora da DGS acabou por se descair e dizer que aconselhava o não uso de mascara porque estão esgotadas em Portugal.E sim deve-se usar sempre mascara quando em espaços publicos. atendendo ao modo como se manipula a mesma.

RESPONDER

As montanhas geladas de Plutão são fruto de um processo único (e inverso ao da Terra)

As montanhas descobertas em Plutão durante o "flyby" da nave New Horizons pelo planeta anão em 2015 estão cobertas por um manto de metano gelado, criando depósitos brilhantes impressionantemente parecidos aos das cadeias de montanhas …

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …