15 países afetados com ovos contaminados. Comissão Europeia vai convocar reunião

A Comissão Europeia vai convocar os países do bloco afetados pelo escândalo dos ovos contaminados com o inseticida tóxico “fipronil” quando os factos forem apurados, anunciou esta sexta-feira o comissário europeu da Saúde.

“Propus a realização de uma reunião de alto nível reunindo os ministros [dos países] visados e os representantes das agências de segurança alimentar de todos os Estados-membros implicados assim que o conjunto de factos esteja à nossa disposição”, indicou Vytenis Andriukaitis, numa mensagem de texto enviada à agência France Presse (AFP).

O comissário europeu da Saúde e Segurança Alimentar adiantou ainda ter já abordado o assunto com os ministros alemão, belga e holandês.

15 países europeus (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Polónia, Reino Unido, Roménia e Suécia) já reportaram a existência de ovos contaminados nos circuitos comerciais, assim como a Suíça e Hong kong.

A Comissão Europeia vai reunir-se com representantes destes países a 26 de setembro, acrescentou.

O escândalo estalou no passado dia 2, quando a Holanda alertou que tinha encontrado “fipronil” em vários lotes de ovos, embora a Bélgica tenha detetado a presença da substância tóxica antes, em 20 de julho.

A Bélgica e a Holanda, onde a contaminação ocorreu, mobilizaram-se para encontrar os responsáveis e os inquéritos realizados nos dois países levaram à detenção na quinta-feira de dois responsáveis da empresa holandesa Chickfriend, que alegadamente usou o inseticida em explorações avícolas.

Os ovos identificados com o pesticida tóxico não estão à venda em Portugal, segundo adiantou na terça-feira fonte da Direção-Geral da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (DGAV) à agência Lusa.

Na Eslováquia, inspetores de saúde encontraram 21 ovos cozidos de lotes contaminados com num armazém na aldeia de Vrbove, disse à AFP o porta-voz do Ministério da Agricultura Zuzana Peiger Acjakova.

Na Áustria, centenas de quilos de ovos cozidos e descascados de um lote alemão suspeito de estar contaminado com Fipronil foram vendidos para a indústria da restauração, segundo a imprensa local.

“Depois de obter informações da Alemanha, as duas empresas importadoras notificaram imediatamente os seus clientes em toda a Áustria ordenando a retirada” das mercadorias”, disse Rudi Anschober, Ministro da Defesa do Consumidor da Província austríaca que faz fronteira com a Baviera.

Este é o primeiro caso na Áustria com ovos suspeitos de estarem relacionadas com o escândalo atual sobre a contaminação com fipronil.

A Agência para a Saúde e Segurança Alimentar da Áustria (AGES) informou que as quantidades de fipronil encontradas são perigosas para a saúde de um adulto se ingerir mais de sete ovos por dia.

Na Dinamarca, vinte toneladas de ovos provenientes da Bélgica e contaminados foram vendidas no país, anunciou a Autoridade Alimentar e Veterinária do país.

Em grandes quantidades, o fipronil, usado para eliminar ácaros e insetos, é considerado pela Organização Mundial de Saúde como “moderadamente tóxico” para o homem. O uso deste pesticida é expressamente proibido em animais destinados ao consumo humano.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …