11 bebés morreram após as mães terem tomado Viagra num ensaio clínico

Um ensaio clínico, a decorrer na Holanda, testava a eficácia do Viagra para melhorar a circulação sanguínea na placenta das grávidas com problemas de desenvolvimento. Acabou por ser interrompido após a morte de 11 recém-nascidos.

O ensaio clínico, iniciado em 2015 pelo Centro Médico da Universidade de Amesterdão, consistia em administrar Viagra a mulheres grávidas cujos bebés estavam com problemas de desenvolvimento, devido a uma deficiente circulação sanguínea na placenta.

No estudo, realizado em dez hospitais na Holanda, 93 mulheres, cujas placentas tinham baixo desempenho, tomaram sildenafil – medicamento vendido sob a marca “Viagra”. Outras 90 grávidas tomaram um placebo.

O objetivo era aproveitar as características do citrato de sildenafil enquanto vasodilatador para melhorar a circulação do sangue na placenta e assim criar condições para um melhor desenvolvimento dos bebés.

O fármaco, que dilata os vasos sanguíneos, é usado por homens com disfunção erétil ou impotência sexual, sendo também prescrito a pessoas com pressão alta. O estudo pretendia perceber se o medicamento iria melhorar o fluxo sanguíneo através da placenta, promovendo o normal crescimento do feto, noticia o The Guardian.

Todas as grávidas que participaram no ensaio – quer as que tomaram o medicamento, quer as que tomaram o placebo – tinham uma gravidez com problemas no crescimento no feto.

Três anos depois, verificou-se que 17 bebés desenvolveram problemas pulmonares e 11 acabaram por morrer, levando à interrupção antecipada do ensaio clínico. Teme-se que o medicamento tenha causado pressão alta nos pulmões, levando os bebés a receber pouco oxigénio.

Existem ainda cerca de 10 a 15 grávidas que participaram no ensaio que não sabem ainda se os seus bebés vão desenvolver problemas após o nascimento.

Um porta-voz da Academic Medical Center de Amsterdão acredita que o ensaio foi conduzido de forma adequada, mas espera que uma investigação externa seja iniciada.

“Queríamos mostrar que era uma forma eficaz de promover o crescimento dos bebés. Mas aconteceu o contrário. Estou chocado. A última coisa que queríamos era prejudicar as nossas pacientes”, disse o líder da investigação, Wessel Ganzevoort, em entrevista ao jornal De Volkskranto.

Segundo o hospital, todas as participantes foram abordadas pessoalmente e quase todas já sabem se tomaram o fármaco ou o placebo. O ensaio deveria decorrer até 2020 com a participação de 350 pacientes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de transparência". Sindicato acusa Ryanair de violar Código do Trabalho com despedimento coletivo no Porto

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou a Ryanair de violar o Código do Trabalho, ao iniciar um despedimento coletivo na base do Porto enquanto promove cursos de formação para …

Supremo arrasa MP no e-toupeira. Espião do Benfica safa-se de quase todos os crimes

O Supremo Tribunal de Justiça deixou cair a maioria dos crimes no que se refere ao funcionário judicial do Tribunal de Guimarães Júlio Loureiro, conhecido como o espião do Benfica no caso e-toupeira, deixando reparos …

Espanha, França e Bélgica com descida de casos. Itália limita Natal e Madrid cancela festas de Ano Novo

Madrid, assim como Paris e Bruxelas, têm boas notícias - mas não o suficiente para suavizar medidas. Já em Itália há restrições adicionais e a cidade de Londres também considera também passar ao nível três, …

UE dá exemplo de Portugal para defender salário mínimo europeu

O comissário europeu do Emprego, Nicolas Schmit, diz esperar um acordo ou pelo menos "bastante progresso" sobre a proposta comunitária para garantir salários mínimos adequados em todos os Estados-membros da União Europeia (UE) e dá …

Na primeira fase, será possível administrar 400 mil doses de vacinas “numa semana a dez dias”. Segunda ronda pode ser crítica

Os especialistas já fazem previsões. Se por um lado a primeira fase da vacinação contra a covid-19 se adivinha rápida, a segunda será poderá ser muito complicada. Os representantes dos profissionais dos centros de saúde - …

Bruxelas conclui que Zona Franca da Madeira violou regras e quer devolução das "ajudas indevidas"

A Comissão Europeia (CE) conclui que o regime da Zona Franca da Madeira (ZFM) desrespeitou as regras de ajudas estatais, pois abrangeu empresas que não contribuíram para o desenvolvimento da região, pelo que Portugal deve …

Chuva de críticas ao plano nacional de vacinação: "É vasto em imprecisões e impreparações"

Francisco Rodrigues dos Santos considerou que "faltou planeamento" no plano de vacinação português e observou que "basta comparar" com aqueles anunciados "na Alemanha, no Reino Unido ou em Espanha para perceber que há diferenças abismais". O …

O corpo ideal? O mistério das enigmáticas figuras pré-históricas de Vénus pode ter sido resolvido

Um dos primeiros exemplos mundiais de arte, as enigmáticas estatuetas de "Vénus" esculpidas há cerca de 30 mil anos, intrigaram os cientistas durante quase dois séculos. Agora, o mistério das estranhas figuras pode ter sido …

Nova geringonça à vista? Rui Rio mostra-se disposto a governar mesmo sem vencer eleições

São muitos os sinais que tem dado. Rui Rio está disponível para liderar uma futura maioria de direita se esta vier a surgir no quadro de futuras eleições legislativas - mesmo que o PSD seja …

Cientistas encontram nova criatura gelatinosa no fundo do mar (mas podem nunca mais voltar a vê-la)

Uma equipa de investigadores da Administração Nacional de Pesca Oceânica e Atmosférica (NOAA) revelou que descobriu Duobrachium sparksae, uma nova espécie de ctenóforo - ou águas-vivas-de-pente. A descoberta foi feita remotamente usando imagens de vídeo de …