Zainab, de 7 anos, foi violada, estrangulada e largada numa lixeira

Zainab, de sete anos, foi violada várias vezes, estrangulada até à morte e o seu corpo foi abandonado numa lixeira. O caso trágico é apenas um de uma sucessão de crimes cometidos sobre crianças, especialmente meninas, que está a revoltar a população do Paquistão.

Protestos violentos eclodiram na cidade de Kasur, na província de Punjab, no nordeste do Paquistão, onde Zainab vivia e onde têm ocorrido vários casos semelhantes, de crianças raptadas, violadas e mortas.

O corpo de Zainab foi encontrado no meio de uma lixeira na última terça-feira, vários dias depois do seu desaparecimento. Depois de ser violada, a menina de 7 anos foi estrangulada até à morte, de acordo com a autópsia realizada, conforme reporta a BBC.

A criança tinha marcas de tortura no rosto e a sua língua estava esmagada entre os dentes, noticia a estação norte-americana CNN que ouviu o médico legista responsável pela autópsia. Ela estaria morta há quatro ou cinco dias quando foi encontrada.

A polícia de Kasur afirma que ocorreram outros 11 homicídios semelhantes nos últimos dois anos, todos dentro de um raio de 2 quilómetros. Cinco deles terão relação com o mesmo suspeito que está a ser procurado pelas autoridades.

Nas ruas, os protestos têm assumido um tom violento, com a população revoltada e a acusar a polícia de inércia.

“Vivemos com medo”

Zainab desapareceu a 4 de Janeiro passado quando ia a caminho de uma sessão de leitura do Corão, o livro sagrado do Islamismo, religião da maioria dos paquistaneses. Imagens de câmaras de segurança, que chegaram a ser divulgadas nas redes sociais e nas televisões paquistanesas, mostram-na a seguir na rua de mão dada com um homem.

Foram familiares da menina que encontraram estas imagens. E a família de Zainab e os manifestantes acusam as autoridades de não estarem a fazer o suficiente para terminar com este tipo de crimes.

“Se a polícia tivesse agido imediatamente, o culpado já teria sido apanhado”, disse o pai da menina, Muhammad Amin Ansari, à emissora Geo TV, segundo cita a BBC, depois de regressar ao Paquistão da Arábia Saudita, onde tinha ido fazer uma peregrinação com a mulher. Eram os tios de Zainab quem estavam a cuidar dela quando desapareceu, enquanto os pais viajavam.

“Nos últimos dois anos, vivemos com medo. Os pais têm receio de deixar os seus filhos saírem de casa”, lamenta o pai de Zainab que assegura que a filha não será enterrada até que o responsável pela sua morte seja preso, contrariando assim os preceitos islâmicos.

As autoridades alegam que foram recolhidas amostras de ADN do corpo de Zainab e que os primeiros indícios apontam para que o crime tenha sido cometido por um conhecido da família da criança, conforme reporta o jornal The Washington Post.

#JustiçaparaZainab

Vários políticos já prometeram fazer justiça e nas redes sociais, a hashtag #JustiçaparaZainab está entre as mais comentadas no Twitter.

A Nobel da Paz Malala Yousafzai, estudante e activista paquistanesa, também se juntou à onda de revolta, apelando ao governo e às autoridades responsáveis do seu país para agirem. “Isto tem de parar”, escreve a jovem.

O ministro-chefe da província de Punjab já ofereceu uma recompensa de 10 milhões de rúpias paquistanesas (cerca de 130 mil euros) para quem ajudar a identificar o responsável pela morte de Zainab. Também disse que pediu detalhes sobre os casos de outras 11 meninas mortas.

Kasur já esteve no centro de um escândalo de abuso sexual devido a um gangue de 25 homens que chantageava crianças para as forçar a participarem em vídeos pornográficos. O caso veio à tona em 2015, e vários suspeitos foram presos.

As autoridades afirmam que casos como o de Zainab ocorrem quase todos os meses na cidade.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Gente selvagem! Por todo o lado existem casos incríveis e cruéis mas há certos países que devido a uma cultura bárbara e quase primitiva são propícios a muitos mais casos de extrema violência e desumanização.

  2. Este mundo está podre, a humanidade está entregue a monstros assassinos espalhados por todo o lado, são pessoas sem respeito pelo próximo, sem sentimentos, sem escrúpulos, sem piedade, pior muito pior que qualquer animal selvagem, são cobardes que atacam crianças indefesas e se escondem, o mundo precisa de uma limpeza eu acredito que um dia isso vai acontecer, precisamos começar do zero e aprender com os erros que se cometeram para não se voltarem a repetir.

RESPONDER

Revelada finalmente a identidade do homem que trabalhou 18 meses em 15 anos

Foi revelada a identidade do auxiliar médico que, entre baixas e férias, só trabalhou 18 meses em 15 anos. Chama-se Juan Carlos, tem 60 anos e fez culturismo. Na semana passada, a imprensa espanhola contou a …

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

"The Shape of Water" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações

O filme "The Shape of Water" lidera as nomeações da 90.ª edição dos Óscares, que serão entregues a 4 de março, em Los Angeles, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …