Vulcão no Fogo lançou 220 mil toneladas de dióxido de enxofre num mês

Chrys Chrystello / YouTube

O vulcão da Ilha do Fogo em Cabo Verde

O vulcão da Ilha do Fogo em Cabo Verde

A erupção vulcânica que afecta a ilha cabo-verdiana do Fogo lançou, num mês, mais de 220 mil toneladas de dióxido de enxofre para a atmosfera e jorrou entre 35 a 40 milhões de metros cúbicos de lava.

As estimativas, 30 dias após a erupção – 23 de Novembro -, foram adiantadas num comunicado enviado à agência Lusa pelo vulcanólogo espanhol Nemésio Pérez Rodriguez, que chefia uma missão científica do Instituto Vulcanológico das Canárias (INVOLCAN) que se encontra no Fogo praticamente desde o início da actividade vulcânica.

No comunicado, Pérez Rodriguez realça que as estimativas relativas ao dióxido de carbono (SO2) reflectem os resultados de 30 dias de medições.

Tendo em conta que, com a quantidade de dióxido de enxofre expelido para a atmosfera, se pode calcular a de enxofre (S) nas lavas, explicou, pode calcular-se também a de magma jorrado para a superfície de Chã das Caldeiras, planalto que serve de base aos vários cones vulcânicos da ilha.

“O conhecimento e a monitorização diária da emissão de dióxido de enxofre reflecte também o montante de gases voláteis do magma. As alterações na emissão de dióxido de enxofre estão também estreitamente ligados com o aumento ou diminuição da taxe de emissão de lava”, acrescentou, salientando a “grande utilidade”das medições.

Segundo Pérez Rodriguez, para avaliar e quantificar as emissões de gases para a atmosfera, o INVOLCAN tem utilizado sensores optimizados e comandados remotamente através de uma posição móvel terrestre que, montados em automóveis, permitem percorrer diariamente entre 15 a 20 quilómetros.

Além de permitir conhecer a concentração linear (ppm.m) de dióxido de enxofre, o sensor ótico remoto permite conhecer a velocidade e a direcção do vento entre os 3.000 e os 5.000 metros de altitude, explicou o vulcanólogo espanhol.

A lava das erupções vulcânicas no Fogo já consumiu Portela e Bangaeira, as duas localidades de Chã das Caldeiras, um planalto de 85 quilómetros quadrados a 2.000 metros de altitude (maior que a ilha vizinha da Brava), e destruiu mais de 30% dos 700 hectares de terra cultivável, mas não provocou vítimas.

Os cerca de 1.500 habitantes das duas povoações foram retirados de Chã das Caldeiras e grande parte deles está instalada em três centros de acolhimento no norte e sul da ilha do Fogo.

Há praticamente duas semanas que a actividade vulcânica tem sido reduzida, embora o vulcão continue a expelir gases (além do dióxido de enxofre, também emite dióxido de carbono para a atmosfera) e a jorrar lava, mas com baixa intensidade.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …

Governo quer desempregados e trabalhadores em lay-off a reforçar lares e hospitais

O Governo criou uma medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde com o objetivo de apoiar as entidades do setor social e solidário. De acordo com o ECO, o Governo …

Recibos verdes podem pedir apoio a partir desta quarta-feira. Será pago ainda este mês

O apoio por quebra de atividade destina-se a trabalhadores independentes que nos últimos 12 meses tenham tido obrigação contributiva em pelo menos 3 meses consecutivos. O formulário para os trabalhadores independentes pedirem apoio por redução de …