Hussein deu 6532 passos (e foi preso por homicídio)

Os dados da popular app de monitorização de saúde Apple Health foram usados num caso de violação e homicídio na Alemanha. Pela primeira vez, um iPhone é a “testemunha principal” de um crime.

Os casos de utilização de dados registados por “smart devices” em investigações criminais tem vindo a aumentar, e na Alemanha há mais um caso em que um potencial criminoso poderá ter sido “apanhado” através dos dados de actividade registados pela app Apple Health no seu iPhone.

O caso de violação e morte de uma jovem de 19 anos na Alemanha tem dado bastante que falar, depois de o principal suspeito, um refugiado afegão, não ter conseguido elucidar as autoridades quanto ao seu paradeiro no momento em que o crime se terá realizado.

Hussein K., refugiado afegão residente em Freiburg, na Alemanha, está a ser julgado desde setembro do ano passado, acusado de ter violado e assassinado uma estudante local, cujo corpo terá depois tentado atirar a um rio.

Segundo a Motherboard, há uma “misteriosa discrepância” entre os dados registados pelas câmaras de vigilância e o alegado paradeiro do acusado na altura aproximada do crime.

Mas embora o suspeito se tenha recusado a dar o código do seu iPhone às autoridades, estas contrataram uma empresa informática que conseguiu aceder aos dados do smartphone por vias alternativas – o que lhes permitiu analisar os movimento registados no dito período crítico e reconstruir os passos que o suspeito deu na ocasião.

No momento em que o crime estava a ser cometido, o iPhone do indivíduo registou actividade que ficou marcada como sendo “subir escadas”, e que coincide com a altura em que estaria a arrastar o corpo da jovem numa descida para um rio – para seguidamente subir de novo para a estrada.

Para minimizar a hipótese de erros, os investigadores replicaram os movimentos no local do crime e obtiveram um registo idêntico ao que tinha sido registado pelo iPhone do suspeito. Ao que tudo indica, serão os registos da famosa app de monitorização de saúde a “tramar” o suspeito e provar a sua culpa.

É cada vez mais normal considerar aceitável que as autoridades usem a localização dos telemóveis e smartphones para averiguar por onde andavam vítimas e suspeitos em casos de crime.

Mas o aumento exponencial dos dados que os smartphones e outros dispositivos registam, por opção do utilizador e para os mais variados efeitos e funcionalidades, está a tornar cada vez mais difícil a um criminoso esconder os seus actos… dos seus próprios dispositivos pessoais.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ah, e não nos esqueçamos todos de agradecer a Angela Merkel por esse “refugiado” ter conseguido entrar no país e tirar a vida a essa jovem!

    • Caro Tiago, infelizmente os refugiados também são pessoas como todas as outras e por isso também cometem crimes. O que este indivíduo fez foi repugnante e monstruoso, mas não devemos culpar por isso a ideia de dar refúgio à pessoas que fogem de guerra ou de perseguição.

      • Quando a probabilidade é muito alta então há que ser pragmático. Se 20% dessas pessoas actuam dessa maneira já é muito. Angela Merkel teve uma péssima ideia descontrolada.

RESPONDER

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …

PSD dá a Costa espaço para reformar o SNS sem o Bloco

O ministro-sombra da saúde de Rui Rio, Luís Filipe Pereira, está a preparar um documento estratégico sobre o SNS. O PSD pretende, assim, ir a jogo na discussão sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde. A …

O Benfica criou um plano para mandar no futebol português

Emails revelados pelo blogue do "Mercado de Benfica" mostram que os quadros do clube debateram entre si uma estratégia a cinco anos para influenciar e dominar as "diferentes áreas do poder da indústria" do futebol português, …

Governo admite baixar portagens para SUVS e crossovers

O ministro Pedro Marques admite passar carros SUV e crossover de classe 2 para 1 nas portagens, afirmando que a atual classe 2 "pode ser um bloqueio a viaturas mais eficientes". O ministro do Planeamento, Pedro …

Portugal continua no caixote do lixo da Moody’s

A Moody's não se pronunciou sobre a notação de crédito de Portugal. Nos próximos seis meses, continuará a ser a única agência a manter o país abaixo do "grau de investimento". A agência de notação financeira …

Consultor Constantino Sakellarides demite-se em divergência com ministro da Saúde

O consultor do ministro da Saúde, Constantino Sakellraideser, entregou, na quinta-feira, uma carta de demissão a Adalberto Campos Fernandes devido a divergências de pensamento. Constantino Sakellarides, o consultor do ministro da Saúde que, há dois anos, …

Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que …