Vitória punido com três jogos à porta fechada pelo “caso Marega”. Clube minhoto vai recorrer

Manuel Fernando Araújo / Lusa

Nesse jogo, o avançado do FC Porto recusou-se a permanecer em campo, ao minuto 71, após ter sido alvo de cânticos racistas por parte dos adeptos da formação vimaranense. O clube já garantiu que vai recorrer da decisão.

O Vitória de Guimarães foi punido com três jogos à porta fechada e 53.550 euros de multa, pelos incidentes com Marega a 16 de fevereiro de 2020.

Em comunicado, o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) dá conta da decisão sobre o processo referente aos insultos racistas dirigidos ao futebolista maliano Marega, no jogo entre V. Guimarães e FC Porto, da 21.ª jornada da edição de 2019/20 da I Liga, que os “dragões” venceram por 2-1.

O clube minhoto, que tem mais dois jogos em casa nesta temporada (Famalicão e Benfica), garantiu que vai recorrer da decisão. “Por não concordar com os seus fundamentos e, bem assim, com o seu sentido, a sociedade desportiva vai impugnar a decisão junto do Tribunal Arbitral do Desporto”, lê-se no comunicado publicado nesta terça-feira.

No jogo a que se refere o castigo, o avançado do FC Porto Moussa Marega recusou-se a permanecer em campo, ao minuto 71, após ter sido alvo de cânticos racistas por parte dos adeptos da formação vimaranense, numa altura em que os “dragões” já venciam por 2-1.

Vários jogadores do FC Porto e do Vitória de Guimarães tentaram demover Marega de abandonar a partida, mas o avançado mostrou-se irredutível na decisão, tendo acabado por ser substituído por Manafá.

Os incidentes foram motivo para a abertura de um processo disciplinar, dois dias depois do jogo, sendo que, segundo fonte ligada ao processo, a acusação da Comissão de Instrutores (CI) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) ficou concluída a 26 de Março de 2021.

De acordo com a mesma fonte, o Vitória de Guimarães abdicou da presença na audiência disciplinar, marcada para 19 de abril último, tendo a decisão sido tomada na reunião do CD de 3 de Maio.

Este caso já tinha dado origem a vários processos, por entidades distintas, outro deles pela Autoridade para a Prevenção e Combate da Violência no Desporto (APCVD), que puniu o clube minhoto também com três jogos em casa à porta fechada, mas estes terão de ser cumpridos após o regresso do público aos estádios.

O outro processo decorre após uma investigação da Polícia de Segurança Pública (PSP), que acedeu às imagens de videovigilância do estádio, de forma a serem identificados os eventuais autores dos insultos racistas, e um processo-crime do Ministério Público (MP) “por atos de discriminação racial”.

Três adeptos do emblema vimaranense estão a ser julgados no Tribunal de Guimarães pelo crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência, punido com pena de prisão de seis meses a cinco anos.

ZAP ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …

Curso de Medicina na Católica vai custar 100 mil euros. Candidaturas terminam este mês

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) anunciou, em setembro do ano passado, ter recebido luz verde da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) para o curso de Medicina. Agora, sabe-se que vai custar …

Ivo Rosa deixa colegas "estupefactos" com violação de regra sagrada do Direito

O Conselho Superior da Magistratura recebeu várias queixas de juízes desembargadores contra Ivo Rosa. Em causa estão decisões do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, especialmente no âmbito do processo Operação Marquês, que vão …

Presidente do Atlético diz que "Félix será um dos melhores da Europa"

O presidente do Atlético de Madrid garantiu que, "dentro de meses", o jovem português "será um dos melhores jogadores da Europa". Numa entrevista à Cadena Cope e Rádio Marca, Enrique Cerezo abordou vários assuntos sobre o …

Crise pós-autárquicas. Tiro pode sair pela culatra à oposição (e beneficiar PS)

O tiro de partida para as eleições autárquicas deve ser dado em junho, por um PS ainda sem pressa para avançar. "Qual é a pressa?" Em 2013, António José Seguro repetiu várias vezes esta questão, numa …

Com o sonho da Champions destruído, Real Madrid prepara revolução no plantel

O Real Madrid vai dar início a uma revolução de médio-longo prazo no plantel após a eliminação nas meias-finais da Liga dos Campeões. O Real Madrid caiu aos pés do Chelsea nas meias-finais da Liga dos …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: não há título para este Benfica-FC Porto

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/benfica-1-1-fc-porto-o-musical Vamos até 2020. Setembro. O campeonato começa, olhamos novamente para o calendário e verificamos que há um Benfica-FC Porto na 31.ª jornada. Ui. Este vai ser o jogo do título. Hum... Chegámos a maio e, …

No Nepal, há pacientes a ser tratados no chão dos hospitais (e fala-se em "catástrofe humana")

O Nepal está a lutar para conter uma explosão de casos de covid-19, à medida que aumentam os temores de que a situação no país seja tão má - se não pior - como na …

Botafogo recusou proposta de 23 milhões de um clube português por jovem de 17 anos

O Botafogo rejeitou uma proposta de 23 milhões de euros de um clube português por Matheus Nascimento, jovem avançado de 17 anos. A imprensa brasileira avança que um clube português, que não foi identificado, apresentou uma …

Galp avança com despedimento coletivo de 150 trabalhadores de Matosinhos

A Galp vai dar início ao despedimento coletivo de cerca de 150 trabalhadores da refinaria de Matosinhos, tendo chegado a acordo com 40% dos cerca de 400 colaboradores. "Atendendo a que concluímos as operações de refinação …