Um vírus comum de plantas é um aliado improvável na guerra contra o cancro

Nandalal_Sarkar / Pixabay

Um vírus que ataca a planta do feijão frade está a ser usado num tratamento oncológico em cães. Os cientistas acreditam que possa vir a ser aplicado em humanos no futuro.

Um estudo experimental conta com a ajuda de cães para explorar a eficácia de um novo tratamento para o cancro derivado de um vírus comum de plantas. Jack Hoopes, especialista em radiação veterinária, é o responsável por este inovador tratamento que já começa a mostrar resultados no melhor amigo do homem.

Recentemente, Hoopes recebeu no seu consultório vários cães com um relativamente comum cancro oral. Na maioria dos casos, o cancro é fatal. Mesmo que entre em remissão após receber radiação, há uma grande probabilidade de que ele reapareça.

No entanto, graças a este novo tratamento, depois de receberem a terapia viral, vários dos cães viram os seus tumores desaparecerem totalmente e os animais viveram até à velhice sem cancro recorrente. Hoopes acredita que o tratamento pode ser útil não só para os “patudos”, mas também para humanos.

“Se um tratamento funcionar para o cancro em cães, tem boas chances de funcionar, em algum nível, em pacientes humanos”, argumenta o especialista, citado pelo ArsTechnica.

O novo tratamento é baseado no vírus mosaico do feijão frade, um patógeno que ganhou o seu nome graças ao padrão que deixa nas folhas de plantas infetadas. Um novo estudo foi publicado em setembro na revista científica Biomaterials Science.

O sistema imunitário do paciente nem sempre reconhece uma célula cancerígena quando a vê. Elas têm propriedades que lhes permitem enganar o sistema imunitário, levando-o a pensar que está tudo bem, quando na realidade não está. É aqui que o vírus mosaico do feijão frade entra.

Para tratar os seus pacientes de quatro patas, Hoopes injeta 200 microgramas de partículas semelhantes ao vírus diretamente nos tumores. O material genético é removida do vírus para que este não se possa replicar no corpo. O sistema imunitário do cão reconhece os patógenos como inimigos e entra em modo de ataque, eliminando, assim, as células cancerígenas.

“Funcionou melhor do que a radiação por si só, o que é muito positivo para nós”, disse Hoopes. “O sistema imunitário é mais poderoso do que pensávamos”.

Outro aspeto positivo é que estes vírus que combatem o cancro são relativamente baratos de produzir porque se replicam sozinhos e não requerem intervenções externas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting: espanhóis analisam o "maior" Haaland

Avançado do Borussia Dortmund apresenta recordes que, nem Messi, nem Cristiano, tinham. O Sporting entra em campo para a segunda jornada da Liga dos Campeões, diante de um Borussia Dortmund que tem no seu plantel uma …

Escola proíbe alunos de levarem almoço de casa. Ministério da Educação fala em “recomendação”

Interpretações distintas das normas emitidas pelo Ministério da Educação e a inexistência de equipamentos para aquecer as refeições em linha com as recomendações de segurança motivadas pela covid-19 podem estar na origem da decisão. Os alunos …

Autárquicas foram prova de vida para o CDS. Rodrigues dos Santos respira, Melo põe-se à espreita

Nuno Melo já se tinha colocado em posição de ataque na corrida interna, mas terá de esperar. O CDS "está vivo" e as autárquicas foram prova disso. O CDS decidiu apoiar Carlos Moedas e não se …

Explosão suspeita em complexo de edifícios na Suécia causa mais de 20 feridos

Mais de 20 pessoas ficaram feridas, três delas com gravidade, após uma explosão num complexo de edifícios no centro de Gotemburgo, na Suécia. A polícia está a investigar as causas do incidente e admite a …

Costa pode remodelar Governo após choque eleitoral (com Medina à cabeça)

António Costa pode estar a preparar uma remodelação no Governo, com Fernando Medina à cabeça. António Costa já veio negar essa possibilidade. O primeiro-ministro António Costa está preparado para fazer uma remodelação no Governo, após a …

Portugal com mais 600 casos de covid-19 e sete óbitos. Internamentos baixam das quatro centenas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 600 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da …

Autárquicas não contaminam processo orçamental. Esquerda chuta eleições para canto e mantém pressão

Depois de uma empolgante noite eleitoral, avizinham-se duas semanas de negociações entre os partidos e o Governo. Os trabalhos de negociação do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) estão mais atrasados do que o habitual devido …

Igreja desaba com a força da lava do vulcão em La Palma

Uma igreja na ilha espanhola de La Palma desabou depois de ter sido atingida pela lava do vulcão que entrou em erupção no passado domingo, dia 19. Após ter escapado por pouco no início da semana …

Homem que tentou matar Ronald Reagan vai ser libertado em 2022

Na altura o homem foi considerado inimputável pela justiça devido a problemas mentais. Depois de ter saído de um hospital psiquiátrico em 2016, John Hinckley Jr vai ficar em liberdade total de 2022. A 31 de …

Coreia do Norte lança "projétil não identificado"

A Coreia do Norte lançou um "projétil não identificado" no mar ao largo da sua costa oriental, disseram esta madrugada os militares sul-coreanos. Tanto o Japão como os Estados Unidos já condenaram o lançamento. A Coreia …