Vírus de Chapare. A transmissão desta doença fatal foi confirmada entre humanos na Bolívia (e fez mortos em 2019)

Cynthia Goldsmith/CDC

Vírus de Chapare

Um grupo de cientistas dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA analisou o vírus de Chapare que causa uma fatal febre hemorrágica e que apenas foi detetado na Bolívia com um caso em 2004 e um surto de cinco infeções em 2019.

O estudo traz novos dados sobre os riscos do vírus de Chapare, um agente patogénico que terá sido transmitido aos humanos por roedores e que já infetou um pequeno grupo de pessoas no país sul-americano, diz o Público.

Apesar de contar com poucas vítimas identificadas, este vírus, que só foi detetado na Bolívia, pode ser fatal pois causa uma febre hemorrágica e outros sintomas que podem ser confundidos com outras doenças como Ébola ou a dengue.

Os cientistas revelam importantes pistas sobre este vírus que foi identificado pela primeira vez numa pessoa na província de Chapare em 2004 e que em 2019 terá causado cinco infeções perto da capital da Bolívia, La Paz, causando 3 mortes.

As pesquisas divulgadas na reunião da ASTMH descrevem que os doentes do surto do ano passado tiveram, além da febre, também dores abdominais, vómitos, sangramento das gengivas, erupções cutâneas e dor atrás dos olhos.

Os doentes foram tratados sobretudo com fluidos intravenosos e outros cuidados para tentar atenuar os sintomas. Contudo, a gravidade da doença atraiu as atenções dos especialistas em doenças infeciosas quando se tornou claro que não se tratava de dengue ou de qualquer outra patologia conhecida.

“O nosso trabalho confirmou que um médico interno, um médico de ambulância e um gastroenterologista contraíram todos o vírus após encontros com doentes infetados – e dois destes profissionais de saúde morreram mais tarde”, refere Caitlin Cossaboom, uma epidemiologista da Divisão de Patogénicos dos CDC, num comunicado de imprensa da ASTMH. “Acreditamos agora que os fluidos corporais podem transportar o vírus”, conclui.

O resultado deve servir para alertar os profissionais de saúde para este risco e para a importância de evitar contacto com artigos que possam estar contaminados com sangue, saliva, urina ou sémen, pois os cientistas detetaram a presença do vírus no sémen de um dos doentes que sobreviveu a esta infeção, o que sugere uma provável transmissão sexual.

O Chapare pertence a um grupo de vírus chamado arenavírus que são transmitidos por alimentos e água contaminados, pela urina, e fezes de ratos infetados provocando doenças graves nos humanos.

Os estudos apresentados pela equipa que uniu os cientistas dos CDC aos investigadores de instituições bolivianas não clarificam tudo, mas ajudam a esclarecer alguns pontos importantes sobre a sua origem, a forma como infecta os humanos, e a probabilidade de surtos maiores neste país e noutros locais.

Sobre as provas que apontam para a origem do vírus nos roedores, Caitlin Cossaboom apresentou resultados das análises ao ARN viral detectado em animais recolhidos na zona onde vivia o primeiro doente identificado no surto de 2019 – um trabalhador agrícola que acabou por morrer.

“A sequência genómica do ARN que isolámos em espécimes de roedores corresponde bastante bem ao que encontrámos em casos humanos”, refere a cientista no comunicado, adiantando que, embora estes resultados não cheguem para provar sem margem para qualquer dúvida que estes ratos são a fonte da infeção, servem, pelo menos, como uma pista importante a explorar.

No entanto, o mais importante é ter capacidade de detetar os casos. Assim, o trabalho desta equipa também tornou possível desenhar um teste de diagnóstico por PCR que procura o material genético deste vírus, semelhante ao que é agora usado para o diagnóstico de infeções pelo SARS-CoV-2.

Desde o surto, os especialistas do Centro Boliviano de Doenças Tropicais identificaram três casos suspeitos adicionais, incluindo um que envolvia uma criança.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A candidata a primeira-ministra da Hungria, Klára Dobrev.

Num futuro sem Orbán, a oposição escolhe entre um novo conservador ou uma liberal divisiva

Os opositores de Viktor Orbán estão na dúvida quanto ao candidato para enfrentar o atual primeiro-ministro nas próxima eleições. Esta indecisão pode custar-lhes o assalto ao cargo. Viktor Orbán é um nome recorrente na política húngara. …

Nuno Melo, do CDS/PP

Nuno Melo ataca líder do CDS por anunciar sentido de voto sem consultar deputados

O candidato à liderança do CDS-PP criticou, este sábado, o atual líder do partido por ter comunicado publicamente a intenção de votar contra a proposta de Orçamento do Estado sem se ter reunido com os …

Vaticano tem três celas e um só prisioneiro. Uma onda de julgamentos pode mudar isso

Dez pessoas vão ser julgadas no Vaticano por crimes relacionados com a venda de um edifício em Londres. Visto como limitado e sombrio, o sistema judicial da cidade-estado está a mudar. Carlo Capella é o único prisioneiro …

Alexandra Leitão diz que "não há trabalhadores a mais na Administração Pública"

A ministra da Modernização do Estado assegura que não há trabalhadores a mais na Administração Pública e assume toda a abertura do Governo para negociar, "com humildade e responsabilidade", medidas adicionais às inscritas no OE2022. Em …

Start-up israelita quer fazer roupa a partir de algas

A Algaeing, criada em 2016, é uma empresa que converte as algas numa fórmula líquida, que depois pode ser usada como corante ou transformada num tecido. A indústria da moda é uma das responsáveis pelas emissões …

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton

Bill Clinton já teve alta hospitalar e deve regressar a Nova Iorque

O ex-Presidente dos Estados Unidos deixou, neste domingo de manhã, o hospital da Califórnia onde foi internado com uma infeção, informou o chefe da equipa de médicos que o tratou. "O Presidente Clinton teve alta do …

Acordo escrito. Bloco diz que Governo "conhece bem" os pontos negociais

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai enviar ao Governo propostas de articulado de nove pontos negociais colocados em cima da mesa no início de setembro, aos quais declara não ter obtido resposta …

Mais de 1,6 milhões de portugueses vivem com menos de 540 euros por mês

Mais de 1,6 milhões de portugueses vivem abaixo do limiar da pobreza, ou seja, com menos de 540 euros por mês, uma realidade que afeta famílias numerosas, mas também quem vive sozinho, idosos, crianças, estudantes …

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira

"Subida do salário mínimo é para manter", diz Siza Vieira

O ministro da Economia destaca que a trajetória do aumento do salário mínimo nacional "é para manter", assegurando que a meta é que este suba até aos 750 euros em 2023. Em entrevista ao semanário Expresso, …

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

Cabo Verde extraditou Alex Saab para os Estados Unidos

O empresário Alex Saab, considerado pelos Estados Unidos testa-de-ferro do Presidente da Venezuela deixou a ilha do Sal, este sábado, em cumprimento do pedido de extradição das autoridades norte-americanas. "Isto configura um rapto. Foi novamente raptado", …