Virologista belga na mira de um militar de extrema-direita

Aris Oikonomou / AFP

O virologista belga Marc Van Ranst

Vários cientistas sofreram ataques e ameaças durante a pandemia de covid-19. Mas o caso de Marc Van Ranst é mais sério do que a maioria.

Marc Van Ranst tornou-se um rosto muito familiar na Bélgica durante a pandemia de covid-19. O especialista fazia várias aparições nos meios de comunicação, defendia as vacinas contra a doença e a imposição de restrições para controlar os contágios.

Recentemente, Marc Van Ranst e a sua família foram forçados a esconderem-se de um militar armado de extrema-direita, que ameaçou de morte o virologista mais famoso do país.

De acordo com o The Independent, Jurgen Conings desapareceu do seu quartel no dia 17 de maio, supostamente armado, e deixou duas cartas de despedida, uma delas destinada ao responsável pela implementação das medidas anti-covid na Bélgica.

O militar belga e instrutor de tiro escreveu que iria resistir às medidas de confinamento impostas pelo Governo e ameaçou atacar os membros do Executivo, o Exército e os virologistas. Conings chegou a rondar a residência do virologista, mas Van Ranst e a família já estavam num lugar seguro.

“O ex-soldado, fortemente armado, ficou na minha rua durante três horas, à frente da minha casa, à espera que eu chegasse do trabalho”, contou o especialista à BBC. “A ameaça era muito real.”

Os serviços de segurança da Bélgica estão a tentar manter em segredo a localização do virologista e da sua família, ao mesmo tempo que tentam capturar Jurgen Conings. Apesar dos esforços, o soldado atraiu um número significativo de apoiantes.

No Facebook, um grupo criado em apoio a Conings, chamado As one behind Jurgen, terá atraído 50 mil membros antes de ter sido fechado. O matutino explica que alguns simpatizantes mudaram para a plataforma Telegram, onde o virologista chegou até a desafiar os apoiantes de Conings numa troca de mensagens.

“São pessoas reais, que acham que este homem é um herói e que eu mereço morrer. São indivíduos de verdade, que moram na nossa vizinhança, que apostam exatamente quando e com quantas balas ele me vai matar”, contou.

A polícia belga está a fazer uma verdadeira caça ao ex-soldado. O ministro da Justiça do país disse que o suspeito já figurava na lista das autoridades como uma potencial ameaça, nomeadamente por causa das tendências de extrema-direita.

Como as cartas de Conings sugerem que Van Ranst pode não ser o único alvo, a segurança aumentou em vários lugares desde o seu desaparecimento. Pelo menos 10 pessoas estão a receber proteção policial, incluindo funcionários de saúde pública.

Uma equipa composta por soldados, agentes policiais e cães farejadores invadiu o Parque Nacional Hoge Kempen, em Limburg, perto da fronteira com a Holanda. Lá, encontraram um carro devidamente armadilhado que terá sido abandonado por Congings.

As autoridades admitem que não sabem onde está Jurgen Conings e que não há pistas desde o dia em que desapareceu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …