Khadija foi violada, torturada e tatuada à força durante dois meses de terror. Marrocos pede justiça

governmentza / Flickr

Mohammed VI, rei de Marrocos

A história violenta de uma jovem que foi raptada e violada por um grupo durante dois meses está a chocar Marrocos, que pede a intervenção do rei.

O caso de Khadija foi divulgado através de uma entrevista a uma estação de televisão, em que a jovem, de apenas 17 anos, contou os dias de terror que viveu durante dois meses. A adolescente, a quem nunca se conheceu o rosto, disse que 12 homens mantiveram-na presa, violaram-na repetidamente e torturaram-na.

A história de Khadija chocou e indignou o país que agora se uniu na condenação destes atos contra a rapariga marroquina. Os pedidos para que o rei Mohammed VI intervenha, de modo a assegurar que estes indivíduos são devidamente condenados, não param de aumentar. Pede-se ainda assistência médica e psicológica para a jovem que viveu dois meses de autêntico terror.

Segundo o semanário Expresso, as fotografias divulgadas pela cadeia televisiva Chouf mostram o corpo de Khadija repleto de queimaduras de cigarros, cortes, nódoas negras e tatuagens.

(dr) Chouf TV

“Durante o mês do Ramadão eu fui passar uma semana com a minha tia a Oulad Ayad”, no centro de Marrocos. “Estava à porta de casa e uns homens pegaram em mim e levaram-me para um armazém num sítio desconhecido. Durante dois meses violaram-me e torturam-me. Não os perdoarei nunca. Eles destruíram-me”, afirmou a jovem.

Dois meses depois, o pai de Khadija conseguiu um acordo com os sequestradores que o fizeram prometer que a jovem nunca iria contar à polícia o sucedido. No entanto, a história espalhou-se à velocidade da luz, motivada pela indignação do povo marroquino. Há, inclusivamente, uma petição que conta com mais de 25 mil assinaturas para que o rei se responsabilize pelos tratamentos da jovem.

Mas não é a única. Há também outras petições que pedem um julgamento rápido dos 12 indivíduos, assim como que as autoridades prestem mais atenção aos crimes cometidos contra as mulheres naquele país, aos quais não é dada atenção suficiente.

À agência France Press, Naima Ouahli, da Associação pelos Direitos Humanos, adiantou que os 12 homens foram presos e serão ouvidos em tribunal no dia 6 de setembro.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Triste! É muito triste que a cruz que se vê na foto seja apelidada simplesmete de suástica, numa verdadeira alusão ao nazismo, se fizessem uma pequena pesquisa antes de dizerem asneiras saberiam que a cruz que se vê na foto é um simbolo hindu, muito anterior ao nazismo de Hitler…

    • Caro Pedro Sousa,
      Obrigado pelo reparo.
      O “símbolo hindu” a que se refere chama-se suástica. Apenas não é uma “suástica nazi”.
      Não o sendo, optámos por retirar a referência à mesma, por não fazer sentido individualizá-la em relação às restantes tatuagens.

      • Obviamente que é uma suástica mas, e como vocês bem o interpretaram, a alusão “isolada” e descontextualizada, tendo em conta o nosso passado relativamente recente juntamente com uma enorme falta de conhecimento geral, leva a uma interpretação de uma simbologia nazi.

        Agradeço a rectificação bem como a vossa atensiosa mensagem.

    • Na verdade os NAziz inverteram o símbolo..sabendo que ele era um símbolo sagrado, Hitler como Mago negro que era usou o símbolo..a suástica feminina, invertendo uma ponta e usando o símbolo para o MAL..
      Não foi ao acaso..

  2. …e de muitas outras civilizações, religiões e culturas, mas não entendo a lógica de colocar isso em causa no contexto de tão horrível notícia.
    Se fossem piropos de alguém abonado em vez de violações e agressões que a desfiguraram esta jovem para a vida toda seria capa de muitos jornais.
    Não sei que justiça pode ser feita, mas espero que se faça alguma, será que a castração figura entre as penas possíveis?

    • Castração??? É curto… olho por olho, dente por dente…, pénis fora, corte dos principais tendões de pernas e braços para que não consigam usar a força para se defenderem a abandonarem-os numa daquelas prisões de África para serem sodomizados ate á morte, isso com relatos diarios na comunicação social para servirem de exemplo aos outris que um dia pensem numa cousa dessas…mas não, coitadinhos os direitos humanos… puta que os pariu

RESPONDER

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …