VIH. Pode já haver três pessoas curadas

simcsea / Flickr

Houve um intervalo de 12 anos entre o anúncio do primeiro e segundo pacientes supostamente curados das suas infeções pelo VIH. Mas, agora, outra equipa está a dizer que eliminou a infeção num terceiro paciente.

Na terça-feira, foi anunciado que um doente anónimo afetado com o vírus da imunodeficiência humana (VIH), referido pelo nome de ”paciente de Londres”, foi curado.

É a segunda pessoa em 12 anos a ver-se livre do vírus através de tratamentos médicos, depois de uma investigação que falhou várias vezes. Agora, apesar de os investigadores dizerem que é muito cedo para dizer que ”é uma cura”, muitos especialistas consideram que este é o caminho.

Contudo, agora, uma equipa de investigadores da Holanda anunciou a existência do “paciente de Düsseldorf” na Conferência sobre Retrovírus e Infeções Oportunistas em Seattle, na terça-feira.

Este paciente foi submetido ao mesmo tipo de transplante de medula óssea que os outros dois pacientes livres de VIH. Agora, três meses depois que parou de tomar medicamentos antivirais, biopsias do intestino e dos gânglios linfáticos do paciente não mostraram nenhum VIH infeccioso, disse Annemarie Wensing, do University Medical Center Utrecht.

Ainda é muito cedo para saber ao certo se este terceiro paciente realmente foi “curado” do VIH – ou se alguém foi curado de todo. Doze anos após o anúncio do primeiro paciente sem VIH, ainda é impossível saber com certeza que o vírus não está num estado indetetável.

O norte-americano Timothy Ray Brown foi a primeira pessoa a ser tratada, mas recebeu um tratamento mais agressivo: fez dois transplantes e uma radioterapia.

Já o segundo paciente, o ”London pacient”, em 2016, concordou em ser submetido a um transplante de células estaminais para tratar um Linfoma de Hodgkin. Os médicos assistentes conseguiram encontrar um doador com a mutação genética que confere resistência natural ao VIH.

No entanto, dois outros pacientes com VIH que ainda tomam medicamentos antivirais passaram pelo mesmo procedimento de transplante de medula óssea que os pacientes livres de VIH, disse Javier Martinez-Picado, do Instituto IrsiCaixa de Pesquisa em Aids de Barcelona.

Se estes pacientes responderem da mesma maneira que os outros três pacientes – com o VIH aparentemente completamente erradicado – quando pararem de tomar os medicamentos antivirais, o número crescente de histórias de sucesso pode tornar mais fácil dizer com confiança que os médicos realmente encontraram uma cura para o VIH.

É improvável que o transplante de medula óssea – arriscado e com efeitos severos que podem durar anos – seja uma opção de tratamento realista num futuro próximo, em que vão estar disponíveis medicamentos poderosos para controlar o VIH.

PARTILHAR

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …