Telhados de vidro na Luz. Vieira pressionado a assumir rescisão com Jesus

Membros da direção das ‘águias’ estão a pressionar Luís Filipe Vieira a avançar com a rescisão do contrato de Jorge Jesus. Seriam precisos cerca de 10 milhões de euros para libertar toda a equipa técnica.

Vive-se um clima tenso entre Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus. Numa época em que o Benfica protagonizou o maior investimento de sempre na história do futebol português, esperavam-se títulos. Em contrapartida, Jorge Jesus não conseguiu conquistar nenhum e até vê a Liga dos Campeões em risco, vendo-se obrigado a disputar o playoff de acesso.

Ainda assim, o presidente benfiquista não quer despedir Jorge Jesus. O cenário ideal passaria por ver Jesus colocar o lugar à disposição e sair pelo seu próprio pé, sublinha o jornal Record. Ainda com um ano restante no seu contrato, Jorge Jesus tem-se recusado — até agora — a fazê-lo.

Vieira não assume diretamente a Jesus que pretende vê-lo deixar o clube. No entanto, já fez saber que aceitará a sua eventual demissão, escreve o jornal desportivo.

Ora, Jorge Jesus não se considera inteiramente responsável pelo desfecho da época, embora tenha admitido ser culpado pela derrota na final da Taça de Portugal, frente ao Sporting de Braga.

“O culpado sou eu, porque escolho os jogadores. Sou o primeiro responsável. Tenho mais um ano de contrato e estamos a preparar a próxima época, já estávamos antes desta final. Saí do Benfica a ganhar, saí do Flamengo a ganhar… Não estou habituado a perder”, disse Jesus no final do encontro.

Nas reuniões da SAD e da direção do clube, o tema principal de debate tem sido a continuidade de Jorge Jesus no clube. O jornal Record sabe que vários responsáveis defendem que seria mais benéfico assumir a rescisão com o treinador.

Outra fação considera que o contrato do treinador deve ser cumprido até ao final, assumindo-se o risco da decisão tomada no ano passado, que não reuniu consenso da direção das ‘águias’.

Avançar com a rescisão é uma opção que Vieira quererá evitar, a menos que se sinta encostado à parede. Seriam precisos cerca de 10 milhões de euros para libertar toda a equipa técnica. Este é um valor que o Benfica quer evitar gastar, principalmente numa altura em que prepara uma redução significativa de custos.

A SAD do Benfica quer reduzir em 40% os gastos com salários dos jogadores e da equipa técnica. No primeiro semestre da última época, os ‘encarnados’ reportavam um gasto com pessoal de 49,65 milhões de euros em meio ano.

A venda dos jogadores com maior peso na folha salarial pode ser uma alternativa. Nicolás Otamendi, Jan Vertonghen, Luca Waldschmidt ou Everton são alguns dos jogadores que recebem mais na Luz.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Fácil vão buscar o Bruno Lajes que ainda lhe estão a pagar o salário, e colocam o jesus em casa a ver futebol pela televisão.

    • Ponham o Jesus a treinar a equipa B (o ano que falta) e vão buscar um treinador exigente e competente. Também mandá-lo embora (e a toda a tralha que o acompanha), parece ser uma solução adequada. Custa 10 milhões, mas 5 vezes mais que isto já este ano o Benfica perdeu e a perspetiva é que na próxima época a miséria continuará.

RESPONDER

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …

PR promulga alterações à Lei da Defesa Nacional e Lei de Bases das Forças Armadas

O Presidente da República promulgou esta terça-feira os diplomas que alteram as leis da Defesa Nacional e da Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas, destacando que a versão final atenuou "uma ou outra …