Telhados de vidro na Luz. Vieira pressionado a assumir rescisão com Jesus

Membros da direção das ‘águias’ estão a pressionar Luís Filipe Vieira a avançar com a rescisão do contrato de Jorge Jesus. Seriam precisos cerca de 10 milhões de euros para libertar toda a equipa técnica.

Vive-se um clima tenso entre Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus. Numa época em que o Benfica protagonizou o maior investimento de sempre na história do futebol português, esperavam-se títulos. Em contrapartida, Jorge Jesus não conseguiu conquistar nenhum e até vê a Liga dos Campeões em risco, vendo-se obrigado a disputar o playoff de acesso.

Ainda assim, o presidente benfiquista não quer despedir Jorge Jesus. O cenário ideal passaria por ver Jesus colocar o lugar à disposição e sair pelo seu próprio pé, sublinha o jornal Record. Ainda com um ano restante no seu contrato, Jorge Jesus tem-se recusado — até agora — a fazê-lo.

Vieira não assume diretamente a Jesus que pretende vê-lo deixar o clube. No entanto, já fez saber que aceitará a sua eventual demissão, escreve o jornal desportivo.

Ora, Jorge Jesus não se considera inteiramente responsável pelo desfecho da época, embora tenha admitido ser culpado pela derrota na final da Taça de Portugal, frente ao Sporting de Braga.

“O culpado sou eu, porque escolho os jogadores. Sou o primeiro responsável. Tenho mais um ano de contrato e estamos a preparar a próxima época, já estávamos antes desta final. Saí do Benfica a ganhar, saí do Flamengo a ganhar… Não estou habituado a perder”, disse Jesus no final do encontro.

Nas reuniões da SAD e da direção do clube, o tema principal de debate tem sido a continuidade de Jorge Jesus no clube. O jornal Record sabe que vários responsáveis defendem que seria mais benéfico assumir a rescisão com o treinador.

Outra fação considera que o contrato do treinador deve ser cumprido até ao final, assumindo-se o risco da decisão tomada no ano passado, que não reuniu consenso da direção das ‘águias’.

Avançar com a rescisão é uma opção que Vieira quererá evitar, a menos que se sinta encostado à parede. Seriam precisos cerca de 10 milhões de euros para libertar toda a equipa técnica. Este é um valor que o Benfica quer evitar gastar, principalmente numa altura em que prepara uma redução significativa de custos.

A SAD do Benfica quer reduzir em 40% os gastos com salários dos jogadores e da equipa técnica. No primeiro semestre da última época, os ‘encarnados’ reportavam um gasto com pessoal de 49,65 milhões de euros em meio ano.

A venda dos jogadores com maior peso na folha salarial pode ser uma alternativa. Nicolás Otamendi, Jan Vertonghen, Luca Waldschmidt ou Everton são alguns dos jogadores que recebem mais na Luz.

  Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Fácil vão buscar o Bruno Lajes que ainda lhe estão a pagar o salário, e colocam o jesus em casa a ver futebol pela televisão.

    • Ponham o Jesus a treinar a equipa B (o ano que falta) e vão buscar um treinador exigente e competente. Também mandá-lo embora (e a toda a tralha que o acompanha), parece ser uma solução adequada. Custa 10 milhões, mas 5 vezes mais que isto já este ano o Benfica perdeu e a perspetiva é que na próxima época a miséria continuará.

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …