Vídeo mostra autor do atentado na Tunísia a caminhar calmamente na praia

Um vídeo capturado através de telemóvel e partilhado nas redes sociais mostra os passos do autor do ataque de sexta-feira na Tunísia, caminhando calmamente por entre os corpos no chão durante 11 minutos.

A gravação de video que foi divulgada nesta segunda-feira nas redes sociais mostra o atacante que matou 38 pessoas num ‘resort’ turístico na Tunísia, caminhando calmamente por entre os corpos desde na praia até sair do ‘resort’.

Disparos intermitentes podem ser ouvidos no video de 11 minutos que um tunisino gravou recorrendo ao telemóvel, escondido inicialmente por trás de uma parede, gravando o homem que as autoridades locais identificaram como Seifeddine Rezgui, um estudante de 23 anos.

Durante a gravação, o tunisino vai atrás do atacante, embora mantendo uma distância de segurança, e pergunta: “Porque estás a matar as pessoas? Porquê?“.

De seguida convida um grupo de tunisinos a juntarem-se e grita “Polícia! Hei, Polícia“, mas não é claro se as autoridades estão por perto ou não.

A silhueta do autor dos disparos, vestido do negro e de calções, é vista caminhando calmamente na praia, enquanto o autor do video suspira e diz “Meu Deus“, enquanto passa por mais corpos na praia.

Depois de chegarem mais pessoas, começam a correr em direção ao atacante, gritando “Apanhem-no, apanhem-no“, e a gravação continua mostrando uma rua perto do hotel, ouvindo-se mais disparos.

Foi nessa altura, de acordo com os relatos dos meios de comunicação social e das testemunhas, que as autoridades atingiram mortalmente o autor dos disparos, mas esta cena não foi gravada.

Há ainda outro vídeo que mostra o pretenso atirador a sair da zona da praia onde decorreu o atentado, mantendo uma arma na mão. Terá sido pouco depois disso que ele foi abatido pela polícia.

A Tunísia disse no domingo que vai destacar 1.000 polícias armados para as zonas turísticas, num reforço de segurança após um ataque na sexta-feira que causou 38 mortos, entre os quais uma turista portuguesa.

O Conselho de Segurança Nacional reuniu-se para discutir as medidas a tomar após o ataque, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), que representa um duro golpe para a vital indústria turística da Tunísia.

O Ministério do Turismo confirmou os planos para destacar a partir de 01 de julho mil polícias armados para reforçar a polícia de turismo do país, que também estará armada pela primeira vez.

Polícias armados serão colocados “dentro e fora dos hotéis”, bem como nas praias e em locais turísticos e arqueológicos, informou o ministério num comunicado.

Num outro comunicado divulgado depois da reunião do Conselho de Segurança Nacional, o presidente Beji Caid Essebsi sublinhou a necessidade de “maior vigilância” e pediu ao governo para considerar “medidas excecionais” para lidar com ameaças futuras.

As autoridades já tinham anunciado planos para encerrar 80 mesquitas acusadas de incitarem ao extremismo.

Na sexta-feira, um jovem estudante tunisino entrou na praia do hotel Riu Imperial Marhaba em Port El Kantaoui, perto de Sousse (140 quilómetros a sul de Tunes), e disparou indiscriminadamente sobre os turistas com uma “Kalachnikov”.

Matou 38 pessoas, incluindo 15 britânicos e a portuguesa de 76 anos, além de cidadãos alemães, irlandeses e belgas, e feriu 39, das quais 25 britânicos, sete tunisinos e três belgas, antes de ser morto.

Este ataque representa um novo golpe contra o setor vital do turismo, três meses depois do atentado contra o museu do Bardo em Tunes (22 mortos, incluindo 21 turistas), também reivindicado pelo movimento autoproclamado Estado Islâmico.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Até as estrelas têm auroras (e já as podemos ver)

Uma equipa internacional de astrónomos observou sinais de rádio estranhos vindos de uma anã vermelha. Estas ondas bizarras estavam a ser produzidas pela interação com um exoplaneta que orbitava a estrela, criando uma aurora. Apesar de …

Tiroteios em dois bares fazem oito mortos na Alemanha

Pelo menos oito pessoas morreram hoje em dois tiroteios em dois bares na cidade alemã de Hanau, no centro do país, indicou a polícia local, sem precisar o número. O primeiro tiroteio ocorreu num bar de …

Descobertos sarcófago e altar dedicado ao fundador de Roma do século VI a.C.

Os dois objetos foram descobertos numa área subterrânea perto da Cúria, foi anunciado esta terça-feira. Um sarcófago considerado "excecional" e um altar do século VI a.C., que poderá ter sido dedicado a Rómulo, fundador de Roma, …

40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais …

SIC vai lançar serviço de streaming e canal de e-sports este ano

A SIC vai avançar para uma plataforma de streaming ainda em 2020. A "Netflix à portuguesa" ainda não tem nome, mas tem como objetivo "encontrar mais e novas audiências". Em entrevista ao jornal Público, o CEO …

Dagmar Turner tocou violino enquanto lhe era removido um tumor do cérebro

Uma paciente do King's College Hospital, no Reino Unido, tocou violino enquanto os médicos lhe removiam um tumor do cérebro. Desta forma, foi possível preservar a sua capacidade de tocar e a sua paixão de 40 …

"Não é aceitável". Tribunal de Contas refuta acusações de Manuel Heitor

O Tribunal de Contas (TdC) refutou as acusações do ministro do Ensino Superior sobre a auditoria ao modelo de financiamento do setor, considerando-as inaceitáveis e infundadas. "O tribunal tem o máximo respeito pela opinião dos auditados, …

"Lava que se farta". Isabel dos Santos recorre da absolvição de Ana Gomes

A empresária angolana recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa por causa das publicações no Twitter nas quais a antiga eurodeputada acusa a empresária, por exemplo, de "lavar que se farta". Em janeiro, o Tribunal …

Ministro considera "inaceitável" que TAP pague prémios em ano de prejuízos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação considerou "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores. "É uma falta de respeito para …

Eventos climáticos extremos podem levar os EUA a uma crise económica, revela estudo

Um relatório recentemente divulgado revela que os eventos climáticos extremos podem levar os Estados Unidos (EUA) a uma crise económica sem precedentes, com uma maior incidência no mercado da energia. "Se o mercado não fizer um …