A vida no Universo pode até ser comum (mas não na vizinhança da Terra)

A vida no Universo pode até ser comum, mas esta não estará na vizinhança da Terra, segundo sugere uma nova investigação.

Recorrendo a uma combinação de modelos biológicos e cosmológicos, Tomonori Totani, professor de Astronomia na Universidade de Tóquio, no Japão, revelou como é que os blocos fundamentais para a criação de vida se podem formar espontaneamente no Universo a partir de um processo conhecido como abiogénes.

“Se há uma coisa no Universo que é certa, é que existe vida. Deve ter começado nalgum dia, nalgum lugar”, disse o cientista que levou a cabo a investigação sobre a origem de vida no Universo, citado pela agência noticiosa espanhola Europa Press.

Como as únicas formas de vida conhecidas são terrestres, a investigação sobre as origens da vida acabam por ser limitadas a condições limitadas encontradas na Terra. Ou seja, a maioria das investigações nesta campo analisa os componente mais básicos a todos os seres vivos conhecidos: o ácido ribonucleico (RNA).

O RNA é uma molécula muito mais simples e essencial do que o famoso ácido desoxirribonucleico (ADN), que define como é que os unimos. Ainda assim, o RNA continua a ser mais complexo do que os produtos químicos que os cientistas costumam encontrar a flutuar no Espaço ou à superfície de uma planeta sem vida.

Esta molécula é um polímero – é feita através de cadeias químicas que, neste caso, são conhecidas como nucleotídeos. Para que estes polímeros possam originar vida no Universo, acreditam os cientistas especializados nestes campos, são necessários entre 40 nucleotídeos, no mínimo, e 100 , no máximo, para que se dê o comportamento de auto-replicação necessário para a vida existir.

Com tempo suficiente, estes nucleotídeos poderia conectar-se espontaneamente para formar RNA sob as condições químicas corretas.

No entanto, e de acordo com as estimativas atuais, o “número mágico” – entre 40 a 100 nucleotídeos – não será possível de conseguir no volume de Espaço que consideramos como o Universo observável. Conclusão: pode até existir vida de forma comum no Universo, mas esta não estará na vizinhança da Terra.

“Há mais no Universo do que aquilo que é observável”, disse Totani, citado em comunicado de imprensa. “Na Cosmologia contemporânea, concorda-se que o Universo passou por um período de inflação rápida que produziu uma vasta região de expansão para lá do horizonte do que podemos observar diretamente”.

E rematou: “A inclusão deste volume aumentando em modelos de abiogéneses aumenta muito as probabilidade de se dar vida”.

Os resultados da investigação foram esta semana publicados na revista Nature.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …