Vida alienígena será descoberta em 2100, diz astrónoma da NASA

Danielle Futselaar / SETI Institute

Conceito artístico do sistema planetário Kepler 62

O físico teórico Michio Kaku acredita que a humanidade ouvirá comunicações entre civilizações alienígenas ainda este século, e as previsões de Jill Tarter, astrónoma da NASA, casam com essa ideia. Tarter acredita que a humanidade vai confirmar a existência de vida extraterrestre até 2100.

A astrónoma Jill Tarter é conhecida pelo trabalho desenvolvido no âmbito do SETI – o programa da NASA de procura por inteligência extraterrestre, ou “Search for Extraterrestrial Intelligence” -, projeto que reúne dados recolhidos por radiotelescópios de todo o mundo com o objetivo de detetar sinais que não são emitidos naturalmente no espaço, indicando que seriam, portanto, criados por alguma civilização alienígena tecnologicamente evoluída.

O nome de Jil Tarter tornou-se mais popular fora do meio científico depois do lançamento do filme Contacto, inspirado no livro homónimo de Carl Sagan. Na trama da película, a atriz Jodie Foster interpreta uma cientista do SETI que de certa forma retrata Jill Tarter no grande ecrã, ainda que com outro nome.

No último domingo, Jill Tarter falou sobre a sua busca pelos extraterrestres num evento realizado na Flórida, Estados Unidos.

Ali, além de revelar essa previsão para o aguardado momento da descoberta de existência de vida fora da Terra através de ondas de rádio pelo SETI, a astrónoma disse que, também nas próximas décadas, a humanidade acabará por comprovar que há vida, sim, noutros lugares do espaço.

Mas, diz a astrónoma, aqui no nosso Sistema Solar não é esperada a descoberta de seres extremamente evoluídos, sendo mais provável a existência de vida microbiana em luas dos gigantes gasosos.

Tarter ressalta, também, que há mais planetas do que estrelas na Via Láctea, facto que tem vindo a ser comprovado pelas descobertas do telescópio espacial Kepler nos últimos anos.

Assim sendo, reduz-se ainda mais a ideia de que a vida se teria originado apenas no nosso planeta, reforçando o conceito de que não acreditar em inteligências extraterrestres é ir contra as probabilidades.

Jill Tarter tem na sua agenda pelo menos outras 75 palestras a respeito da procura por alienígenas de maneira científica, ajudando, ainda, a arrecadar fundos para o projeto Alien Telescope Array, atualmente em construção na Califórnia.

Também conhecido como “O telescópio de 1 hectare“, o projeto é uma criação do SETI com o Laboratório de Radioastronomia da Universidade da Califórnia, em Berkeley, com a intenção de ampliar ainda mais esse tipo de procura.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …