Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Margarida Marques / Facebook

Os deputados ficaram apeados (e tiveram que ir de carro)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso de carro.

O objetivo era fazer uma viagem de comboio para chamar a atenção para os problemas da linha, mas fomos confrontados com a supressão do comboio em que pretendíamos viajar e tivemos que fazer a deslocação de carro”, disse à Lusa a deputada socialista Margarida Marques.

A ação de sensibilização para os problemas de Linha do Oeste, organizada pelos deputados socialistas, previa que a comitiva se deslocasse entre as Caldas da Rainha e Entrecampos de comboio, seguindo posteriormente de metro para o Ministério do Planeamento e Infraestruturas para entregar no gabinete do ministro Pedro Marques um documento a alertar para “o estado de abandono” da Linha e a necessidade de modernização da mesma.

Publicado por Margarida Marques em Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

A viagem de 75 quilómetros que se previa demorar duas horas e meia “acabou por não ser possível”, tendo a comitiva sido obrigada a “ter que procurar alternativas, como fazem todos os dias os passageiros que chegam à estação e são confrontados com a supressão de comboios”, afirmou a deputada.

A comitiva que, de carro, chegou ao Ministério “duas horas antes do previsto”, entregou no gabinete do governante “uma nota onde se exprimem as preocupações e as medidas concretas que deverão ser tomadas, medidas que integram já o Plano Ferroviário e que estão normalmente calendarizadas, mas cujo calendário tem vindo a derrapar”, indicou.

Nomeadamente, “a modernização e eletrificação da Linha do Oeste, entre Meleças e Caldas da Rainha”, um investimento de 112 milhões de euros que consta do plano Ferrovia 2020 e que “recebeu parecer ambiental favorável em junho, estando neste momento a ser preparado o lançamento do concurso para a obra, o que deverá ocorrer nos próximos meses”, segundo as informações obtidas hoje pelos deputados.

Da reunião com elementos do gabinete do ministro saiu ainda “a confirmação de que para o ano será lançado o concurso para a elaboração do projeto entre Caldas e Louriçal” e de que o lançamento do concurso para a modernização e eletrificação da linha “está a ser preparado, devendo ocorrer nos próximos meses”, acrescentou Margarida Marques.

A comitiva fez hoje saber ao Governo que “é necessário mais”, exigindo igualmente a modernização dos sistemas de sinalização e telecomunicações “para garantir uma maior segurança a todos os utentes” e a renovação do material circulante, cuja antiguidade e escassez tem provocado a supressão de vários comboios.

A elaboração do estudo sobre a ligação à linha do Norte, “de forma a garantir a sua inclusão no próximo quadro de financiamento plurianual”, foi outras das medidas apontadas pelo grupo como “essenciais” para o desenvolvimento da linha.

O gabinete do ministro Pedro Marquesmanifestou o seu empenhamento em cumprir os calendários já desenhados e assegurou que vai desenvolver as diligências necessárias para que, no imediato, a prática sistemática de anulação de comboios possa ser ultrapassada”, revelou o grupo parlamentar do PS, em comunicado, no final da reunião.

A comitiva integrou, além dos socialistas eleitos pelo círculo de Leiria, os presidentes das Câmaras de Alenquer, Torres Vedras e Lourinhã, vereadores das Câmaras do Bombarral, Cadaval, Sobral de Monte Agraço e Caldas da Rainha, presidentes de Juntas de Freguesia e membros de Assembleias Municipais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Demagogos. O que é que fizeram com o nao investimento numa das linhas de comboio mais utilizadas do país Cascais – Lisboa? Sao Câmaras do PSD e de um independente a de Oeiras, como tal nada.

RESPONDER

Imposto Mortágua foi aplicado a 75 mil contribuintes

O novo escalão do Adicional ao IMI, que prevê a aplicação de uma taxa de 1,5% sobre o valor patrimonial dos imóveis que ultrapasse os dois milhões, chegou a 331 contribuintes. Ao todo, o imposto …

Preço da luz vai descer 18 cêntimos no mercado regulado

Os preços da eletricidade no mercado regulado vão voltar a descer em 2020, segundo a proposta avançada esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Esta terça-feira, a ERSE propôs uma atualização em baixa de …

Portugal teve perdas fiscais de 900 milhões de euros por menor tributação do gasóleo

A tributação ao gasóleo é mais baixa do que os impostos à gasolina. A diferença entre os dois combustíveis leva a perdas de 900 milhões de euros ao Estado. Quem abastece um carro a gasóleo na …

Dulce Neto é a primeira mulher a presidir a um Supremo Tribunal português

A juíza conselheira toma posse, esta quarta-feira, como presidente do Supremo Tribunal Administrativo (STA), tornando-se na primeira mulher a ocupar o lugar cimeiro de um supremo tribunal em Portugal. Dulce Neto, de 58 anos, foi eleita …

Défice zero e mais crescimento. Previsões de Centeno para o OE2020 são de "elevado risco"

O Governo faz uma revisão das metas para 2020 no esboço do Orçamento de Estado para o próximo ano que enviou à Comissão Europeia, prevendo um aumento do crescimento económico e um saldo orçamental equilibrado, …

Conselho nacional do PSD pode ser atirado para novembro. Apoios a Rio e Montenegro equilibrados

Rui Rio mantém o silêncio sobre uma recandidatura a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido, tendo também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para …

Varandas quer vender já em janeiro (e há três nomes em cima da mesa)

O Sporting deverá vender um jogador já no próximo mercado de transferências em janeiro. O dinheiro será destinado a renovações e a trazer um novo reforço para o ataque. Frederico Varandas continua a sua saga para …

Médicos, enfermeiros e professores lamentam recondução de ministros

Médicos, enfermeiros e professores lamentaram a recondução de ministros na pasta da Saúde, Educação e das Finanças, reagindo assim à constituição do novo Governo entregue em Belém pelo primeiro-ministro indigitado, António Costa. O secretário-geral do …

"Batalha campal" na Catalunha: 40 mil pessoas nas ruas, 50 detidos e mais de 100 feridos

Pelo menos 51 pessoas foram detidas e 70 polícias ficaram feridos desde o início dos atos de violência que começaram na segunda-feira na região espanhola da Catalunha após a sentença que condenou políticos separatistas catalães …

Kristalina Georgieva exige maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional exigiu esta terça-feira, nos Encontros Anuais, uma maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho, dizendo que quando um país ignora "parte das suas capacidades" enfraquece o desempenho económico. Kristalina …