/

Vhils esculpe o rosto de Saramago junto ao mar na Lourinhã

1

(dr) Vhils

O artista português Alexandre Farto, conhecido por Vhils, esculpiu o rosto do escritor e Nobel da Literatura José Saramago junto ao mar na Lourinhã, distrito de Lisboa.

Alexandre Farto, conhecido por Vhils, revelou na segunda-feira, dia em que o português que venceu o Nobel da Literatura comemoraria o 98.º aniversário, um vídeo em que aparecia a esculpir o rosto do escritor, enquanto as ondas banhavam a obra.

Com o vídeo, o artista publicou uma passagem do livro “A Jangada de Pedra”, de Saramago, publicada originalmente em 1986. “Quantas vezes, para mudar a vida, precisamos da vida inteira, pensamos tanto, tomamos balanço e hesitamos, depois voltamos ao princípio, tornamos a pensar e a pensar, deslocamo-nos nas calhas do tempo com um movimento circular, como os espojinhos que atravessam o campo levantando poeira, folhas secas, insignificâncias, que para mais não lhes chegam as forças, bem melhor seria vivermos em terra de tufões”, pode ler-se.

José Saramago nasceu em Azinhaga em 16 de novembro de 1922 e morreu a 18 de junho de 2010 em Tías, nas ilhas Canárias. O escritor português foi galardoado com o Nobel de Literatura de 1998 e ganhou, em 1995, o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa. Saramago foi considerado o responsável pelo efetivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa.

Uma das últimas obras realizadas por Alexandre Farto foi o mural no Hospital de São João, uma homenagem aos profissionais de saúde que combatem o coronavírus.

Vhils é um dos artistas portugueses mais conceituados além fronteiras. Em 2015, uma das suas obras chegou ao Espaço, mais concretamente à cúpula da Estação Espacial Internacional (EEI), no âmbito do filme “O sentido da vida”.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.