Venezuela. Militares bloqueiam ponte para impedir entrada de ajuda humanitária

Mauricio Duenas Castaneda / EPA

As forças armadas venezuelanas bloquearam, esta quarta-feira, uma ponte rodoviária na fronteira com a Colômbia, perto de Cúcuta, impedido assim a chegada planeada de ajuda humanitária.

O envio de bens essenciais através da Colômbia, Brasil e uma ilha não especificada é uma iniciativa de Juan Guaidó, apoiada pelos Estados Unidos e por Bogotá, que pretende testar a fidelidade dos militares a Nicolás Maduro, segundo o El País.

Maduro, ainda no poder em Caracas, rejeita qualquer tipo de ajuda internacional, considerando que qualquer ação humanitária não passará de uma desculpa para uma intervenção externa na Venezuela.

Perto da ponte bloqueada, mas no outro lado da fronteira, as autoridades colombianas estão preparadas para receber 60 toneladas de medicamentos e alimentos que deveriam seguir para a Venezuela. Neste momento, no entanto, a Ponte Internacional de Tienditas encontra-se cortada por uma cisterna e dois contentores de mercadorias colocados pelas forças venezuelanas.

Ao jornal espanhol, Eduardo José González, diretor da Unidade para a Gestão de Risco e Desastres, a entidade colombiana encarregada de liderar as operações, explicou que Bogotá continua a esperar apenas pelo momento certo para fazer chegar os alimentos e medicamentos à Venezuela.

A Ponte Internacional de Tienditas, com 240 metros de comprimento e 40 de largura, foi concluída em 2016, mas nunca chegou a ser utilizada. Por altura da sua conclusão, Maduro decretou o fecho da fronteira com a Colômbia, permanecendo encerrada à circulação.

Por sua vez, a antiga Ponte Simón Bolivar, construída nos anos 1960 e com problemas estruturais conhecidos, continua a ser usada diariamente por milhares de venezuelanos. Esta infra-estrutura regista um fluxo de 35 mil deslocações diárias, e funciona como um canal a que muitos venezuelanos recorrem para obter na Colômbia bens que estão em falta no seu país.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. #Militares_Bloqueiam_Corredor_Humanitário_na_Venezuela.
    Com que direito um Presidente de um País priva o seu Povo de bens alimentares, entre outros bens como a medicação? Com que direito um Presidente priva o seu Povo de se alimentar e medicar, levando a que dezenas de pessoas, muitas delas Mulheres e Crianças, morram todos os dias?
    Que espécie de Militar contínua a seguir ordens do seu Presidente, mesmo vendo a sua Pátria a sofrer e a morrer à fome?!… Acordem!!!!

    • Concordo 100%, com as suas questões, e ponto de vista. Estou curioso de saber o qué Passa pela cabeça de Maduro, ao Tomar tais decisões, que roçam a psicopatia

RESPONDER

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …

Macaulay Culkin, o Kevin de "Sozinho em Casa", apela para que participação de Trump no filme seja retirada

A estrela do filme "Sozinho em Casa", Macaulay Culkin, fez comentários nas redes sociais onde apelou a que a participação especial de Donald Trump no filme seja removida digitalmente e substituída por uma versão mais …

Governo dos Açores defende clarificação de competências em situação de pandemia

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, alertou para a necessidade de ser criada legislação que clarifique as competências da região no combate a uma pandemia. “É importante a aprovação de uma lei …

"Da terra à mesa". Contentores com quintas verticais produzem vegetais para restaurantes e supermercados

A agricultura tradicional envolve o uso de muitos recursos, quer durante o processo de cultivo, quer depois, durante o processo de distribuição. O conceito das quintas verticais tem vindo a difundir-se pelo mundo, e agora …

"O fecho das escolas resultou". Número de portugueses em casa aumentou para 50%

O número de portugueses que ficou em casa aumentou para 50% na sexta-feira, o primeiro dia de fecho das escolas, segundo os dados do índice de mobilidade divulgados hoje. Em comunicado, a empresa PSE, que tem …

Governo quer que coimas nos casos de incumprimento sejam cobradas de imediato

O Governo quer que as forças de segurança privilegiem a cobrança imediata de coimas nos casos de incumprimento das regras de confinamento e que verifiquem os comprovativos que justifiquem as deslocações de exceção, incluindo passeios …