Valentim Loureiro admite facturação “desatempada” mas nega responsabilidades

(cv) Youtube

Valentim Loureiro, ex-presidente da Câmara de Gondomar

Valentim Loureiro nega responsabilidades individuais no alegado esquema de facturas falsas e de uso indevido de fundos comunitários que levou à condenação da Câmara de Gondomar à devolução de 11 milhões de euros. “Não desviei um euro que seja”, garante o ex-presidente da autarquia.

O Jornal de Notícias adianta que a Câmara de Gondomar foi condenada a pagar o montante, num total que inclui os valores dos fundos comunitários, bem como juros de mora e custos do processo, considerando o tribunal que 70% do dinheiro oriundo da União Europeia não foi utilizado na construção da ETAR do rio Ferreira, como devia.

Em reacção a esta notícia, Valentim Loureiro, o presidente da autarquia à altura dos factos, garante que não teve “nada a ver com facturas”, em declarações ao jornal Correio da Manhã.

“Quem conferiu as facturas e deu as ordens de pagamento não fui eu pessoalmente, o que não implica que não tenha de assumir responsabilidade política por alguma irregularidade enquanto fui presidente da câmara”, salienta Valentim Loureiro no mesmo diário.

Não houve desvio de um euro que seja“, acrescenta o ex-autarca.

Valentim Loureiro refere, de acordo com o Correio da Manhã, que foi utilizado “o sistema de factoring (créditos de curto prazo)”, constatando que “terá havido da parte de quem fez a obra [Somague] algum procedimento desatempado que levou os peritos a considerarem que tenha havido pagamentos irregulares”. “Mas a obra está feita e foi paga”, atira contudo.

O actual presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins, já recorreu da decisão do tribunal, que obriga ao pagamento dos tais 11 milhões de euros, e anunciou que vai pedir ao Ministério Público o apuramento de responsabilidades civis e criminais.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Agência Europeia também investiga problemas nos novos aviões da TAP

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) confirmou à TSF que também estar a investigar os estranhos casos de enjoos nos novos aviões da TAP. A tomada de posição da EASA foi confirmada à …

PCP apresenta programa eleitoral que inclui “reforma fiscal”

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, apresenta esta terça-feira formalmente o programa eleitoral do partido para as legislativas, que inclui um pacote de medidas de “reforma fiscal”, em cerimónia pública, num hotel lisboeta. O líder do …

Multa histórica ao Facebook deixou Zuckerberg mil milhões de euros mais rico

A multa histórica de 4,4 mil milhões de euros aplicada ao Facebook, no âmbito do escândalo Cambridge Analytica, não está a fazer mossa na empresa e até fez subir as suas acções em bolsa, com …

Vale paga 165 mil euros a familiares dos trabalhadores mortos em Brumadinho

A empresa brasileira acordou indemnizar cada familiar dos trabalhadores mortos na rutura da barragem de Brumadinho, ocorrida em janeiro passado. O acordo, firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a companhia mineira Vale, determina que …

Novo currículo e novas metas. Peritos desafiam Costa a mudar tudo no ensino da Matemática

Um grupo de peritos constituído em dezembro pelo Ministério da Educação quer que o ensino da Matemática assente num novo currículo, deixando para trás documentos que considera contraditórios entre si. Coordenado pelo professor Jaime Carvalho e …

Johnson & Johnson investigada por risco de cancro do pó de talco

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a Johnson & Johnson para aferir se mentiu sobre o possível risco de cancro do seu pó de talco. Mais de 13 mil pessoas nos Estados …

Von der Leyen apresentou um "ramalhete" de promessas no Parlamento Europeu. Votação marcada para as 18h

A candidata à presidência da Comissão Europeia comprometeu-se esta terça-feira a tornar a Europa o primeiro continente a alcançar a meta da neutralidade carbónica em 2050, indicando que irá apresentar um “acordo verde” nos primeiros …

Em 2018, ficaram por pagar 12 milhões de euros em salários. É um aumento de 60% desde 2017

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) identificou 6.618 trabalhadores com salários em atraso, no valor de 11,7 milhões de euros. É, de acordo com o Jornal de Notícias, um aumento de 59% no espaço …

Maior central elétrica do país está há oito meses à espera de uma nova licença ambiental

A maior central elétrica do país está há oito meses à espera que a sua licença ambiental, essencial para que possa permanecer em operação, seja renovada. Apesar da morosidade do procedimento, e de a licença original …

Esta terça-feira vai poder ver o eclipse parcial da Lua

A Lua vai estar, esta terça-feira, na sombra da Terra devido a um eclipse parcial que vai poder ser visto em Portugal. Este fenómeno vai ser visível, a partir das 21h01, hora em que a Lua …