Vala comum revela que já no Neolítico havia violência extrema

Christian Meyer

Traumatismo craniano de uma criança de 8 anos, encontrada a partir da vala comum do período Neolítico

Traumatismo craniano de uma criança de 8 anos, encontrada a partir da vala comum do período Neolítico

Uma vala comum encontrada na Alemanha com pelo menos 26 esqueletos humanos mostra que os conflitos há cerca de sete mil anos na Europa eram brutais, com tortura e mutilação das vítimas, indica um novo estudo científico.

O achado traz novas provas para a teoria de que a violência em massa desempenhou um papel crucial no início da era do Neolítico e pode ter contribuído para o declínio da chamada cultura da cerâmica linear – de agricultores e criadores de gado – no centro da Europa, de acordo com o estudo, publicado na segunda-feira, na revista da Academia de Ciências dos Estados Unidos.

O significado destas valas comuns – que continuam a ser raras – tem sido alvo de intensos debates entre especialistas.

A última vala comum foi encontrada em 2006, também na Alemanha, durante a construção de uma estrada.

Universidade de Mainz

Christian Meyer, arqueólogo responsável pelo estudo da Universidade de Mainz

Christian Meyer, arqueólogo responsável pelo estudo da Universidade de Mainz

Até à data, os dados obtidos sugerem que os “massacres de comunidades inteiras não eram ocorrências isoladas, mas frequentes nas últimas fases” da cultura da cerâmica linear, concluíram os autores.

As análises dos 26 esqueletos encontrados na vala indicam que as vítimas não foram enterradas de acordo com os rituais funerários típicos da época.

Ao contrário, os crânios de muitos dos esqueletos foram violentamente esmagados, além de ferimentos causados por setas que podem ter matado ou imobilizado as vítimas.

Único neste achado são os esqueletos com traumas significativos nas zonas inferiores, por exemplo nas pernas, indicando que foram torturados ou mutilados depois de mortos, disseram arqueólogos da Universidade de Mainz, liderados por Christian Meyer.

Na vala foram encontrados esqueletos de crianças, homens adultos e idosas, não tendo sido encontradas ossadas de mulheres ou raparigas.

O estudo considera possível que o conflito entre os grupos tenha sido desencadeado pela posse de recursos.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Qual a admiração? Os alemães são os dignos descendentes dos alanos e vandalos, não se recordam? As tendências mantêm-se.
    A historia o tem provado, não é ?

RESPONDER

Cientistas reconstruiram o rosto de uma escocesa nobre com lepra (e de um homem sem mandíbula)

A Câmara Municipal de Edimburgo e a Universidade de Dundee, na Escócia, uniram-se para reconstruir os rostos de pessoas cujos restos mortais foram descobertos sob a famosa Catedral de Santo Egídio nas décadas de 1980 e …

Candidatos do CDS pagam campanha interna do seu bolso, só João Almeida sabe quanto

Os cinco candidatos à liderança do CDS-PP vão pagar do seu bolso a campanha interna e só o deputado João Almeida tem uma estimativa de custos. Ao contrário do que acontece com os partidos políticos nas …

China fecha Wuhan. Há um risco "moderado" de vírus chegar à Europa

Com o número de casos de pessoas infetadas com o coronavírus a aumentar exponencialmente nos últimos dias, a China pararam os transportes em Wuhan,  cidade onde surgiu o surto. As autoridades de saúde da China aumentaram …

Sequenciado o genoma da misteriosa e esquiva lula-gigante

Uma equipa de cientistas acaba de sequenciar na totalidade o genoma da lula-gigante (Architeuthis dux), animal de águas profundas que nunca foi capturado vivo e do qual não se sabe praticamente nada. A descoberta, cujos …

Gestor do EuroBic encontrado gravemente ferido em casa. PJ está a investigar

Nuno Ribeiro da Cunha, o diretor do private banking do EuroBic e gestor da conta da Sonangol que efetuou algumas das transferências suspeitas no Luanda Leaks, foi encontrado com ferimentos graves nos pulsos e no …

Três mortos em queda de avião de combate a incêndios na Austrália

Três pessoas morreram esta quinta-feira na sequência da queda, ainda por razões desconhecidas, de um avião C-130 que estava envolvido no combate aos incêndios no estado australiano de Nova Gales do Sul, confirmaram as autoridades. "Não …

O planeta só consegue alimentar metade de toda a população mundial

Uma nova investigação concluiu que o atual sistema de produção de alimentos só consegue alimentar 3.400 milhões de pessoas sem exceder os limites do planeta. Na prática, a nova investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na …

A Terra teve um campo magnético primitivo (e é mais forte do que se pensava)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, encontrou evidências que sugerem que o campo magnético primitivo que se formou à volta da Terra é mais forte do que os especialistas pensavam. …

Cientistas estão a criar oxigénio a partir de uma imitação de poeira lunar

Uma equipa de investigadores está a trabalhar num sistema capaz de produzir oxigénio respirável a partir de amostras de uma imitação de poeira lunar. A procura de um novo mundo habitável é uma das grandes aspirações …

Porto eleito uma das melhores cidades pequenas do mundo pela Monocle

O Porto foi considerada a nona melhor cidade pequena do mundo para se viver pela revista Monocle. O centro histórico, a gastronomia e as praias foram características destacadas. A revista Monocle elegeu o Porto como uma …