“Vacina universal contra o cancro” teve primeiros testes bem sucedidos em humanos

Rita Elena Serda, NIH / Flickr

Célula cancerígena (a branco) a ser atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

Célula cancerígena (a branco) a ser atacada por dois linfócitos T citotóxicos (a vermelho) num processo natural de resposta imune

A vacina universal para o tratamento do cancro pode estar um pouco mais próxima da realidade, depois de um grupo de investigadores alemães ter conseguido realizar testes bem sucedidos em três pacientes humanos.

O novo método de tratamento, apelidado de imunoterapia, é um tipo de tratamento de cancro que usa o próprio sistema imunitário do doente para combater as células cancerígenas.

Segundo o Futurism, o processo consiste na aplicação de uma vacina com material genético (RNA) das células cancerígenas do paciente no seu próprio sistema imunológico – o que ajuda o corpo a diferenciar as células más, facilitando o combate do próprio corpo à doença.

A identificação das células prejudiciais é um dos principais desafios no tratamento do cancro porque, em várias situações, o organismo não é capaz de diferenciá-las por serem semelhantes à células normais.

No entanto, depois de os cientistas aplicarem o RNA das células cancerígenas, a produção de anticorpos é estimulada porque passam a ser reconhecidas como células de uma espécie diferente.

O método é considerado universal, já que qualquer paciente poderia usar o material genético das suas próprias células cancerígenas para o seu tratamento, independentemente do tipo de cancro.

A experiência foi desenvolvida por cientistas da Universidade Johannes Gutenberg de Mainz, na Alemanha e os resultados foram publicados na Nature.

Nos testes realizados, três pacientes diagnosticados com melanoma e tratados com a imunoterapia só apresentaram sintomas leves de “gripe” como efeitos colaterais, mas nada que se compare às complicações dos tratamentos como a quimioterapia.

Além disso, segundo o The Independent, um dos pacientes já apresentou uma redução num dos tumores, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido antes que o novo tratamento possa ser aplicado oficialmente.

Apesar de os testes preliminares terem sido bem sucedidos, o método ainda precisa de ser testado por órgãos reguladores da saúde, como a Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos – que pode demorar 8 anos a aprovar um novo tipo de medicação ou tratamento.

Mas estes resultados abrem caminho ao que muitos consideram o (impossível) Santo Graal da medicina – uma vacina universal contra o cancro.

ZAP / Ciberia

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …