Utilizadores do Google no Reino Unido vão perder o direito à proteção de dados da UE

Com a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), a Google decidiu que vai colocar as contas dos utilizadores britânicos do motor de busca sob jurisdição dos Estados Unidos (EUA).

Segundo avançou a Reuters, citada pelo Jornal Económico (JE), esta decisão visa facilitar a consulta por parte das autoridades do Reino Unido aos dados dos utilizadores, estando para breve o envio aos utilizadores da nova política de dados da empresa, onde constará a jurisdição americana.

De acordo com o JE, os EUA têm uma das políticas de proteção de dados mais fracas entre as grandes potências económicas. A alternativa para os utilizadores britânicos pode passar pela República da Irlanda, um dos países com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR sigla em inglês) mas rigorosos do mundo.

Sendo a Google uma das empresas que mais acumulou dados sobre cidadãos a nível mundial, os utilizadores do Reino Unido poderão ficar mais vulneráveis caso as autoridades britânicas escolham não adotar o GDPR irlandês, deixando os dados dos seus cidadãos sujeitos à politica de proteção de dados norte-americana.

Fontes envolvidas em vários projetos ligados às grandes tecnológicas, citadas pela Reuters, indicaram que, nos próximos meses, outras empresas de tecnologia dos EUA terão que fazer escolhas semelhantes à da Google.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Morreu Catarina Sena, subdiretora-geral da Saúde, aos 47 anos

Catarina Sena, subdiretora-geral da Saúde, morreu esta segunda-feira, aos 47 anos, vítima de doença prolongada. Administradora hospitalar e especialista em planeamento em gestão, era subdiretora-geral da Saúde desde 2008, tendo trabalhado com Francisco George e …

Quarentena deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus estão a deixar a Terra mais silenciosa - pelo menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. A atividade humana, como a circulação de pessoas e …

Descobertas duas anãs brancas que orbitam entre si a cada 20 minutos

Cientistas do Harvard & Smithsonian Center, nos Estados Unidos, descobriram uma anã branca binária composta por duas estrelas com um núcleo de hélio que orbitam entre si a cada 1.201 segundos, isto é, pouco mais …

Dispositivo de grafeno pode transformar sinais de Wi-Fi em energia

A tecnologia do carregamento sem fio não é muito mais útil do que conectar o telemóvel a um cabo, já que, de qualquer das maneiras, precisamos de estar em contacto com o carregador. No entanto, …

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …