Utentes tentam subornar enfermeiros para ter o carimbo da vacinação sem receber a vacina

Sedat Suna / EPA

Enfermeira a preparar uma vacina

Vários utentes que não pretendem ser vacinados contra a covid-19 já tentaram subornar enfermeiros para terem o carimbo da inoculação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o Diário de Notícias, vários casos ocorreram num centro de vacinação da área da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT).

Num deles, ocorrido na semana passada, um homem de 72 anos tentou subornar um enfermeiro com 200 euros para que este carimbasse o documento de vacinação sem administrar a vacina contra a covid-19.

O profissional de saúde recusou-se a fazê-lo e o utente em questão acabou por abandonar o local sem ser inoculado, tendo ficado registado na sua ficha a tentativa de aliciamento.

Contactada pelo jornal, a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, mostrou-se surpreendida e disse desconhecer este tipo de casos. Como tal, apelou aos enfermeiros que denunciem estas situações.

“Ainda não mandaram nada aqui para a Ordem. Desde o início da vacinação não recebemos nada desse género”, declarou a responsável.

“O que os enfermeiros devem fazer é enviar a informação para nós, identificando a pessoa, porque eles têm acesso à identificação e podem partilhá-la com a sua ordem profissional. E, a partir daí, nós faremos queixa ao Ministério Público“, explicou.

O DN também contactou a task force da vacinação, agora liderada pelo coronel Penha Gonçalves, para obter um comentário sobre o assunto. Fonte da equipa disse que não havia conhecimento destas situações e que seria indagada a existência de denúncias.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.