Uso moderado das redes sociais é bom para a saúde mental

Arne Hoel / World Bank

-

O uso regular de redes sociais contribui para uma boa saúde mental, revela um estudo publicado por investigadores australianos, que analisaram 70 pesquisas sobre a relação entre as redes sociais e a depressão, ansiedade e bem-estar.

De acordo com a Agência Xinhua, os cientistas descobriram que as redes sociais revelaram-se úteis para a boa comunicação entre as pessoas e fazer com que estas recebam apoio social, além de serem uma fonte única de apoio para indivíduos que têm dificuldade com interações face a face.

No entanto, as redes sociais não foram boas para todos, já que algumas pessoas se comparavam frequentemente a outras, criavam pensamentos negativos ou eram viciadas nas redes sociais, correndo um maior risco de desenvolverem depressão e ansiedade.

O estudo publicado no JMIR Mental Health, foi realizado por investigadores das Universidades de Melbourne e de Monash, na Austrália.

Peggy Kern, da Universidade de Melbourne, disse que as pessoas com ansiedade social eram mais propensas a usar passivamente as redes sociais em vez de se envolverem diretamente, enquanto que os indivíduos com sintomas depressivos eram mais suscetíveis a publicar os seus pensamentos negativos.

“As redes sociais fornecem não só uma janela para os pensamentos e emoções que as pessoas decidem partilhar, mas também alguns dos seus padrões comportamentais que podem ajudar ou prejudicar a saúde mental”, afirmou Kern.

“Ao compreender as ligações entre as redes sociais e a saúde mental, podemos fazer melhores escolhas sobre como usá-las de maneira produtiva e promover uma boa saúde mental”.

Elizabeth Seabrook, da Universidade de Monash, disse que o estudo revela que as redes sociais podem ser usadas no futuro para identificar a presença de depressão e ansiedade social num utilizador.

“A continuidade da investigação pode ser uma ferramenta poderosa para a identificação precoce do risco da saúde mental”, disse Seabrook.

Os utilizadores de redes sociais dedicam diariamente, em média, 91 minutos do seu tempo a estes sites, revela um estudo da Marktest divulgado em setembro.

O Facebook destaca-se claramente das restantes redes sociais, com 94% de utilizadores, a que se segue o Youtube, Google+, WhatsApp e Instagram, que foi a rede que mais subiu face a 2015″.

ZAP / EcoDesenvolvimento

PARTILHAR

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …