Uso moderado das redes sociais é bom para a saúde mental

Arne Hoel / World Bank

-

O uso regular de redes sociais contribui para uma boa saúde mental, revela um estudo publicado por investigadores australianos, que analisaram 70 pesquisas sobre a relação entre as redes sociais e a depressão, ansiedade e bem-estar.

De acordo com a Agência Xinhua, os cientistas descobriram que as redes sociais revelaram-se úteis para a boa comunicação entre as pessoas e fazer com que estas recebam apoio social, além de serem uma fonte única de apoio para indivíduos que têm dificuldade com interações face a face.

No entanto, as redes sociais não foram boas para todos, já que algumas pessoas se comparavam frequentemente a outras, criavam pensamentos negativos ou eram viciadas nas redes sociais, correndo um maior risco de desenvolverem depressão e ansiedade.

O estudo publicado no JMIR Mental Health, foi realizado por investigadores das Universidades de Melbourne e de Monash, na Austrália.

Peggy Kern, da Universidade de Melbourne, disse que as pessoas com ansiedade social eram mais propensas a usar passivamente as redes sociais em vez de se envolverem diretamente, enquanto que os indivíduos com sintomas depressivos eram mais suscetíveis a publicar os seus pensamentos negativos.

“As redes sociais fornecem não só uma janela para os pensamentos e emoções que as pessoas decidem partilhar, mas também alguns dos seus padrões comportamentais que podem ajudar ou prejudicar a saúde mental”, afirmou Kern.

“Ao compreender as ligações entre as redes sociais e a saúde mental, podemos fazer melhores escolhas sobre como usá-las de maneira produtiva e promover uma boa saúde mental”.

Elizabeth Seabrook, da Universidade de Monash, disse que o estudo revela que as redes sociais podem ser usadas no futuro para identificar a presença de depressão e ansiedade social num utilizador.

“A continuidade da investigação pode ser uma ferramenta poderosa para a identificação precoce do risco da saúde mental”, disse Seabrook.

Os utilizadores de redes sociais dedicam diariamente, em média, 91 minutos do seu tempo a estes sites, revela um estudo da Marktest divulgado em setembro.

O Facebook destaca-se claramente das restantes redes sociais, com 94% de utilizadores, a que se segue o Youtube, Google+, WhatsApp e Instagram, que foi a rede que mais subiu face a 2015″.

ZAP / EcoDesenvolvimento

PARTILHAR

RESPONDER

Múmias milenares tinham tatuagens escondidas (e já podemos vê-las)

As tatuagens escondidas em antigas múmias egípcias estão agora a ser reveladas pelos cientistas, usando uma nova tecnologia de infravermelho, permitindo vislumbrar como os membros da sociedade há três mil anos viviam e trabalhavam. Tatuagens semelhantes …

Miguel Albuquerque avisa: deputados madeirenses do PSD podem viabilizar OE

O presidente da estrutura regional do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, disse esta sexta-feira que os três deputados na Assembleia da República poderão votar o Orçamento do Estado caso as reivindicações da região estejam asseguradas. “O Orçamento do …

"Não há falta de médicos" nos hospitais de Coimbra e Algarve, diz Marta Temido

A ministra da Saúde afirmou esta sexta-feira que não há falta de médicos nos centros hospitalares universitários do Algarve e de Coimbra, admitindo que poderá haver necessidade de rever escalas e formas de organização. “Não me …

Já pode beber uma cerveja que nunca "morre"

https://vimeo.com/377813387 Cientistas chineses criaram uma levedura geneticamente modificada que faz com que a cerveja nunca "morra". Esta inovação pode aumentar o prazo de validade da cerveja, com uma alteração mínima ao seu sabor. Não há nada melhor …

Cotrim Figueiredo: "Siza Vieira não tem peso político para levar a sua avante”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "não tem peso político para levar a sua avante" neste Governo, disse o deputado da Iniciativa Liberal João Cotrim Figueiredo, que é também candidato único à liderança do …

Arranca hoje a "contra-cimeira" contra "hipocrisia dos governos"

Enquanto na chamada "zona verde" se prepara a semana das negociações de alto nível da COP25, começa este sábado em Madrid uma contra-cimeira em que os movimentos ativistas procuram um contraponto ao que chamam a …

A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis …

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …