Ursos polares alimentam-se de golfinhos devido a mudanças climáticas no Ártico

Jon Aars / Norwegian Polar Institute

Cientistas noruegueses descobriram que os ursos polares estão a alimentar-se de golfinhos no oceano Ártico, e consideram que esta mudança de dieta se deve ao aquecimento das águas.

Os ursos polares alimentam-se normalmente de focas, mas a edição deste mês da revista Polar Research mostra golfinhos a serem devorados por um urso, em imagens captadas por Jon Aars, do Instituto Polar norueguês.

“É possível que novas espécies estejam a surgir na dieta dos ursos polares devido às mudanças climáticas, uma vez que isso está a propiciar a chegada de novas espécies ao norte”, disse Jon Aars à AFP.

O primeiro incidente que documentou ocorreu em 24 de abril de 2014, quando a sua equipa se deparou com um urso polar a alimentar-se das carcaças de dois golfinhos-de-bico-branco.

Apesar de os golfinhos serem vistos regularmente nos meses de Verão no Ártico norueguês, na altura em que o gelo derrete, estes nunca foram vistos durante o Inverno ou na Primavera quando o mar se encontra coberto de placas de gelo.

No entanto, os cientistas noruegueses têm relatado um forte recuo das placas de gelo e dois invernos quase sem gelo nos últimos anos. Segundo os especialistas, esta poderá ter sido a razão que atraiu a norte os golfinhos, que podem ter ficado presos com a chegada repentina do gelo e a formação de placas densas.

Jon Aars refere ainda que o urso que fotografou tinha, possivelmente, apanhado os dois golfinhos quando estes vieram à tona para respirar através de um pequeno buraco no gelo.

“Mesmo que tenham visto o urso, certamente os golfinhos não tiveram outra alternativa”, disse. Nas fotos vê-se um urso macho velho, visivelmente magro, a devorar um dos golfinhos e aparentemente a guardar outro sob a neve, para mais tarde – algo que o cientista nunca tinha visto antes.

“Nós pensamos que ele tentou cobrir o golfinho de neve na esperança de que outros ursos, raposas ou pássaros tivessem menos hipóteses de encontrá-lo”, esclareceu o cientista, acrescentando que tal permitiria ao urso comer o golfinho “um ou dois dias mais tarde, após digerir o primeiro”.

Após o primeiro incidente em 2014, foram notificados mais cinco casos de golfinhos presos no gelo ou capturados, os quais foram depois devorados por ursos.

“Penso que isso não significa uma grande perturbação” na dieta dos carnívoros, argumentou, dizendo ainda que “trata-se apenas do facto de os ursos polares estarem a confrontar-se com espécies que, até agora, desconheciam”.

Situado no topo da cadeia alimentar do Ártico, os ursos polares são predadores oportunistas igualmente conhecidos por se alimentarem de pequenas baleias, se tal oportunidade surgir.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Câmaras impedidas de fazer contratos com empresas de presidentes de junta

Um acórdão de uniformização de jurisprudência do Supremo Tribunal Administrativo (STA) definiu ser ilegal as câmaras municipais contratarem empresas cujo sócio-gerente seja um presidente de Junta de Freguesia desse município. O Jornal de Notícias adianta esta …

Aposta na Saúde, habitação digna e duas pontes para Espanha. Plano de Recuperação é para "oportunidades únicas"

O Plano de Recuperação e Resiliência, que o Governo vai entregar a Bruxelas no próximo mês, serve para "oportunidades únicas". A versão final do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) poderá ser entregue à Comissão Europeia …

Um dos maiores predadores do Cretáceo era um "monstro" do rio

A descoberta de um enorme conjunto de registros dentários mostra que um dos maiores predadores do Cretáceo era habitante do rio - e não um caçador terrestre. Uma equipa de investigadores da Universidade de Portsmouth, no Reino …

Benfica oficializa venda de Rúben Dias e compra de Otamendi

O Benfica comunicou, este domingo, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a transferência do defesa-central para o Manchester City. Em comunicado, o Benfica informou "ter chegado a acordo com o Manchester City para a …

Marcelo responde ao embaixador dos EUA. "Quem decide são os representantes escolhidos pelos portugueses"

O Presidente da República respondeu, este domingo, ao embaixador dos Estados Unidos em Lisboa, afirmando que, "em Portugal, quem decide acerca dos seus destinos são os representantes escolhidos pelos portugueses". A agência Lusa questionou Marcelo Rebelo …

Bloco desconhece "avanços" no novo apoio social (e sugere que Rio seja dispensado das negociações)

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse este domingo que o Governo ainda não se comprometeu com a criação do novo apoio social proposto pelos bloquistas, no âmbito das negociações do Orçamento do Estado …

O tempo pode parecer mais lento do que realmente é. A culpa é dos neurónios cansados

Quando os neurónios do nosso cérebro começam a ficar muito cansados, diminuem a atividade e, como consequência, percebemos o tempo de forma distorcida. O cansaço de um grupo de neurónios especialmente sensíveis à noção de tempo …

Investigação do New York Times revela que Trump não pagou impostos em 10 dos últimos 15 anos

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pagou apenas 750 dólares (645 euros) em impostos federais em 2016, ano em que foi eleito, e outro tanto em 2017, segundo uma investigação divulgada este domingo pelo …

Arménia e Azerbaijão "à beira de uma guerra". Confrontos fazem pelo menos 39 mortos

Os combates deste domingo entre o Azerbaijão e as forças separatistas apoiadas pela Arménia, em Nagorno-Karabakh, fizeram pelo menos 39 mortos, incluindo sete civis, de acordo com informações de ambas as partes. Pelo menos mais 15 …

Paulo Bento substitui Santana Lopes à frente da Aliança

O antigo vereador da câmara de Torres Vedras Paulo Bento substitui este domingo Pedro Santana Lopes como presidente do partido Aliança após a eleição no congresso que terminou naquela cidade do distrito de Lisboa. Paulo Bento, …