Ursos polares alimentam-se de golfinhos devido a mudanças climáticas no Ártico

Jon Aars / Norwegian Polar Institute

Cientistas noruegueses descobriram que os ursos polares estão a alimentar-se de golfinhos no oceano Ártico, e consideram que esta mudança de dieta se deve ao aquecimento das águas.

Os ursos polares alimentam-se normalmente de focas, mas a edição deste mês da revista Polar Research mostra golfinhos a serem devorados por um urso, em imagens captadas por Jon Aars, do Instituto Polar norueguês.

“É possível que novas espécies estejam a surgir na dieta dos ursos polares devido às mudanças climáticas, uma vez que isso está a propiciar a chegada de novas espécies ao norte”, disse Jon Aars à AFP.

O primeiro incidente que documentou ocorreu em 24 de abril de 2014, quando a sua equipa se deparou com um urso polar a alimentar-se das carcaças de dois golfinhos-de-bico-branco.

Apesar de os golfinhos serem vistos regularmente nos meses de Verão no Ártico norueguês, na altura em que o gelo derrete, estes nunca foram vistos durante o Inverno ou na Primavera quando o mar se encontra coberto de placas de gelo.

No entanto, os cientistas noruegueses têm relatado um forte recuo das placas de gelo e dois invernos quase sem gelo nos últimos anos. Segundo os especialistas, esta poderá ter sido a razão que atraiu a norte os golfinhos, que podem ter ficado presos com a chegada repentina do gelo e a formação de placas densas.

Jon Aars refere ainda que o urso que fotografou tinha, possivelmente, apanhado os dois golfinhos quando estes vieram à tona para respirar através de um pequeno buraco no gelo.

“Mesmo que tenham visto o urso, certamente os golfinhos não tiveram outra alternativa”, disse. Nas fotos vê-se um urso macho velho, visivelmente magro, a devorar um dos golfinhos e aparentemente a guardar outro sob a neve, para mais tarde – algo que o cientista nunca tinha visto antes.

“Nós pensamos que ele tentou cobrir o golfinho de neve na esperança de que outros ursos, raposas ou pássaros tivessem menos hipóteses de encontrá-lo”, esclareceu o cientista, acrescentando que tal permitiria ao urso comer o golfinho “um ou dois dias mais tarde, após digerir o primeiro”.

Após o primeiro incidente em 2014, foram notificados mais cinco casos de golfinhos presos no gelo ou capturados, os quais foram depois devorados por ursos.

“Penso que isso não significa uma grande perturbação” na dieta dos carnívoros, argumentou, dizendo ainda que “trata-se apenas do facto de os ursos polares estarem a confrontar-se com espécies que, até agora, desconheciam”.

Situado no topo da cadeia alimentar do Ártico, os ursos polares são predadores oportunistas igualmente conhecidos por se alimentarem de pequenas baleias, se tal oportunidade surgir.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …