Extrair urânio do mar poderá permitir energia ilimitada

O Laboratório Nacional do Noroeste do Pacífico, dos EUA, em parceria com a LCW Supercritical Technologies fez um importante avanço para a indústria nuclear: descobriu um método económico para extrair urânio a partir da água do mar.

As energias renováveis são cada vez mais consideradas fontes de energia limpa. Pelo contrário, as energias não renováveis, como os combustíveis derivados do petróleo, são encarados como um verdadeiro perigo para a saúde do planeta.

Já as energias nucleares são apontadas como as principais na indústria, quando o assunto é produzir grandes quantidades de energia. Mas se este é um pró, o contra a ele associado é que este tipo de energia causa insegurança isto porque são utilizadas fontes de radiação no sistema de produção energético, uma autêntica dor de cabeça ecológica.

Mas esta discussão pode ganhar novos contornos com a descoberta feita pelo Laboratório Nacional do Noroeste do Pacífico (PNNL, na sigla em inglês), instituição de pesquisa ligada ao Governo dos Estados Unidos e pella LCW Supercritical Technologies.

Este novo processo utiliza fibras acrílicas de baixo custo e reutilizáveis e pode, um dia, tornar a energia nuclear ilimitada. Os investigadores conseguiram, durante uma experiência, extrair cinco gramas de urânio em pó da água do mar.

Além de sal, um litro de água do mar contém sulfatos, magnésio, potássio, brometo, flúor, ouro e urânio. No entanto, há apenas três microgramas por litro deste último elemento.

Todavia, se consideramos o quão grande é o oceano, o número torna-se 500 vezes mais do que poderia ser extraído em terra. Estamos a falar de 4 mil milhões de toneladas de urânio, o suficiente para operar mil reatores de fissão de 1 gigawatt (GW) durante 100.000 anos.

Mas como o retirar o urânio da água? Uma abordagem anteriormente desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa de Energia Atómica do Japão utilizava esteiras de polímero que extraíam os átomos da água do mar, mas a técnica era muito cara. Mais tarde, o Laboratório Nacional Oak Ridge, dos EUA, desenvolveu um processo com polímeros mais barato.

Agora, o PNNL e o LCW deram outro passo importante, utilizando fios acrílicos comuns e convertendo-os numa espécie de absorvente de urânio.

Embora os detalhes do processo não tenham sido divulgados, o PNNL afirmou que não só esta técnica funciona, como o acrílico pode ser limpo e reutilizado. Além disso, os cientistas afirmam ser possível usar fibras residuais para uma maior economia. Este último detalhe significa que a extração de urânio a partir da água do mar pode competir com a mineração a preços atuais.

Durante as experiências, os investigadores colocaram o fio acrílico em tanques cheios de água do mar. À medida que a água fluía, as fibras extraíam o urânio, lingando-o quimicamente a uma molécula. Finalizado este processo, o resultado foi cinco gramas do elemento.

“Para cada teste, colocamos cerca de 1 kg de fibra no tanque durante um mês e bombeamos a água do mar rapidamente, para imitar as condições do oceano”, explicou Gary Gill, investigador do PNNL. “Dos três primeiros testes, conseguimos cerca de cinco gramas. Pode não parecer muito, mas o processo pode vir a dar frutos”.

Além da extração de urânio, o PNNL acredita que esta técnica pode também ser usada para limpar cursos de água contaminados por metais pesados.

Agora, os investigadores querem encontrar financiamento para realizar testes em larga escala nas águas quentes do Golfo do México. Se a técnica resultar, a humanidade pode estar muito próxima de um dos maiores objetivos da alquimia antiga: encontrar uma fonte infindável de energia, acessível e segura.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “uma fonte de energia… segura”!!! Mas então agora a energia nuclear já não é “uma autêntica dor de cabeça ecológica”?!?!
    A quem gosta destas coisas recomendo uma pesquisa sobre “molten salt reactors” para tentar perceber porque a energia nuclear não é segura.

  2. … deviam referir a quantidade de água necessária nos tanques para extrair as tais 5 gramas, qualquer coisa como 1,6 milhões de litros! Nada a ver com a banheirinha da foto.

RESPONDER

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …

Drone bombardeou base paramilitar apoiada pelo Irão. EUA negam envolvimento

Um drone [aparelho aéreo não tripulado] largou esta sexta-feira explosivos sobre uma base das forças paramilitares apoiadas pelo Irão, no norte do Iraque, matando um combatente iraquiano e ferindo dois iranianos, informaram autoridades de segurança …

Só há duas cidades no mundo com mais bilionários do que Moscovo

A cidade de Moscovo, na Rússia, é o terceiro lugar entre as cidades do mundo com mais residentes bilionários, depois de Nova Iorque (Estados Unidos) e Hong Kong (China), de acordo com um estudo recente …

Nova vaga de calor vai assolar a Europa. Temperaturas vão chegar aos 40ºC em Portugal

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) anunciou que na próxima semana está previsto num novo período de calor na Europa, incluindo Portugal. “Durante próxima semana, Portugal, Espanha, França e, progressivamente, os países da …

Rei da Malásia abdicou do trono por amor. Divorcia-se sete meses depois

Em janeiro, o rei da Malásia Mohammed V abdicou do trono para casar com a ex-modelo russa Rihana Oksana Voevodina. Agora, sete meses depois, o casal divorciou-se. A relação entre Mohammed V e Rihana Oksana Voevodina …

Primeiro-ministro do Kosovo demite-se. É suspeito de crimes de guerra

O primeiro-ministro do Kosovo, Ramush Haradinaj, antigo comandante dos separatistas armados albaneses (UÇK) durante o conflito (1998-99) demitiu-se esta sexta-feira após ser convocado pelo tribunal especial internacional de Haia na qualidade de suspeito de crimes …