Dois alunos universitários burlaram a Apple em mais de 800 mil euros

Dois alunos da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, são acusados de elaborar um esquema que burlou a Apple em mais de 800 mil euros. Os estudantes enviavam telemóveis falsos para troca, durante o período de “garantia”, para receber um novo em substitução.

Os dois estudantes enviavam os telemóveis falsos para a Apple, alegando que os dispositivos não funcionavam. Teoricamente, como estavam em período de garantia, eram enviados por correio telemóveis novos. O esquema acabou por ser detetado e os jovens estão agora sob acusação.

Os procuradores federais explicam que os estudantes, Quan Jiang e Yangyang Zhou, repetiram o esquema várias vezes, ao ponto de burlarem a empresa em mais de 800 mil euros. Ambos estavam a terminar o curso de engenharia.

Após receberem os telemóveis verdadeiros em casa, o passo seguinte era enviá-los para o estrangeiro, onde seriam vendidos por cerca de 530 euros. Em troca, os jovens recebiam uma parte do lucro, de acordo com documentos do Tribunal de Oregon.

De acordo com o The Independent, a investigação começou há dois anos, quando trabalhadores da alfândega apreenderam várias remessas de Hong Kong com telemóveis provenientes da China. Apesar de bastante semelhantes aos originais, estes telemóveis eram na realidade falsificações do produto da Apple.

Os investigadores aperceberam-se que as encomendas tinham como destino o endereço de Zhou e faziam parte de uma operação de importação que incluía Jiang, vizinho de Zhou em Corvallis, Oregon. As informações da operação de contrabando foram enviadas à Apple, que associou Jiang a 3069 reclamações de iPhones em prazo de garantia.

Todas estas reclamações estavam sobre o mesmo nome, endereço de e-mail, morada e endereço de IP, e apresentavam como motivo da reclamação “problemas a ligar/problemas a carregar”. No entanto, apenas metade das queixas foram aceites pela marca.

Em declarações aos investigadores, Jiang confessou ter enviado cerca de 2000 telemóveis em 2017 e ter recorrido a amigos e familiares nos Estados Unidos que o ajudaram a trocar os dispositivos.

Depois de exportados para a China, os telemóveis eram vendidos por um parceiro de Jiang, que fazia o pagamento à sua mãe. O dinheiro era posteriormente depositado numa conta bancária, a que o estudante conseguia aceder nos Estados Unidos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogo encontra dezenas de sítios maia graças a um mapa online gratuito

Um arqueólogo norte-americano descobriu 27 sítios maias com 3.000 anos graças a um mapa online gratuito, escreve o jornal The New York Times. Takeshi Inomata, arqueólogo da Universidade do Arizona, nos Estado Unidos, utilizou um mapa …

39 pessoas encontradas mortas dentro de um camião no Reino Unido

Um camião foi encontrado, esta quarta-feira, em Essex, no Reino Unido, com 39 pessoas sem vida no seu interior. O condutor já foi detido. Segundo o The Guardian, as autoridades britânicas já iniciaram uma investigação, depois …

Hospital das Forças Armadas não operou um único doente do SNS

O Hospital das Forças Armadas (HFAR) ainda não apresentou qualquer candidatura para ser “convencionado pelo Serviço Nacional de Saúde”. No ano passado, os ministérios da Defesa e da Saúde assinaram um acordo para que o Hospital …

Chuvas torrenciais fazem um morto em Espanha e inundações em França

Em Espanha, uma pessoa morreu e pelo menos outras duas estão desaparecidas. No sul de França, a tempestade Dana também já causou várias inundações. Segundo o jornal La Vanguardia, as chuvas torrenciais registadas, esta madrugada, na …

Falta de condições para emergência médica obriga INEM a transferir helicóptero para Viseu

A falta de condições para operações de emergência médica no heliporto de Santa Comba Dão obrigou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) a transferir o seu helicóptero para o aeródromo de Viseu, foi anunciado …

Macacos "arrasaram" humanos num simples jogo de computador

Quando se trata de ganhar jogos e resolver quebra-cabeças, às vezes os macacos fazem-no de forma mais inteligente do que os humanos. Para além das suas incríveis capacidades físicas, os macacos também mostram uma incrível "flexibilidade …

Morreu Marieke Vervoort, a campeã paralímpica belga que recorreu à eutanásia

Morreu Marieke Vervoort, de 40 anos, que sofria de uma doença muscular degenerativa sem cura. Decidiu pôr termo à vida com recurso à morte assistida. A belga era campeã paralímpica com conquistas de medalhas de ouro …

China pode substituir chefe de governo de Hong Kong face aos recentes protestos

A China estará a equacionar substituir Carrie Lam, chefe do governo de Hong Kong, por um líder interino, na sequência dos protestos violentos que decorrem na cidade há cinco meses. De acordo com o Financial Times, …

Presidente do Chile anuncia pacote de medidas sociais para travar protestos

O Presidente chileno anunciou na terça-feira um pacote de medidas sociais para travar os protestos que duram há cinco dias e que já causaram 15 mortos, após o anúncio de um aumento nos preços do …

Duarte Lima enfrenta novo acórdão no caso relativo a abuso de confiança

O Tribunal Criminal de Lisboa profere esta quarta-feira uma nova decisão no processo em que Duarte Lima é suspeito de se apropriar da fortuna de Rosalina Ribeiro, companheira e secretária do milionário Tomé Feteira, assassinada …