Uma equipa de cientistas contou quantas árvores há no mundo

Um estudo da Universidade de Yale calcula que o número de árvores no mundo passa dos três biliões, o que significa que há 420 árvores para cada habitante do planeta. 

Trata-se de um total que supera em oito vezes a medição anterior, de 400 mil milhões de espécimes.

A nova contagem foi coordenada pela equipa de Thomas Crowther, usando desde análises topográficas a análises de fotos de satélite.

Este cálculo mais “refinado”, cujos resultados foram publicados na Nature, servirá de base a uma gama de pesquisas, estudos sobre biodiversidade a modelos de mudanças climáticas – isto porque as árvores têm um papel fundamental na remoção do dióxido de carbono da atmosfera.

“Não se trata de boas ou má notícias termos chegado a esse número. Estamos simplesmente a descrever o estado do sistema global florestal em números que as pessoas entendam e que cientistas e responsáveis por políticas ambientais possam usar”, explica Thomas Crowther à BBC.

Apesar do uso de alta tecnologia, um ponto crucial do estudo de Yale foi o uso de medições locais. A equipa de Crowther colectou dados sobre a densidade arbórea em mais de 400 mil áreas florestais em todo o mundo, o que ajudou a compensar as limitações das análises por satélite, cujas fotos são boas para mostrar as extensões de florestas, mas não são muito úteis para revelar números individuais de espécimes.

Dos três biliões de árvores do mundo, os cientistas estimam que 1,39 biliões estejam em regiões tropicais, como a Amazónia, ou sub-tropicais. Cerca de 0,61 biliões estariam em locais de clima temperado e 0,74 biliões nas florestas boreais – os imensos grupos de coníferas que circundam o globo logo abaixo do Pólo Norte.

É precisamente nessas regiões em que foram encontradas as maiores densidades florestais.

Efeito humano

O que ficou mais evidente durante o estudo foi a dimensão da influência humana sobre o número de árvores no planeta.

A equipa de Yale estima que, enquanto 15 mil milhões de árvores são removidas por ano, apenas cinco mil milhões são plantadas. “Estamos a falar de 0,3% de perda global anual”, explica um dos co-autores do estudo, Henry Glick, também na BBC.

“Não é uma quantia insignificante e deveria levar a uma reflexão sobre o papel da desflorestação nas mudanças em ecossistemas, para além de que estas perdas de árvores estão ligadas à exploração madeireira e à actividade agrícola. Com o crescimento da população mundial poderemos ver essas perdas aumentarem”.

Glick exemplifica essa ameaça com a estimativa de que, desde a última Era do Gelo, há 11 mil anos, o homem pode ter removido mais de três biliões de árvores.

“A Europa antigamente era coberta por uma floresta gigante e agora é praticamente campos e pastos. O homem controla as densidades arbóreas”, afirma Thomas Crowther.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …

Trump diz que Boris é "o homem certo" e promete "grande acordo comercial"

Os dois líderes estiveram reunidos à margem da cimeira do G7. Trump elogiou Boris e garantiu que o acordo comercial com o Reino Unido será rápido depois do Brexit. Johnson diz que será "fantástico". O Presidente …

Uma impressora 3D construiu uma casa em apenas 12 horas

A impressora 3D S-Squared (SQ3D) construiu um protótipo básico de uma casa em cerca de 12 horas. A estrutura tem 46 metros quadrados e foi construída através de uma mistura de cimento em camadas. O trabalho …

Uma estrela supermassiva explodiu e aniquilou tudo à sua volta

Uma estrela renegada, que explodiu numa galáxia distante, forçou os astrónomos a colocar de lado décadas de investigação e a concentraram-se num novo tipo de supernova que pode aniquilar completamente a sua estrela-mãe - não …

G7: Macron e Trump com "elementos de convergência" sobre Amazónia, Irão e comércio

O Presidente francês, Emmanuel Macron, conversou este sábado com o Presidente norte-americano, Donald Trump, durante o almoço, que durou duas horas, sobre "elementos de convergência" relativos ao comércio, ao Irão e aos fogos na Amazónia, …

Dieta com poucos hidratos de carbono pode acabar com as enxaquecas

Pessoas que têm enxaquecas frequentes sabem que qualquer dica é bem-vinda. Aqui vai uma nova: uma dieta com poucos hidratos de carbono pode ser uma boa arma para evitar estas crises. Desde 1920 que os …

Encontrado o estaleiro mais antigo do mundo. Estava afundado na costa de Inglaterra

https://vimeo.com/355759312 Arqueólogos descobriram uma estrutura de madeira com 8.000 anos de idade — que será o local de construção de barcos mais antigo do mundo. A arquitetura estava particularmente bem preservada considerando o facto de estar 11 …

Astrónomos treinam IA para encontrar antigas colisões de galáxias

Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. Os astrónomos encontraram agora uma nova forma de as encontrar. Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. …