Uma equipa de cientistas contou quantas árvores há no mundo

Um estudo da Universidade de Yale calcula que o número de árvores no mundo passa dos três biliões, o que significa que há 420 árvores para cada habitante do planeta. 

Trata-se de um total que supera em oito vezes a medição anterior, de 400 mil milhões de espécimes.

A nova contagem foi coordenada pela equipa de Thomas Crowther, usando desde análises topográficas a análises de fotos de satélite.

Este cálculo mais “refinado”, cujos resultados foram publicados na Nature, servirá de base a uma gama de pesquisas, estudos sobre biodiversidade a modelos de mudanças climáticas – isto porque as árvores têm um papel fundamental na remoção do dióxido de carbono da atmosfera.

“Não se trata de boas ou má notícias termos chegado a esse número. Estamos simplesmente a descrever o estado do sistema global florestal em números que as pessoas entendam e que cientistas e responsáveis por políticas ambientais possam usar”, explica Thomas Crowther à BBC.

Apesar do uso de alta tecnologia, um ponto crucial do estudo de Yale foi o uso de medições locais. A equipa de Crowther colectou dados sobre a densidade arbórea em mais de 400 mil áreas florestais em todo o mundo, o que ajudou a compensar as limitações das análises por satélite, cujas fotos são boas para mostrar as extensões de florestas, mas não são muito úteis para revelar números individuais de espécimes.

Dos três biliões de árvores do mundo, os cientistas estimam que 1,39 biliões estejam em regiões tropicais, como a Amazónia, ou sub-tropicais. Cerca de 0,61 biliões estariam em locais de clima temperado e 0,74 biliões nas florestas boreais – os imensos grupos de coníferas que circundam o globo logo abaixo do Pólo Norte.

É precisamente nessas regiões em que foram encontradas as maiores densidades florestais.

Efeito humano

O que ficou mais evidente durante o estudo foi a dimensão da influência humana sobre o número de árvores no planeta.

A equipa de Yale estima que, enquanto 15 mil milhões de árvores são removidas por ano, apenas cinco mil milhões são plantadas. “Estamos a falar de 0,3% de perda global anual”, explica um dos co-autores do estudo, Henry Glick, também na BBC.

“Não é uma quantia insignificante e deveria levar a uma reflexão sobre o papel da desflorestação nas mudanças em ecossistemas, para além de que estas perdas de árvores estão ligadas à exploração madeireira e à actividade agrícola. Com o crescimento da população mundial poderemos ver essas perdas aumentarem”.

Glick exemplifica essa ameaça com a estimativa de que, desde a última Era do Gelo, há 11 mil anos, o homem pode ter removido mais de três biliões de árvores.

“A Europa antigamente era coberta por uma floresta gigante e agora é praticamente campos e pastos. O homem controla as densidades arbóreas”, afirma Thomas Crowther.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …