Um em cada três casos de demência pode ser evitado (sem recorrer a medicamentos)

Um em cada três casos de demência pode ser evitado as pessoas cuidarem da saúde do cérebro ao longo da vida. Estima-se que 47 milhões de pessoas sofram desta doença no mundo e a expectativa é de que os casos cheguem a 131 milhões em 2050.

“Apesar de a demência ser diagnosticada mais tarde na vida, as mudanças no cérebro geralmente começam a ocorrer vários anos antes“, disse o autor principal do estudo, Gill Livingston, da University College London, acrescentando que “tomar medidas mais cedo irá melhorar bastante a vida de pessoas com demência e dos seus familiares, transformando o futuro da sociedade”.

O estudo, publicado no jornal científico The Lancet, combina o trabalho de 24 especialistas internacionais e revela que o estilo de vida de cada indivíduo tem um papel importante no risco de demência.

De acordo com o relatório da Comissão para a Prevenção e Cuidados da Demência da Lancet, os factores que contribuem para o risco de demência são: a perda de audição na meia-idade (9%), a não conclusão do ensino médio (8%), fumar (5%), a depressão (4%), o sedentarismo (3%), o isolamento social (2%), a obesidade e a diabetes (1%).

Esses factores de risco são evitáveis e representam 35% do total. Os outros 65% dos riscos de demência vêm de factores que não podem ser controlados pelo indivíduo.

O estudo examinou os benefícios de se construir uma “reserva cognitiva”, ou seja, fortalecer a rede neurológica no cérebro para que continue a funcionar bem na terceira idade. O aprendizagem contínua, por exemplo, estimula o desenvolvimento dessas redes, e é por isso que especialistas identificaram a a não conclusão do ensino médio como um dos maiores factores de risco.

Outro factor de risco é a perda de audição na meia idade, porque impede os indivíduos de fazerem parte de um ambiente cognitivamente rico, levando ao isolamento social e à depressão.

Uma das principais conclusões da investigação é que o que faz bem ao coração também faz bem ao cérebro. Não fumar, fazer exercício, manter o peso saudável, cuidar da pressão arterial e da diabetes pode reduzir o risco de demência da mesma forma que reduz o de doenças cardiovasculares e cancro.

Os especialistas não tinham dados suficientes para incluir factores de alimentação ou consumo de álcool nos cálculos, mas acreditam que ambos também sejam importantes.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …