Um terço dos portugueses sofre de perturbações mentais

Ani-Bee / Flickr

-

Os problemas de saúde mental em Portugal, sobretudo os casos mais graves, aumentaram com a crise económica, atingindo quase um terço da população em 2015, a par de um aumento do consumo de antidepressivos e ansiolíticos, revela um estudo nacional.

Trata-se dos resultados preliminares do projeto “Crisis Impact”, que estuda os efeitos da crise económica sobre a saúde mental das populações em Portugal, e que será apresentado esta sexta-feira, durante o Fórum Gulbenkian de Saúde Mental.

O estudo, da autoria de José Caldas de Almeida, presidente do Lisbon Institute of Global Mental Health, baseia-se numa atualização do estudo nacional de saúde mental de 2008-2009, permitindo comparar os dados do início da crise com os do final de 2015.

A conclusão que mais ressalta do estudo é o “aumento significativo da prevalência de problemas de saúde mental durante este período”, evidenciando uma relação estreita com os fatores sociais e económicos resultantes da crise.

Segundo os dados preliminares, os problemas de saúde mental passaram de uma prevalência de 19,8% em 2008, para 31,2% em 2015, um aumento que se verificou em todos os níveis de gravidade, mas sobretudo nos casos de maior gravidade.

Nos problemas ligeiros passou-se de 13,6% para 16,8%, nos problemas moderados de 4,4% para 7,6%, e nos problemas mais graves de 1,8% para 6,8%. A prevalência de problemas de saúde mental em 2015 foi mais elevada entre as mulheres, os idosos, os viúvos e separados e as pessoas com baixa escolaridade.

Quanto à relação destes problemas com a crise económica – nomeadamente a diminuição de rendimentos, o desemprego, a privação financeira e a descida de estatuto socioeconómico – o estudo demonstra que estão significativamente associados, revelando igualmente elevados padrões de perturbações depressivas e de ansiedade.

Mais de 40% das pessoas da amostra do estudo reportaram descida de rendimentos desde 2008, cerca de metade por corte de salários e pensões, 14% por desemprego, 6% por mudança de emprego e 5% por reforma.

Os que referem não ter rendimentos suficientes para pagar as suas despesas são quase 40% da amostra e apresentam uma prevalência significativamente mais elevada de problemas de saúde mental do que as que não sentem privação financeira.

A situação agrava-se quanto maior é a privação, sendo especialmente marcada no grupo de pessoas que não conseguem pagar as despesas básicas (comida, eletricidade, água) e que têm dívidas.

Pelo contrário, a existência de um elevado suporte social e o viver em bairros onde as pessoas se sentem seguras e bem integradas provaram ser fatores protetores em relação ao risco de ter problemas de saúde mental.

No que respeita ao uso de medicamentos, acompanha a tendência crescente da prevalência de problemas mentais, tendo-se verificado uma subida progressiva das percentagens de pessoas que usam psicofármacos, sobretudo antidepressivos e ansiolíticos.

Em valores absolutos, o uso destes medicamentos é muito mais elevado entre as mulheres, mas verificou-se um aumento particularmente elevado no consumo por parte dos homens, especialmente ansiolíticos.

Relativamente aos tratamentos, nos últimos cinco anos 27,9% das pessoas procuraram ajuda, sobretudo junto dos médicos de medicina geral, seguidos dos psiquiatras e psicólogos.

No geral, o sistema de saúde revelou capacidade de resposta, embora com alguns problemas a nível do acesso aos cuidados e sobretudo a nível da continuidade e da qualidade dos cuidados.

Se entre 70% e 80% das pessoas conseguiram ter acesso a cuidados, apenas 40% tiveram acesso aos cuidados adequados, sendo as dificuldades em cobrir os custos e em marcar consultas os principais obstáculos apontados.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Atlético de Madrid cai na Taça frente a equipa do terceiro escalão (e espanhóis não poupam críticas a Félix)

O Atlético de Madrid foi surpreendido pelo Cultural Leonesa nos 16 avos-de-final da Taça do Rei. A imprensa desportiva espanhola criticou a exibição de João Félix, apesar de o português ter assistido para golo. O Cultural …

Sindicato da PSP apaga publicação que insinuava que mulher detida na Amadora tinha "doenças graves"

O Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública (PSP) eliminou uma publicação que tinha feito na sua página oficia de Facebook, na qual se referia ao caso de Cláudia Simões, a mulher que foi detida …

Atletas do Sporting são tratados por médicos da clínica de Varandas

Os atletas sportinguistas são tratados por médicos que partilham funções entre o clube e a Comcorpus, clínica que pertence ao presidente 'leonino', Frederico Varandas. O jornal Público avança esta sexta-feira que muitos dos médicos do departamento …

China confirma a 26ª vítima mortal do novo coronavírus e alarga quarentena de 33 milhões de pessoas

A China anunciou esta sexta-feira a morte de uma pessoa devido ao coronavírus, perto da fronteira com a Rússia, a segunda fora do epicentro do surto, com origem na cidade de Wuhan, aumentando para 26 …

A erupção do Vesúvio transformou o cérebro de uma pessoa em vidro

O Vesúvio entrou em erupção em 79 d.C, assolando assentamentos num raio de 20 quilómetros. Um novo estudo mostra que a intensa explosão de calor transformou o cérebro de uma pessoa em vidro. Nos anos 1960, …

PCP quer reposição da reforma aos 65 anos

O Partido Comunista Português propôs esta quinta-feira, no debate na especialidade do Orçamento do Estado de 2020 (OE2020), a reposição da idade legal de reforma nos 65 anos e dos 25 dias de férias na …

OE2020. Carga fiscal é ainda maior do que o previsto, alerta UTAO

O conceito de carga fiscal usado pelo Ministério das Finanças na proposta orçamental não corresponde ao utilizado pelo INE e pela Comissão Europeia, afirma a UTAO, dando que o valor é “ainda maior” do que …

A matemática ensina-lhe como tirar a chávena de café perfeita

Através de um modelo matemático, uma equipa de cientistas conseguiu encontrar a forma perfeita de fazer uma chávena de café expresso. Para além de ser mais saboroso, há um menor desperdício. Já alguma vez se perguntou …

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

A ex-deputada do MPLA Welwitschia (Tchizé) dos Santos desafiou esta quinta-feira a irmã Isabel a devolver 75 milhões de euros ou dólares a Angola "para resolver o problema", argumentando que "Angola é de todos". "Como cidadã, …

Dakar novamente de luto. Morreu o piloto holandês Edwin Straver

Morreu o piloto holandês Edwin Straver, que estava internado em estado crítico na sequência de uma queda de mota no rali Dakar, na Arábia Saudita. Edwin Straver, piloto de 48 anos da KTM, estava hospitalizado em …