Confirmado primeiro caso de sarampo em Lisboa

Ivendrell / Wikimedia

Hospital de Santa Maria, Lisboa

Um homem de 39 anos está internado no Hospital de Santa Maria com sarampo. O número de casos confirmados sobe para 71.

De acordo com o delegado de Saúde Regional de Lisboa e Vale do Tejo, citado pela Renascença, há o primeiro caso confirmado de sarampo em Lisboa.

A vítima é um homem de 39 anos, operário da construção civil que esteve a trabalhar no Porto. O delegado não acredita por isso, que o homem tenha sido “contagiado na zona sul, porque veio do Porto após uma viagem a Ruanda!.

O delegado lembra que “há uma grande imunização na região contra a doença, exceto numa franja da população entre os 40 e os 50 anos onde há pessoas que não foram vacinadas e que podem ser contagiadas”.

Graça Feitas, Diretora-Geral da Saúde, confirmou que o paciente “se encontra estável”, estando internado porque “tem também outra patologia para a qual faz tratamento”.

O homem tem “ligações laborais ao norte do país” e viajou também a trabalho para o Ruanda, ou seja, tem duas possíveis a ligações a dois focos diferentes da doença. Neste momento, está a ser feita uma investigação para reconstituir o percurso do doente e encontrar todas as pessoas com quem esteve em contacto. “Até este momento, já foram contactadas centenas de pessoas”, assegura Graça Freitas.

“Os casos de sarampo que existem de sarampo em Portugal ou aparecem a partir de importação – vírus que vêm de outros países – ou partir de cadeias de transmissão já secundárias ou terciárias, como se passa na região norte”, explica.

A Diretora-Geral da Saúde adiantou também que o doente “está vacinado, fez uma dose da vacina”, o que quer dizer que o “estado vacinal do doente significa que não transmite a doença tão facilmente”.

De acordo com o Boletim Epidemiológico, elaborado pela Direção-Geral da Saúde e pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, dos 71 casos confirmados, dos quais 58 já estão curados, 40 (57%) eram mulheres e 61 (87%) eram profissionais de saúde.

Todos os infetados eram adultos: 57 tinham idades entre os 20 e os 34 anos, onze entre os 35 e os 44 anos e três entre os 45 e os 54 anos. Os dados do boletim “Sarampo em Portugal” referem ainda que dez doentes (14%) não estavam vacinados e sete (9%) tinham o esquema vacinal incompleto.

A maioria dos 71 casos de sarampo no atual surto tem ligação ao Hospital de Santo António, no Porto, adianta a DGS.

A Direção-Geral da Saúde recorda que o vírus do sarampo é transmitido por contacto direto com as gotículas infeciosas ou por propagação no ar quando a pessoa infetada tosse ou espirra. Os doentes são considerados contagiosos desde quatro dias antes e até quatro dias depois do aparecimento da erupção cutânea.

Os sintomas de sarampo aparecem geralmente entre 10 a 12 dias depois de a pessoa ser infetada e começam habitualmente com febre, erupção cutânea, que progride da cabeça para o tronco e para as extremidades inferiores, tosse, conjuntivite e corrimento nasal.

Existe vacina contra o sarampo no Programa Nacional de Vacinação, que deve ser administrada aos 12 meses e cinco anos. Os profissionais de saúde devem ter as duas doses da vacina independentemente da idade.

Quem já teve sarampo está imunizado e não voltará a ter a doença. As pessoas com o esquema vacinal completo podem contrair a doença, mas de forma leve e não são veículo de transmissão, segundo as autoridades de saúde.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Vir’ó disco e toca o mesmo.
    A técnica de propaganda é sempre a mesma.
    A maior parte dos infetados estava vacinada. E esta hein?…

RESPONDER

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …