“Irreverente.” O último livro de Anthony Bourdain sai em outubro

Trey Ratcliff / Flickr

Anthony Bourdain

Dois anos depois da sua morte, vem aí o último livro do chef Anthony Bourdain. World Travel: An Irreverent Guide será publicado a 13 de outubro nos Estados Unidos.

O World Travel: An Irreverent Guide, que será lançado no dia 13 de outubro nos Estados Unidos, já pode ser reservado online no site da Amazon por cerca de 21 euros. Trata-se de “um conjunto ilustrado das reflexões de Bourdain sobre os seus locais favoritos para visitar e comer por todo o mundo”.

Segundo o Público, o livro foi organizado e concluído por Laurie Woolever, que foi assistente do cozinheiro, escritor e autor de programas televisivos. “É uma honra e um prazer criar um livro que inclui histórias daqueles que o amaram e dos seus colegas”, disse Woolever.

“Tive a sorte de trabalhar com Tony e estou muito feliz por poder partilhar neste guia as reflexões dele e a forma como ele viu o mundo.” World Travel: Na Irreverent Guide vai incluir textos escritos por amigos e familiares.

A capa do livro póstumo é uma ilustração do cartoonista Tony Millionaire que mostra Anthony Bourdain sentado na esplanada de um café parisiense. No interior, cada capítulo é acompanhado por mais uma ilustração.

As 432 páginas proporcionarão aos leitores uma verdadeira viagem com Bourdain pelos mais variados lugares do mundo, com conselhos práticos sobre “como chegar, o que comer, onde ficar e, em alguns casos, o que evitar”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …