UE vai suspender importações de empresas envolvidas no escândalo de carne no Brasil

Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente interino do Brasil, Michel Temer

O presidente interino do Brasil, Michel Temer

A Comissão Europeia garantiu esta segunda-feira que está a acompanhar a investigação a fraudes, envolvendo produtos animais de consumo, e que todas as empresas envolvidas estão impedidas de exportar para a União Europeia.

“A Comissão está informada sobre a investigação que decorre no Brasil e pediu, na sexta-feira, clarificações às autoridades brasileiras”, disse o porta-voz do executivo comunitário para a saúde, Enrico Brívio, na conferência de imprensa diária.

Bruxelas, adiantou, “garantirá que todas as empresas envolvidas na fraude estão impedidas de exportar para a UE“, adiantando que a Comissão pediu aos Estados-membros para aumentarem os controlos sobre a carne vinda do Brasil.

Na sexta-feira, a Polícia Federal brasileira começou a cumprir 309 mandados judiciais em seis Estados e no Distrito Federal, numa operação que investiga o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) e empresários do setor num esquema de facilitação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

No domingo, o Presidente do Brasil, Michel Temer, garantiu que a carne brasileira é segura e que a organização que adulterava estes produtos já foi desmantelada e que se tratou de um caso “pontual”.

Temer recebeu esta segunda-feira, numa reunião de emergência, cerca de 20 embaixadores de países que figuram entre os 150 importadores de carnes brasileiras, para responder a dúvidas suscitadas pelo caso que envolve uma organização criminosa que adulterava esses produtos, tanto para o mercado local, como externo.

Durante o encontro, que decorreu no palácio presidencial do Planalto, em Brasília, o Presidente brasileiro garantiu que as investigações permitiram desmantelar um “pequeno” grupo e sublinhou os rigorosos controlos aplicados a carnes brasileiras, “que foram reconhecidos por todos os importadores”.

Temer precisou que, de 4.837 empresas do sector da carne, apenas 21 estão sob suspeita e que cerca de 30 dos mais de dez mil funcionários de fiscalização sanitária do país estão implicados no escândalo.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne bovina e de frango, e o quarto no segmento de carne de porco, com as vendas externas destes três setores a representar no ano passado 7,2% desse comércio, na ordem dos 11,6 milhões de dólares (cerca de 3,5 milhões de euros).

De acordo com a polícia federal, funcionários públicos eram subornados por diretores de empresas para darem aval a carnes com prazos de validade já ultrapassados, mas adulteradas.

Entre as práticas, foi comprovado o uso de químicos para melhorar o aspeto das carnes, a falsificação de etiquetas com a data de validade ou a inclusão de alimentos não adequados para consumo na elaboração de enchidos.

Outros 21 estabelecimentos estão sob investigação e o Ministério da Agricultura afastou 33 funcionários por envolvimento no esquema.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da IPSS "O Sonho" constituído arguido

O presidente da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) ‘O Sonho’, em Setúbal, foi constituído arguido e ouvido esta sexta-feira na Polícia Judiciária de Setúbal, disse à agência Lusa o diretor daquela polícia, Vítor Paiva. Segundo …

Cirurgiões retiram o "maior tumor cerebral de sempre"

No passado dia 14 de fevereiro, cirurgiões indianos conseguiram remover o maior tumor cerebral de sempre. Santlal Pal, de 31 anos, vivia desde 2015 com um tumor de 1,8 quilos. Santlal Pal viu nos últimos anos …

Tripulantes da Ryanair marcam greve para 29 de março, 1 e 4 de abril

Os tripulantes de cabine da Ryanair exigem o cumprimento da legislação laboral e afirmam que a situação laboral na empresa é "insustentável". Os tripulantes de cabine da Ryanair anunciaram hoje que vão estar em greve nos …

Governador do Missouri detido por chantagear uma mulher

O governador do Estado do Missouri foi detido esta quinta-feira sob acusação de ter chantageado uma mulher com quem manteve um relacionamento extraconjugal em 2015. Eric Greitens foi libertado sem fiança, esta sexta-feira. Eric Greitens foi …

PJ de Setúbal faz buscas na IPSS "O Sonho"

A Polícia Judiciária está a realizar buscas à instituição particular de solidariedade social (IPSS) "O Sonho", em Setúbal, por suspeitas dos crimes de fraude na obtenção de subsídio, participação económica em negócio e peculato. "As buscas, …

À luz das regras europeias, despedimento coletivo pode abranger grávidas

Segundo o Tribunal de Justiça, as grávidas podem ser despedidas em caso de despedimento coletivo. Em Portugal, a entidade patronal deve comprovar que a demissão não está relacionada com a gravidez. O Tribunal de Justiça da …

Sindicatos falam em adesão de 68% à greve dos CTT

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de duas mil pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local. Os trabalhadores …

Adalberto Campos Fernandes

Concurso de médicos recém-especialistas publicado na próxima semana

O despacho com a abertura do concurso para a colocação dos médicos recém-especialistas nos hospitais, reclamado há meses por estes profissionais, será publicado na próxima semana, anunciou hoje o ministro da Saúde. Adalberto Campos Fernandes fez …

Benfica e Jorge Jesus chegam a acordo

O atual treinador do Sporting confirmou ter chegado a acordo com o Benfica, no processo em que os encarnados pediam 14 milhões de euros de indemnização na sequência da saída do técnico da Luz. "Quem chegou …

"Uma vergonha" diz a Ordem sobre decreto que permite aos engenheiros assinar projetos

O projeto de lei que permite aos engenheiros assinar projetos de arquitetura, aprovado esta quinta-feira no parlamento, é "um retrocesso e uma vergonha" para o vice-presidente da Ordem dos Arquitetos, Daniel Fortuna do Couto. Daniel Fortuna …