Turquia ordena detenção de 35 jornalistas

Daniel Kopatsch / EPA

Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan

A polícia de Istambul lançou, esta quinta-feira, uma operação para deter 35 jornalistas que o Ministério Público turco acusa de terem ligações a Fethullah Gülen, clérigo acusado de instigar o golpe de Estado falhado de julho de 2016.

“Têm-me sob custódia”, escreveu quinta-feira Burak Ekici, editor do diário da oposição BirGün, na sua conta do Twitter.

A acusação da procuradoria turca assenta no facto de os jornalistas terem usado a aplicação de mensagens encriptadas ByLock – que tem 215 mil utilizadores em todo o país -, uma ferramenta que, de acordo com as autoridades turcas, foi desenvolvida para permitir a comunicação encriptada entre os “golpistas”.

Segundo a Plataforma para o Jornalismo Independente, com sede em Istambul, 164 jornalistas continuam na prisão na Turquia.

No final de julho realizou-se a primeira audiência do julgamento contra 19 jornalistas e funcionários do Cumhuriyet, jornal da oposição turca, por alegado apoio a organizações terroristas, num caso que fez aumentar as preocupações com os direitos e liberdades no país.

Os 19 acusados incluem o editor chefe do diário “Cumhuriyet”, Murat Sabuncu, o jornalista de investigação Ahmet Sik, o comentador Kadri Gursel e o cartoonista Musa Kart, que são acusados de patrocinar várias organizações ilegais, entre as quais militantes curdos e o movimento do clérigo Fethullah Gülen.

Se condenados arriscam penas de prisão de entre oito e 43 anos. Dos 19 acusados apenas cinco aguardam em liberdade o resultado do julgamento.

Dois dos suspeitos, incluindo o antigo chefe da redação do “Cumhuriyet Can Dündar”, que está exilado na Alemanha, são julgados à revelia.

O encarceramento dos jornalistas, dirigentes e outros colaboradores da publicação insere-se no quadro de uma repressão generalizada do Governo do país, na sequência do golpe militar fracassado que levou à detenção de mais de 50 mil pessoas, incluindo jornalistas, deputados da oposição e ativistas.

Inicialmente, esta campanha visava apenas as pessoas suspeitas de golpismo, mas expandiram-se a todos os opositores do Presidente turco, Tayyip Recep Erdogan.

Fethullah Gülen, tido como inimigo número um de Erdogan, é acusado por Ancara de ter “orquestrado” a tentativa de golpe de Estado. O predicador, que se encontra exilado nos EUA desde 1999, nega firmemente as acusações contra si.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Marte está vivo". Sonda InSight regista mais de 170 eventos sísmicos no Planeta Vermelho

Resultados dos primeiros dez meses de exploração da sonda InSight da NASA revelaram que o Planeta Vermelho é um mundo com atividade sísmica ativa. "Marte está vivo e a cada diz que passa começo a ter …

Um planeta pode ter sido "roubado" do Sistema Solar

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas "roubam" planetas umas às outras - e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar. Quase tudo o …

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …