Trump lança imposto sobre bens mexicanos para pagar muro na fronteira

O Presidente dos Estados Unidos planeia financiar a construção do muro na fronteira com o México, impondo um imposto de 20% sobre todos os bens provenientes daquele país.

O financiamento para a construção do muro na fronteira está a provocar uma grande tensão entre os dois países. Na quinta-feira, o Presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, chegou mesmo a cancelar a sua visita a Washington, prevista para a próxima terça-feira.

De acordo com o porta-voz de Donald Trump, a ideia é que o muro seja pago através de um imposto de 20% sobre todos os produtos mexicanos.

“Ao fazer isto, conseguimos recolher 10 mil milhões de dólares por ano e facilmente pagar o muro”, disse Sean Spicer, a bordo do avião presidencial Air Force One.

O porta-voz não entrou em detalhes sobre como o imposto iria funcionar ou quando poderá ser implementado. Segundo estimativas dos líderes republicanos no Congresso, o muro poderá custar entre 12 mil milhões e 15 mil milhões de dólares.

Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros do México, Luis Videgaray, que já estava em Washington a preparar a visita de Peña Nieto, considerou esta questão do muro inaceitável.

“Há assuntos que são [inaceitáveis] por uma questão de dignidade, que não têm que ver com as exportações ou com a economia, mas com o coração e o orgulho dos mexicanos”, sublinhou o chefe da diplomacia mexicana.

Apesar do cancelamento do encontro entre os dois líderes e da “desilusão” e “estranheza” relativamente ao anúncio de Trump sobre a construção do muro, o ministro mostrou-se confiante na retoma de reuniões de alto nível com a Administração norte-americana nas “próximas semanas”.

“Reiteramos a vontade indeclinável do Governo do México de manter uma comunicação estreita ao mais alto nível com a Administração dos Estados Unidos. Vamos continuar a negociar e a alcançar bons acordos“, afirmou.

Questionado sobre este possível imposto, Videgaray acredita que o que vai acontecer é que o muro fronteiriço vai acabar por ser pago pelos próprios consumidores americanos.

“Um imposto às importações de produtos mexicanos por parte Estados Unidos não é forma de fazer com que o México pague o muro, mas antes o consumidor norte-americano, que vai passar a pagar mais pelos abacates, máquinas de lavar roupa ou televisões”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava. Agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …