Trump lança imposto sobre bens mexicanos para pagar muro na fronteira

O Presidente dos Estados Unidos planeia financiar a construção do muro na fronteira com o México, impondo um imposto de 20% sobre todos os bens provenientes daquele país.

O financiamento para a construção do muro na fronteira está a provocar uma grande tensão entre os dois países. Na quinta-feira, o Presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, chegou mesmo a cancelar a sua visita a Washington, prevista para a próxima terça-feira.

De acordo com o porta-voz de Donald Trump, a ideia é que o muro seja pago através de um imposto de 20% sobre todos os produtos mexicanos.

“Ao fazer isto, conseguimos recolher 10 mil milhões de dólares por ano e facilmente pagar o muro”, disse Sean Spicer, a bordo do avião presidencial Air Force One.

O porta-voz não entrou em detalhes sobre como o imposto iria funcionar ou quando poderá ser implementado. Segundo estimativas dos líderes republicanos no Congresso, o muro poderá custar entre 12 mil milhões e 15 mil milhões de dólares.

Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros do México, Luis Videgaray, que já estava em Washington a preparar a visita de Peña Nieto, considerou esta questão do muro inaceitável.

“Há assuntos que são [inaceitáveis] por uma questão de dignidade, que não têm que ver com as exportações ou com a economia, mas com o coração e o orgulho dos mexicanos”, sublinhou o chefe da diplomacia mexicana.

Apesar do cancelamento do encontro entre os dois líderes e da “desilusão” e “estranheza” relativamente ao anúncio de Trump sobre a construção do muro, o ministro mostrou-se confiante na retoma de reuniões de alto nível com a Administração norte-americana nas “próximas semanas”.

“Reiteramos a vontade indeclinável do Governo do México de manter uma comunicação estreita ao mais alto nível com a Administração dos Estados Unidos. Vamos continuar a negociar e a alcançar bons acordos“, afirmou.

Questionado sobre este possível imposto, Videgaray acredita que o que vai acontecer é que o muro fronteiriço vai acabar por ser pago pelos próprios consumidores americanos.

“Um imposto às importações de produtos mexicanos por parte Estados Unidos não é forma de fazer com que o México pague o muro, mas antes o consumidor norte-americano, que vai passar a pagar mais pelos abacates, máquinas de lavar roupa ou televisões”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Televisão pública do Alabama censura casamento homossexual em desenhos animados

A Alabama Public Television (APT), nos Estados Unidos, recusou transmitir um episódio de uma série de desenhos animados, no qual é representando um casamento homossexual, informa a BBC nesta terça-feira. Em causa está o primeiro episódio …

Johnny Depp acusa ex-mulher Amber Heard de ter pintado nódoas negras

O ator Johnny Depp acusou a ex-mulher, a atriz Amber Heard, de ter pintado nódoas negras com o objetivo de simular agressões físicas. O norte-americano frisa que nunca abusou de nenhuma mulher, prometendo negar as …

Dietas ricas em gordura causam sintomas de depressão

Dietas ricas em gordura podem causar sintomas de pressão. Isto pode explicar o porquê de pessoas obesas ou com excesso de peso não responderem tão bem aos antidepressivos como pessoas magras. Um novo estudo conduzido por …

Encontrados três testamentos de Aretha Franklin. Um estava escondido sob as almofadas da sala

Foram encontrados três testamentos de Aretha Franklin na sua casa em Detroit, meses depois da morte da rainha do soul. A cantora norte-americana faleceu em agosto de 2018 aos 76 anos. Franklin tinha 76 anos quando …

Ambulância envolvida em acidente mortal em Moura não tinha certificação do INEM

A ambulância da Cruz Vermelha Portuguesa envolvida num acidente durante um serviço de emergência em Moura que provocou dois mortos não estava certificada pelo INEM e foi usada em substituição de outra que estava em …

Joana Ribeiro e Ana Padrão entram na série de Stephen King para a Amazon

As atrizes portuguesas Joana Ribeiro e Ana Padrão vão entrar na nova série baseada nos livros de Stephen King para a Amazon. De acordo com o Público, que avança com a notícia nesta terça-feira, a …

Chico Buarque é o Prémio Camões de 2019

O músico e escritor Chico Buarque é o vencedor do Prémio Camões 2019, foi esta terça-feira anunciado na Biblioteca Nacional do Brasil, no Rio de Janeiro. A ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, felicitou o músico …

Multimilionário norte-americano vai pagar empréstimos estudantis a 400 finalistas

O multimilionário Robert F. Smith anunciou no domingo passado durante a cerimónia de formatura na Univerisde de Morehouse, na cidade norte-americana de Atlanta, que vai pagar na totalidade os empréstimos estudantis dos 396 estudantes que completaram …

CDS usou símbolo do PS no Twitter. MP está a investigar "indícios de violação" da lei

O CDS-PP está a ser investigado pelo Ministério Público (MP) depois de ter usado a sigla e o símbolo do PS numa publicação no Twitter. Em causa estão "indícios de violação" da lei eleitoral, conforme …

Muhlaysia foi espancada há um mês. Há dias mataram-na

Muhlaysia Booker, a mulher transgénero de 23 anos que foi espancada há um mês, foi morta a tiro. Para já, as autoridades descartam a possibilidade de o primeiro ataque e o homicídio estarem relacionados. A mulher …