Donald Trump volta a indicar Pence para vice-presidente em segundo mandato

gageskidmore / Flickr

Donald Trump com o seu vice-presidente, Mike Pence

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse no domingo que concorrerá à reeleição no próximo ano com Mike Pence como vice-presidente.

“Estou muito feliz com o Mike Pence”, afirmou aos jornalistas, antes de embarcar no avião presidencial Air Force One, em Nova Jersey. “Penso que o Mike Pence tem sido um excelente vice-presidente. Muita gente, especialmente se considerarmos os evangélicos e tantos outros, tem verdadeiramente um grande respeito pelo nosso vice-presidente. E eu também. E penso que a maioria das pessoas”, acrescentou, citado pelo Expresso.

Questionado sobre os nomes de candidatos avançados para substituir Mike Pence no cargo, Donald Trump insistiu que se trata de uma prática habitual. “Muitos sugeriram vários outros nomes. Isso é, a propósito, um procedimento-padrão”.

O Presidente norte-americano recordou o que fez o seu antecessor com Joe Biden, então vice-presidente e atual pré-candidato à nomeação democrata. “Todos achavam que o Presidente Obama iria mudar Biden no segundo mandato mas ele não o fez. Eu estou muito feliz com o Mike Pence”, reiterou. Quanto aos nomes sugeridos, Trump limitou-se a dizer, rindo: “A dado momento, direi quem foram”.

No final do ano passado, questionado sobre se manteria o seu vice-presidente na candidatura à reeleição, Donald Trump dirigiu-se diretamente a Mike Pence, convidando-o. O vice-presidente acenou com a cabeça, como que aceitando o convite.

Donald Trump lançou oficialmente a sua campanha à reeleição em Orlando, no estado da Florida, em meados de julho, não se prevendo quaisquer entraves à sua confirmação como o candidato do Partido Republicano.

patquinnforillinois / Flickr

Joe Biden, antigo vice-Presidente dos EUA e e candidato à presidência nas eleições de 2020

Do lado democrata, é Joe Biden o mais bem posicionado entre as mais de duas dezenas de candidatos à nomeação. Após duas rondas de debates dos pré-candidatos democratas, em junho e julho, os próximos realizam-se a 12 e 13 de setembro em Houston, no Texas.

As eleições presidenciais estão marcadas para 3 de novembro de 2020.

Trump não se compromete com Pence a Presidente

Apesar de se mostrar “muito feliz” com o seu vice-presidente, Donald Trump não se compromete a apoiar Mike Pence numa eventual candidatura presidencial em 2024. Desafiado a pronunciar-se sobre o assunto pela Fox News, em junho, o Presidente respondeu: “Não me pode colocar nessa posição”.

Donald Trump explicou que teria de avaliar as candidaturas no campo republicano antes de se poder pronunciar sobre a sua preferência. No entanto, reconheceu que “consideraria fortemente” um apoio a Mike Pence.

Mike Pence nunca manifestou publicamente a intenção de ser candidato presidencial em 2024, mas essa possibilidade tem sido frequentemente admitida por figuras destacadas do Partido Republicano.

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que Trump volta a repensar em ser ou não ser eis a questão se valera a pena em continuar esforçando-se em demonstrar simpatia ao presidente do Brasil principalmente conceder um trono ao seu filho (zé mané) representando Brasil totalmente já no fundo do lodo como Embaixador nos EUA. Concluindo pelos melhores comentarista mestre da universidade de de SP, sociológo. e doutorado em história Marco Antonio Villaļ

RESPONDER

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …